Caiu ou não? | O final de A ORIGEM

 

ATENÇÃO: Esse post revela detalhes e informações sobre o final de A Origem, portanto se você ainda não assistiu (como não?!), pare de ler agora mesmo.

Com tantos artigos e teorias interessantes pela internet discutindo o final de A Origem, resolvi que seria minha vez; aliás, como poderia deixar de fazê-lo? O filme é um espetáculo de primeira. Pra ninguém se perder, acompanhem com a montagem bacana acima com os níveis de sonho do longa.

Nos momentos finais do longa, a equipe de Dom Cobb parece ter conseguido realizar a Inserção em Fischer; depois de uma série sonhos mirabolantes. Cobb volta para sua casa, onde espera rever seus filhos após anos de distância. Para certificar-se se é ou não realidade, ele gira seu pião (um totem, objeto que ajuda a distinguir o sonho da realidade), mas corre para sua família antes que ele pare de girar.

O filme termina com um close no pião girando, girando e… Ele acaba. Então, a dúvida é: Cobb estava mesmo sonhando? O filme inteiro é um sonho? O pião cai ou não?

Bem, pra começar, de uma coisa eu tenho certeza: o filme inteiro não é um sonho (afinal, seria um desapego total de Christopher Nolan com sua obra). Um detalhe que pode passar despercebido, é a aliança de Cobb. Quando dentro de um sonho, ele a usa; na realidade, o anel não aparece. Além disso, em alguns pontos da trama – como por exemplo quando Arthur explica à Ariadne a função do totem – nós vemos o pião caindo, então, se é que o final da história é um sonho, o protagonista começa a sonhar em algum ponto em que o espectador possa ter despercebido. Que momento seria esse? Tenho duas apostas:

Quando Cobb, Eames e Saito estão em Mombasa, indo encontrar o químico Yusuf, eles encontram uma sessão de sonho compartilhado. Nesse local, encontram-se pessoas que trocaram sua realidade por sessões de sonhos infinitos, “o sonho se tornou sua realidade”, diz um dos personagens. O problemático Cobb experimenta uma dessas sessões, tendo uma lembrança perturbada. Uma das teorias é a de que Cobb nunca acordou dessa sessão; os argumentos que a sustentam são convincentes: a partir desse ponto, não vemos mais o totem girar, as crianças James e Phillipa (filhos do protagonista) começam a aparecer constantemente na missão (mas isso pode ser explicado como a instabilidade de Cobb sobre suas lembranças), entre outros detalhes.

Segundo, por que o filme começa em um ponto da metade da história? Cobb no limbo, tentando resgatar Saito após sua morte no primeiro nível do sonho. Claro, pode ser uma técnica elegante visando uma boa cena de abertura, pode ter sido a primeira cena por ser o momento em que Saito lembra de Cobb (O milionário passou décadas no limbo) ou, também, pode ser o momento em que o sonho final começa.

Antes de aparecer caído na beirada do mar, Cobb já estava no limbo; o que fora construído por ele e sua esposa Mal durante 50 anos. Foi esfaqueado por ela e, como o limbo é o último nível de sonho e o sedativo usado pela equipe era muito forte, ele simplesmente voltou ao ambiente. E se Cobb nunca saiu do limbo? Fica implícito de que de Saito e Cobb atiram um no outro, resultando assim, no despertar dos dois no avião onde a Inserção tomava lugar. No entanto, nunca vemos a ação ocorrer…

Pessoalmente, a teoria de que o fim do filme é de fato um sonho, não me satisfaz tanto quanto a ideia de que Cobb tenha realmente conseguido voltar para sua família. O filme acaba antes de o totem cair, mas não quer dizer que ele não tenha parado de girar. Se prestarem bem atenção no vídeo abaixo, ele balança um pouco antes de a fita acabar. Observem:

Página do Filme

É claro, essa era intenção de Christopher Nolan: gerar discussões inteligentes sobre as múltiplas possibilidades do final da história. Acho que essa é a verdadeira “Inception” do título…

 

About these ads

367 Respostas to “Caiu ou não? | O final de A ORIGEM”

  1. É… eis a dúvida, mas, se for mesmo tudo um sonho, acho a segunda opção mais provável ou, ao menos, mais cabível.

    • Até que enfim, alguém respondeu do jeito que eu pensava depois de assistir novamente o filme em casa.
      Pra mim, esta é a versão mais próxima do aceitável, sim.

    • Por favor será que ninguém prestou atenção no filme: vou dar a barbada: tudo era real, pois o personagem de Michael Caine não participava dos sonhos, ou seja como ele aparece na última cena é porque tudo era real.

    • que nao é sonho

    • Acho plausível isso tbm, e todo o questionamento sobre o filme todo ser um sonho ou não. Agora o que me intriga é que não haja um consenso sobre algo tão simples que é última vez q ele roda o pião…
      Acho que a tendência do pião é ir perdendo a velocidade aos poucos, agora quando ele ‘bambeia’ não é possível que eel volte a mesma velocidade rs ele não é como um bambolê que alguém lhe dá nova força… Se ele bambeia 1 ou 2 vezes, ou ele cai de verdade ou então, tá no limbo… enfim, o pião deu esses recados de que estava no limbo…

      • é Mais ele o pião chega a bombear para cair e então o filme acaba… acho q se ele estivesse no limbo o pião não teria bombeado, já q ele como não era real ficaria girando em uma velocidade constante…

      • Antônio do Nascimento Says:

        Você está complicando as coisas… se o pião estava quase parando, isso quer dizer que ele estava no mundo real e não mais no Limbo. Não era mais um sonho.

    • O final foi um sonho com certeza…. O Pai foi pegar ele no Aeroporto? Como se ele estava em uma missão? Agora….. acho que vou ver novamente…rrsrs

    • Outra coisa não mencionada… é que os seus filhos estão com a mesma aparencia depois de anos… o que é claro que torna um sonho.. e uma lembrança… ooou.. os filhos dele não crescem nem envelhecem.. ;) eaw? qual é mais razoável? kkkk’

  2. E não há um erro na montagem? O roteiro não deixa transparecer que os níveis dos sonhos vão “descendo”? E não subindo?

  3. Desculpe, se eu entendi a montagem errada ;D

  4. Foi o que eu disse, mas é que eu havia entendido a imagem como se ela estivesse levando os níveis àcima , mas já vi que entendi errado agora.

  5. meccaesportes Says:

    Meu irmão, o pião balança de mais, ele não está em um sonho. Mas se etiver, eu acho aquela primeira oportunidada bem provavel.

  6. Assisti o filme 2 vezes…Uma domingo (29/08), outra segunda (30/08) e verei mais uma vez provavelmente na própria segunda(30/08). Na primeira surgiu a mesma dúvida após ler vários sites, entre eles este… Filme muito bem feito, com certeza irá ganhar alguns Oscar´s, sem sombra de dúvida, ao contrário de Matrix, por ter apenas atores e não ter muita “tecnologia” envolvida, aliás ainda bem que não é tão “enigmático” quanto Matrix, que eu ainda não entendi totalmente por ter várias culturas e filosofias envolvidas… Não estou desmerecendo o filme, afinal provavelmente é o segundo melhor, só perdendo para Matrix… Entendi bem o filme, ele é auto-explicativo… Vamos finalmente ao final da Inception: ELE ESTÁ NUM SONHO SIM!!!… É tudo o que posso dizer, senão perde a GRAÇA CRIANÇAS!!! Então o LUCASFILMES está incorreto… Mas, como disse o Oráculo no primeiro Matrix “O que vai fundir a sua cabeça é: se eu dissesse que você derrubaria o vaso, você o faria assim mesmo?” Então surgem OUTRAS questões: ele estava em seu próprio sonho? Quanto tempo ele ficou? Onde está a sua mulher e os filhos? Então que é aquela mulher que ele considera a sua própria mulher em seus sonhos? E as pessoas da sua equipe, estão a seu favor ou contra ele? E quem é na verdade o empresário japonês? E a última, e talvez a pergunta mais importante, já que é um filme dinâmico: todas as perguntas para essas respotas são as mesmas durante TODO o filme ou não? E por quê? Como disse o Dr. Hannibal Lécter para a secretária lhe dar o endereço do agente Graham, para que ele pudesse dá-lo para o fada dos dentes atacar a família dele: “Responda que eu te dô um doce.” Até mais…

    • Eu também acho que o finla do filme é um sonho…
      os filhos de Cobb aparecem durante todo o filme sempre com uma roupa, e no final, quando supostamente deveria ser real eles ainda estão com a mesma roupa????? claramente que é um sonho. seria um erro craço do realizador querer dar a entender aos espectadores que era real e apresenytar os filhos vestidos da mesma maneira que durante o filme todo.

      • É e os filhos dele parecem não crescer , tem uma parte que ele sai de casa pra alguma coisa….. e os filhos aparecem a mesma coisa naquela parte e no final do filme , então acho que é um sonho.

      • mas seria bom meu caro vc assistir o filme novamente pq se vc nao reparou durante o filme inteiro a phillipa usa só um vestidinho rosa mas no final do filme ela esta uasndo o vestido mas com uma blusa branca por baixo como o rapaz postou ali em baixo

      • Vc matou a charada ! Essa teoria é irrefutável!
        Discussão encerrada!

        “os filhos de Cobb aparecem durante todo o filme sempre com uma roupa, e no final, quando supostamente deveria ser real eles ainda estão com a mesma roupa????? claramente que é um sonho. seria um erro craço do realizador querer dar a entender aos espectadores que era real e apresenytar os filhos vestidos da mesma maneira que durante o filme todo.”

        E as crianças aparecem no final do filme EXATAMENTE NA MESMA POSIÇÃO, NO MESMO LUGAR, com a menina na direita e o menino na esquera, e olham DA MESMA MANEIRA que das outras vezes nas quais ele não quis ver.

        asparten@hotmail.com sua teoria sobre o final do filme é a mais forte. Não tem como derrubá-la. Isso era sonho mesmo.

    • Só tenho uma duvida quanto ao filme,se o coob inseriu aquela idéia no cabeça do riquinho,pq na saida do avião o riquinho não lembra dele,da a entender que tudo aquilo não foi real…só assisti o filme agora mas to cheia de duvidas,mas fiquei com a sensação dde que foi tudo um sonho.

  7. E esqueci uma pergunta: Se a mulher dela foi para o local que ela achava certo, ela foi para onde gostaria de ir ou não? E por quê?

    • Lucas Nascimento Says:

      Amigo, gostei da seu comentário e referências, mas acho que nunca teremos as respostas para o fim do filme. Deve ter sido desde o início a intenção de Christopher Nolan; o espectador escolhe o final, há material o suficiente no filme para suportar tanto a possibilidade de o fim ser sonho, quanto para o fim ser realidade.

    • Não era a Mal. Era a projeção que ele fazia dela. Ele não a havia matado em outros sonhos a não ser antes de ir resgatar o Saito, se bem que isso também fica só subentendido.
      Uma coisa que acho estranha é ele usar o totem da esposa. A gente nunca vê o totem original do Cobb.

  8. Eu acho que ele não esta em um sonho! Eu assisti duas vezes o filme e na segunda eu percebi que o peão dele balança demais! Mas, como muitos comentários falaram, ele pode estar em um sonho desde o principio! Com certeza irá levar bastantes oscars! Eu recomendo esse filme e eu dou uma nota de 5 de 5! :D Falou

  9. Meu Deus!!!! eh mto obvio!!! para saber se eh sonho ou nao vc nao deve se importar com o peao rodando…………..A principal pista sao as criancas…. Pensem comigo:

    –>Dom teve lembracas das criancas em varias partes do filme, as criancas sempre do mesmo jeito, numa mesma cena (uma do lado da outra, com aquelas roupas, brincando na grama, etc)
    –> no final eu nao reparei se a cena das criancas era igual ao do resto do filme ou nao…..MAS PODEMOS DEDUZIR UMA COISA>>>>>

    ——> se a cena final das criancas for igual as lembrancas de Dom, entao com ctz eh um sonho (pq nao tem como acontecer EXATAMENTE (exatamente = TUDO igual) a mesma cena duaz vezes na vida. entao, aquilo soh pode ser um SONHO.

    ——> se a cena das criancas no final for diferente das lembrancas de Dom, entao nao eh um sonho, eh a realidade! pois acontece algo q Dom nao tele lembrancas exatamente!!! (ou seja, o futuro, a VIDA REAL, q eh imprevisivel)

    ENTENDERAM!!!! (Eh obvio, eh exato, assim como 2+2=4)

    • Lucas Nascimento Says:

      Já vi 2 vezes e reparei que as roupas das crianças são diferentes. Muito parecidas, mas diferentes. Só não reparei se o Cobb usa a aliança no fim do filme…

      • Lucas, se eu te contar a parte não vai ter muita graça, pois assim o filme vai acabar perdendo o encanto. Pq provavelmente é o “gancho” para o terceiro filme. Mas se você quiser eu te falo. Estou pensando em escrever tudo sobre o filme no meu blog… Eu “consegui” assistir o filme 2 vezes inteiras, a terceira assisti 3/4 e a quarta assisti todo. Estou meio sem paciência para assistir de novo, pq já consegui “ver” as tramas. Abraços.

      • Não usa a aliança.

      • RAFAEL DA PROXIMA VEZ ASSIKSTA COM OS DOIS OLKHOS ABEERTOS, BEM ABEERTOS, NÃO SOMENTE ,TRES QUARTOS DA SUA VISÃO. E OUTRO MATRIX NÃO É A CONTINUAÇÃO DA ORIGEM, SENDO ASSIM COMO VAI TER O TERCEIRO? SE AINDA ESTAMOS EM ORIGEM 1.

      • a questão da aliança pode estar relacionada ao fato de ele a ter matado quase no final então é como se ele rompesse com a lembrança e a culpa (isso caso seja um sonho)

    • Desculpe mas não concordo… Ele poder ver os rostos das crianças não diz nada, a questão é o totem… Abraços…

      • Rafael, como assim gancho para o terceiro? Não há nem certeza se haverá o segundo..
        Ah, e eu estou curiosa para saber que “gancho” é esse que você viu :)
        Também acho que o Christopher Nolan não faria do filme inteiro um sonho.
        O totem realmente é uma explicação para a realidade, mas as crianças também, assim como a aliança. No entanto, só pode ter certeza que é realidade se todas as características que diferenciam apontarem para o que corresponde ao estar acordado.

      • A questão que nolan deixa para os que não captaram suas informações escondidas é essa mesmo mas o pião se quer é o token de cobb perdendo assim o seu valor no quisito de cobb estar ou não acordado naquele momento final, o pião é uma lembraça de Mal que ele guarda consigo e fica assim achando que é culpado pela morte de Mal sua falecida esposa. No fim do filme ele gira o pião mas não espera ver se ele caira ou não ele apenas o deixa la como uma lembrança esquecida representando Mal, isso como resultado do inception que foi feito em cobb durante todo o filme por ariadne e arquitetado por miles para que cobb esquecesse sua culpa pela morte de Mal e fosse viver de fato sua vida, ele acha então que o seu “grande sonho” acabou, mas na verdade ele esteve perdido em sua propria mente e em seu proprio mundo no limbo onde jamais conseguiu distinguir da realidade.

    • E QUEM DISSE QUE 2+2 SÃO 4?

    • quase parceiro, acertou quanto a ser realidade, mas a pista é o sogro dele e não as crianças, pois o sogro não participava dos sonhos, isso fica subentendido na conversa que os dois tem quando Cobb vai atrás de um arquiteto.

  10. Interessante “sua” teoria, achei uma IDÊNTICA neste site http://screenrant.com/inception-spoilers-discussion-kofi-68330/3/

  11. Tudo bem que não sabemos há quanto tempo ele não vê as crianças, mas me parece óbvio que elas ainda estão com a mesma, exatamente a mesma, idade de quando estavam nas memórias do pai… Com isso, Cobb está sonhando e continua, sim, “preso” no “limbo”…

    • Lucas Nascimento Says:

      Realmente, elas parecem estar exatamente iguais, mas veja só: o site IMDB reporta que foram escolhidas crianças diferentes para interpretar os filhos de Cobb: http://www.imdb.com/title/tt1375666/fullcredits#cast

      Pode ser parte da charada ou não…

      • Indiferente de usarem outras crianças ou não, elas estão com a mesma idade (na realidade, creio que o espectador não tem de saber se usaram outras crianças ou não – o que interessa é a percepção enquanto assistem o filme) – o que só nos resta compreender é que a intenção do diretor era percebermos isso (discutirmos isso como estamos fazendo aqui inclusive) e aceitarmos que o pião não caiu…

      • nós não sabemos se o pião caiu, na verdade estou convencido de que é um final aberto

    • Gente mas o limbo nao existe nada. … nao acontece nada.. e nao ah lembracas.

  12. Não sei a resposta para a pergunta mais percebi algumas evidências.
    Cobb diz que iseriu na mente de sua mulher que o mundo em que eles viviam não é real, para que ela quisesse acordar certo, e depois esta idéia ficou na mente dela.
    E se na verdade realmente o mundo em que eles viviam não fosse real, e ela realmente conseguiu dar o chute nela e a idéia dela era que ele desse o chute também pulando do prédio. Talvez ela esteja esperando ele no mundo real enquanto ele está preso no mundo que eles criaram ainda, e tudo não passou de um sonho.
    Também concordo com o fato das crianças estarem com a mesma idade e a cena ser igualzinha a dos sonhos dele ser muito estranha, só se for um deja vu.
    E aquela parte que eles estão em um lugar que parece ser a Africa e ele foge de uns caras, ele tenta passar por um corredor e ele tem muita dificuldade, mas não é um corredor tão estreito assim, estaria ele em um sonho? Porém um dos homens que perseguem ele diz assim “Agora você não está em um sonho”.
    Difícil mesmo.
    Mas realmento o diretor fez a inception em nossa mente quando assistimos o filme.

  13. gente, posso estar enganado, mas nimguem postou a seguinte questão: há um momento do filme em que cobb comenta sua vida. Ele diz que ele esta fora do país há ANOS, ANOS ele não vê seus filhos… pensem então… como pode ele ficar anos sem ver os filhos, e quando volta para os EUA os seus filhos ainda são tão pequeninos… CLARO que tudo é um sonho!!!!

    • Pensei exactamente o mesmo qd vi a cena dos filhos e até comentei com meu marido “Então mas as crianças estão iguais?” Mas realmente no site do IMDB eles usam crianças diferentes para fazer as personagens… Fica a dúvida. Essa e mais algumas, a cena do Japonês estar tão velho e isso não estar visível em Cobb, tendo em conta que cobb desceu ao Limbo antes de o Japonês morrer e consequentemente descer também…teoricamente seria ao contrário…
      O acordar no avião parece estranho tendo em conta que já ninguém está ligado a nada, o milionario parece não se lembrar daquela gente toda, se acabou de sonhar com eles…eles lembram-se todos mas o gajo não… que é antecedida pela cena em que o velho e cobb supostamente se matam para sair do limbo mas a arquitecta não saiu assim de lá, foi com o impulso, não se matou…… e a facada da mulher no cobb, não volta a fazer estranheza, ha aqui muita coisa que me faz estranheza, mas tb só vi o filme ontem pela primeira vez. Continua a preferir a ideia implicita de que estão na realidade, mas tenho sérias dúvidas que assim seja..

      • Olá crys.. concordo com a maior parte das suas informaçoes.. porem, quando vc diz q o milionario não lembra dos individuos q pelo qual teve 1 sonho e tda a trama, lembre-se tbm q cobb fala q depois q vc acorda, demora bastante para vc se lembrar e q tbm exige tempo de prática. Embora o milionário de 1 breve olhada quando cobb passa por ele ao se dirigir a sua viajem com destino a seus filhos.

        se estou errado desculpe pessoal

      • O fato de usarem crianças diferentes é que se observar o cast tem o James e a Phillipa 20 meses e 3 anos e 3 anos e 5 anos respectivamente, eles com 20 meses e 3 anos é na cena que a Ariadne desce no elevador e vê a lembrança dele da esposa com os filhos na praia, lá as crianças estão mais novas.

  14. Fernando Boaretti Says:

    Assisti o filme Hoje, não li todos os comentarios mas analisem minha versão e digam se pode estar certa.
    Em um parte do filme cobb não tem o controle da aparição de sua mulher , seus filhos e outros neguinho que ficam tentando mata-los a cada nivel, não seria possivel que cobb esteja preso no sonho de sua propia mulher ? e como o tempo passa mais rapido de acordo com o nivel que eles estão o filme todo não seja tipo 1 segundo …. posso estar viajando , mas oque acham ?

    • Lucas Nascimento Says:

      Fernando, acho a possibilidade de o filme inteiro ser um sonho descartável porque, veja bem, nós vemos 2 totens funcionando: o pião de Cobb cai em algumas cenas e a peça de xadrez de Ariadne também.

  15. As crianças estão usando a mesma roupa, vc que viu o filme 2 vezes e disse que reparou e que são diferentes???então não reparou direito!!!!

    • Lucas Nascimento Says:

      Angelica, admito que a roupa de James é muito parecida em todas as cenas, mas repare que Phillipa usa um vestido rosa, mas no fim ela o usa com uma camisa branca por baixo.

      • Wellington Says:

        eles usam atores diferentes mesmo, mas reparem que quando a arquiteta e o cobb estao no elevador eles apertam o botao 12, e vao para a lembrança dele com os filhos e a mulher na praia, e lah os filhos dele estao mais novos.

  16. detalhe, quanto a lembrança dos filhos e que me leva a crer que, no fim, ele retorna a casa: nos sonhos ele apenas ve os filhos sem visualizar seus rostos, como da ultima vez que os viu (foi uma visão apenas por tras); e na cena final, vemos as faces das crianças. isso me leva a crer que se trata de realidade e não dos sonhos.

    ainda, num dado momento, enquanto discutia com a mulher e ela lhe mostraria os filhos, ele tapa os olhos e a revelação das faces das crianças nao ocorre..

  17. Na verdade, a missão era resgatar Cobb, ele se sentia culpado pela morte de Mal, e não conseguia encarar sua atual realidade, preferia ficar presso em seus sonhos, tudo foi planejado e arquitetado para resgatá-lo do limbo. As cenas em que Cobb está no mundo real, nas quais são raras, ele aparece sem aliança, já nos sonhos, ele aparece com aliança. Todos estão no sonho de Cobb, tentando ajudá-lo a voltar, notem os edifícios, tanto em Paris, quanto em Mombasa, aparecem edificações, edificações criadas por Cobb, afinal é o mundo dele, o sonho dele, assim também como o trem que surgi no meio de um tiroteio, aliás, perseguições criadas pelo subconsciente de Cobb, que tenta de todas as maneiras impedi-lo de voltar. Todos os personagens tem um papel importante na trama, cada qual com suas habilidades e tarefas para ajudá-lo, sendo que a mais importante é
    Ariadne, pois ela é a única que consegue interceder e modificar o sonho de Cobb. Quando Ariadne cria seu totem( uma peça de xadrez) ela não mostra pra ele, para que o subconsciente de Cobb não interfira no processo.

  18. Na verdade, a missão era resgatar Cobb, ele se sentia culpado pela morte de Mal, e não conseguia encarar sua atual realidade, preferia ficar presso em seus sonhos, tudo foi planejado e arquitetado para resgatá-lo do limbo. As cenas em que Cobb está no mundo real, nas quais são raras, ele aparece sem aliança, já nos sonhos, ele aparece com aliança. Todos estão no sonho de Cobb, tentando ajudá-lo a voltar, notem os edifícios, tanto em Paris, quanto em Mombasa, aparecem edificações, edificações criadas por Cobb, afinal é o mundo dele, o sonho dele, assim também como o trem que surgi no meio de um tiroteio, aliás, perseguições criadas pelo subconsciente de Cobb, que tenta de todas as maneiras impedi-lo de voltar. Todos os personagens tem um papel importante na trama, cada qual com suas habilidades e tarefas para ajudá-lo, sendo que a mais importante é
    Ariadne, pois ela é a única que consegue interceder e modificar o sonho de Cobb.

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Ariadne

    • Concordo plenamente com vc. Saí do filme leve porque a “missão” foi realizada com sucesso.Notem que os parceiros de Cobb estavam com um meio sorriso nos lábios como se sentissem gratificados de terem tirado o Cobb do sonho.

  19. Perceberam que o pai dele usa a mesma roupa na frança eno aeroporto? eu que vi errado, erro tosco do filme(duvido) ou sinal que era sonho?

  20. O final do filme não foi um sonho… Se o próprio Cobb tem certeza de que está na realidade (quando deixa de olhar o totem, se vai parar de girar ou não) então porque o telespectador teria dúvidas? O filme termina assim para que você tenha sua própria certeza sem precisar olhar para o Totem…

  21. o que eu penso é o seguinte: a partir do momento que falamos de sonhos tudo é possivel, a aliança pode ser uma projeção também, não precisa ser real ou não… tudo é possível e essa discução nunca terá fim.
    não sei o que é o certo, mas com certeza a equipe de Cobb não está feliz por tirá-lo de um sonho, afinal ele acorda no avião que pegou com eles… se fosse um sonho o tempo todo ele não acordou…
    é impossível dizer o que é ou não é visto que o céu é o limite para tudo que se vê na tela, isso é o que torna o filme tão original e agradavel de se ver, essa é a inception.

  22. Eu acho que ele nao esta sonhando desde o começo do filme nao como o cara do post pensa! tem uns momentos em que ele esta ensinando a ariadne que ele sai do sonho e gira o totem dele e ele cai! se ele estivesse sonhando ele nao cairia eu penso desse jeito! mas ja o final fica meio estranho ele perdeu o Chute dos outros niveis e sei la,muito confuso mas tudo indica que a inception deu certo e que ele voltou para sua familia mas entra em outra contradiçao lembram que ninguem podia pegar o totem so ele podia saber o peso e etc,quando no começo quem esta com o totem é o velho saito preso no limbo por decadas,ai vai de cada um a sua interpretaçao!

    • Lucas Nascimento Says:

      Mas eu também acho que ele não está sonhando desde o início amigo…

      • Eu tambem tem gente que pensa que a mal se libertou que nao esta morta e etc,que todo o filme se passa no Limbo em que o Cobb esta preso e varias outras teorias.Sei la cada um tem sua maneira de pensar mas ainda penso que mal esta morta sim,que teve partes do filme no mundo real e que no final sei la ele saiu do limbo com o saito e a memoria dos filhos ele diz em parte do filme que nao consegue manipular ver o rosto deles e no fim consegue!

  23. Anderson Neves Says:

    ME digam uma uma coisa…se para plantar uma idéia na cabeça de alguém, deve ser no 3º nível, como Cobb, que estava dormindo somente com a mulher quando construiram aquele mundo por 50 anos, consegue chegar até lá…sendo que o dono do sonho não pode sair do nível que está?
    1º nível (os 2)
    2º nível (somente Cobb)
    3º nível (???????)

    Outra coisa…se para ficar por 10 anos no terceiro nível era preciso sedativo forte para dormir por 10 horas, como ele e a mulher ficaram dormindo por 50 horas??? Se for também um sedativo muito forte, eles deveriam ter indo para o limbo não era?

    Abraço!

  24. Se o anel de Cobb é o totem, porque ele giraria o peão?? õ.o
    não faz sentido…

    O conceito de realidade e sonho baseado no totem também não faz sentido, já que você não consegue levar nada material pro sonho.
    Afinal, se o Cobb está sonhando, mas acredita que está no mundo real por não conseguir diferenciar a realidade do sonho, ele pode muito bem ter o controle sobre o totem, fazendo-o cair ou não, de acordo com a sua interpretação de real e não real.
    Se o totem fosse msm a chave que diferencia o sonho da realidade, pq a Mal não girou o totem dela antes de se jogar do predio?

    Eu tenho algumas duvidas.
    Se as pessoas que morrem no sonho e que ainda estão sobre efeito do sonifero vão para o limbo, pq o Saito não estava no limbo junto com o Fisher qdo Cobb leva a facada da Mal , já que os dois morrem no filme? (apesar do Fisher ser reanimado)
    E se eles estavam no limbo, pq o Saito envelhece e o Cobb não?

    Alguns vão me responder que na parte da facada eles não estavam no limbo, mas então o que o Fisher estava fazendo lá?Ele não deveria ter ido para o limbo por ter morrido no sonho da neve?

    E se Cobb é mesmo o melhor naquilo que faz, pq ele também não tem um “exercito” treinado pra proteger suas ideias no seu subconsciente, igual ao Fisher?Pior, e se o “exercito” na verdade for do Cobb?(baseado na teoria de que o filme inteiro é um sonho do próprio)

    E aqueles agentes que perseguem o Cobb quando ele vai recrutar o falsificador?
    Podem ser projeções do sonho dele tentando fazer com que ele acorde.
    E nessa mesma parte o Saito aparece do nada de carro e o salva.
    Como ele sabia onde o Cobb estava?

    E pq a gravidade é anulada no hotel, mas na neve e no limbo não?

    E que sentido tem o totem da Ariadne?Uma peça de xadrez que cai.Se for real, a peça cai; se não, a peça faz o que?

    E se Cobb e Mal estavam no limbo na parte em que eles se suicidam com o trem, pela logica eles deveriam acordar em outro sonho, já que pra chegar ao limbo eles tiveram que passar por todas as camadas de sonho.

    E se a Mal foi mesmo para o mundo real quando se jogou do predio.
    Será que ela acordou de novo com a ideia que o Cobb implantou na mente dela?
    Ou seja, se ela não morreu de verdade quando pulou do prédio, e acordou no mundo real, ela iria se matar de novo?
    Então ela morre de qualquer jeito?

    Se alguem puder me responder eu agradeço.
    Tem mais..só que eu estou com preguiça de escrever kkk

    • Lucas Nascimento Says:

      Bem Thiago, vamos começar:

      Primeiro, o anel não era o totem de Cobb, apenas o pião era.
      No momento da facada, eles estavam no limbo sim. Fischer estava lá porque foi morto pela projeção de Mal e ainda estava sob efeito do sonífero, assim como Saito. E o envelhecimento de Saito pode ser explicado pelo fato de ele ter ido primeiro, ou porque Cobb entrou no limbo duas vezes (a primeira com Ariadne, onde foi esfaqueado e quando aparece na costa da praia).

      Tenho certeza de que Cobb tem um subconsciente poderoso, mas ele é enfraquecido pela lembrança de sua mulher, que interfere em todos os seus trabalhos.

      Se nesse momento trata-se do mundo real ( e eu suporto essa teoria), os agentes trabalhavam para a Cobol Engineering e podemos supor que Saito estava simplesmente seguindo Cobb (um homem milionário como ele certamente tem os recursos apropriados).

      Bem, acho que na questão da gravidade, fica evidente de que ela só afeta um nível de sonho e no hotel, o sonho é de Arthur, que no nível 1 estava dentro da van, caindo da ponte.

      Aposto que ela cai se for a realidade e não cai se for sonho, como se ficasse presa no chão.

      Sim, mas o efeito do sonífero já deveria ter acabado, da mesma forma como Cobb e Saito retornam diretamente do limbo ao mundo real no fim do filme.

      Bem, não acho que a Mal tenha ido para o mundo real porque na minha teoria, ela já estava lá. Mas se fosse um sonho e ela de fato acordasse para o mundo real, a ideia implantada continuaria afetando sua mente, como Cobb diz no início do filme de que a ideia é o parasita mais resiliente.

      Espero ter te esclarecido Thiago!

  25. Na MINHA opinião, tudo rola conforme o planejado, MENOS qdo ele tenta buscar o Japa. (baseado no totem, q pode balançar o qto quiser, mas nao cai).

    Por outro lado, (provavelmente pra manter uma “magia” do filme no ar) alguem mais qualificado do que nós, tem uma declaração diferente:

    http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/807246-michael-caine-revela-o-final-de-a-origem.shtml

    Li teorias bem plausíveis aqui, mas a cena final é contraditória no quesito crianças: Elas estão iguais as memorias de sempre, mas dessa vez, mostram o rosto.

    Cada um no seu julgamento…

    abraços.

    • Marco Aurélio Ribeiro Says:

      Segundo Caine, no final, o totem para de girar. “[Ele] cai no final, que é quando eu apareço. Se eu estou lá, é real, porque eu nunca estou no sonho. Eu sou o cara que inventou o sonho”, explica o ator.

      até essa ultima frase dele deixa a magia no ar… Que sonho ele inventou? O próprio filme diz que a inception foi inventada pelos militares…. Como eu disse, a realidade é subjetiva…

  26. Qto a teoria de estar sempre no sonho ou de nao ter totem, mostra o totem caindo e se me lembro a ideia do totem foi da Mal, por isso ele não tinha um antes. =)

  27. Felipe Castro Says:

    É galera, filme muito bom.
    Também acho que as teorias são validas, mas que quanto a falar das criançar tenho algumas opniões tbm:
    > se for parar pra analisar todas as cenas em que as crianças aparecem, elas estão (aparentemente) com idades diferenciadas
    > não lembro de ter aparecido no filme quanto tempo ele ficou longe de casa;
    > se ele estiver realmente em um sonho, pode não querer lembrar do rosto das crianças, porque no final a esposa dele pede para que ele olhe e veja o rosto das crianças e ele por sua vez…nega.
    > o desfecho de “felizes para sempre” pode ser a perfeição dele de como tudo deveria acabar, sendo encontrando os filhos, se perdoando, estando livre, etc.

    Essas entre todas as outras são ideias conspiratórias do diretor do filme para que pudesse Implantar a ideia que nos achassemos melhor e acabassemos em uma discusão dessa.
    Afinal das contas o nome original do filme, “Inception”, é justamente a forma que ficamos ao começar as letras dos creditos e percebemos que: acabou?!

  28. Se para sair do Limbo era tão simples (se matar), pq Saito ficou tanto tempo lá?

    • Lucas Nascimento Says:

      Porque esle estava sob o efeito do sedativo. Se ele se matass-e, simplesmente voltaria pra lá.

      • Pra complemetar … no limbo não se tem noção de realidade ou não, então ele prescisava de q alguem desse a certesa de que aquilo era um sonho. Para não “se matar de verdade ” entende.

      • Eles estavam sobre o efeito do sedativos porque se tratava de sonhos a níveis profundo, sonhos a níveis profundo (nível 3) é muito instável sem um sedativo poderoso.

    • Em relação a isso, ele não tinha consciência que estava num sonho e nem tampouco no limbo. Por isso o Coob vai pra lá, pra fazê-lo lembrar que ele não estava na realidade.

  29. Marco Aurélio Ribeiro Says:

    Claro que é um sonho, assim como estamos sonhando neste momento. O que Nolan tenta passar no filme, é que existem diversos níveis de sonhos, e o nível mais importante e ilusório é a pseudo-realidade em que vivemos, estamos, sempre, esperando o salto final, a morte…

  30. Marco Aurélio Ribeiro Says:

    Lucas, nós também estamos no Limbo. O filme dá algumas brechas para identificarmos, no início “volte a realidade Cobb”. No meio do filme a Mal diz: “vc sabe exatamente onde me econtrar”. Próximo do fim ela diz: “a única forma de sair é a morte”. Enfim, eu te pergunto, vc qr sair do limbo Lucas?

  31. Marco Aurélio Ribeiro Says:

    Lucas, o acordar é subjetivo. Não identifica um lugar específico ou real, quanto maior a profundidade do sono, mais fácil ser acordado, a vida é o primeiro nível desse sonho, portanto, a única forma de acordar é esperar pelo “chute final”

  32. Marco Aurélio Ribeiro Says:

    Estou revendo o filme neste exato momento, ainda não cheguei na metade, vou postando minhas considerações em tempo real…

  33. Marco Aurélio Ribeiro Says:

    Quando a arquiteta invade os sonhos de Cobb e flagra uma conversa com Mal, o papo é o seguinte: “você sabe exatamente onde me encontrar”. posteriormente, ela solta uma frase marcante “voce disse que sonhou que envelheceríamos juntos…” “e nós podemos”. Quando sobem no elevador, fica claro que não é um sonho, são memórias…

  34. Marco Aurélio Ribeiro Says:

    Definitivamente é um sonho… Acabei de ver o filme agora e mantenho minhas impressões. Estamos em um sonho aguardando o chute final, a morte!

    Obs1: O Toten é individual, se outra pessoa utiliza ele perde o seu fundamento, então o fato do toten do Sr Cob cair durante o filme é irrelevante, pois ele não é seu, é da Mal.

    Obs2: além dos filhos permanecerem com a mesma idade, eles permanecem com a mesma roupa, são memórias…

  35. sonho?realidade?

    apostaria em sonho mais o propio michael cane deu uma entrevista que segundo ele o fimal da origem era o seguinte “era tudo realidade!porque meu personagem não aparece no sonho”
    na minha aposta e a seguinte :saito apareceu no avião certo? então o que ele estava fazendo no castelo da praia velho é pq cobb foi pra lá fazer uma visita?não saito está velho pq ele morreu no 1 nível cobb no 4 aí direto de lá cobb foi parar na praia é na praia ele tava dormindo certo? depois de cobb levar a facada da mal ele já vai pro limbo e sonha o resto todo! se siato está no limbo o que ele tava fazendo no avião? quando cobb acorda OPS desculpe é acordado ele estava sonhando com tudo os filhos,a missão cumprida,o aeroporto,o pai dele,etc.aí ele acorda do sonho e aí cai a ficha que ele está num limbo! e uma pergunta pq saito estava com o totem do cobb?se e assim ele não iria funcionar mais…
    bom essa e minha idéia.

  36. Victor Ferreira Says:

    A primeira teoria do sono eterno fala sobre uma parte muito nonsense do filme. Sobre o fato de ele ter tirado uma ‘soneca’ no lugar onde os coroas iam passar 40 horas de sonho por dia.

    Porém, esta não pode ser a solução pois: você nunca lembra como chegou num sonho, só começa a percebê-lo no final dele. Mas em A Origem, Di Caprio acorda e retoma a história de onde ela parou. Portanto, sabia onde estava e como chegou até lá. Então, não é um sonho.

    • Você disse que ele sabe onde esta e de onde veio, mas na verdade nao se pode afirmar isso, por que nao mostra eles entrando no sviao nem nada, so eles ja lá dentro, e se vc lembrar o milionário queria comprar a primeira classe toda para ele, e do nada aparece ele e todos os outros lá,nada garante que a arquiteta nao projetou l avião e tudo mais..

  37. Realmente as criancas estao bem maiores no fim, isso eh algo que o sonho nao poderia alterar. portanto nao eh um sonho (?)

  38. Nossa,que filme maravilhoso,eu assisti 2 vezes e confesso estou ainda com milhões de perguntas na minha cabeça.
    O que era sonho? O que era realidade?
    A Mal realmente morreu porque ela achava que estava vivendo em um sonho e só a morte faria ela acordar,ou seja,viver exatamente a realidade.
    Mais no meu entendimento o limbo é um vazio e só vai pra lá é quem acredita que lá é a realidade,por isso ficam presas,ou seja,se vc estiver no limbo e achar que aquilo é a realidade irá ficar anos,mas se for convicto e achar que é um sonho irá sair de lá,e é ai que tá,isso não vai acontecer por que vai pra lá já não sabe distinguir sonho de realidade!
    Na verdade o Cobb foi quem fez isso tudo,fez a Mal achar que aquilo que ela vivia não era real,e foi daí que ela procurava meios de tentar “acordar”.
    No final,antes do Limbo,que está ela,Cobb e Ariadne,a Mal tenta convencer Cobb que o que ele está vivendo é um sonho,mas ele dessa vez fala que ele tem que esquecer ela,ele precisa esquecer,pois sonhando era a única forma de estarem juntos e dpois ele aparece no limbo sem ela,ou seja,ela era só uma lembrança.
    E Cobb volta sim,eu acredito que sim,porque o pião fica girando,balança mais não cai,e outra coisa se o pião aparece é porque é realidade porque nem sempre ele aparece nos sonhos…assim estou entendendo eu!
    Ah e mais..no final o avô das criança encontra com Cobb,certo? e o leva para seus filhos,se isso é sonho porque o velho tá na cena? sendo que ele não entrou nos sonhos! e quando ele apareceu no filme foi qdo Cobb pediu ajuda pra achar uma arquiteta e essa cena era realidade.
    Logo,é realidade sim o final!

  39. Eu cheguei a conclusão de que o final é realidade, pois :
    – O verdadeiro totem não é o objeto, mas sim o fato de ver os rostos de seus filhos.

    Durante todo o filme ele vê seus filhos, mas em nenhum momento eles se viram, apenas saem de cena. E no final, ele consegue realizar essa proeza.

  40. Twister,pois é..foi realidade sim,até mesmo porque o avô das crianças aparece no final sendo que ele não estava nos sonhos projetados,e antes quando apareceu foi na cena em que o Cobb conhece a Ariadne,lhe oferecendo digamos um “emprego”

    As crianças realmente não se viram,e nessas cenas eram as memórias dele!

    Essa filme merece oscar!

  41. Michael Caine disse que o personagem dele nao está fazendo parte de SONHO NENHUM. Ele nao aparece dentro dos sonhos…então….

    Muito legal as mais diversas teorias que o pessoal cria! Acho que essa era a idéia do filme.

    Escutem com atenção até o final dos créditos….vocês ouviram o som do peão caindo. ;)

  42. Fiquei com vontade de dar pitaco também:

    1º o Totem (peão) do Cobb em SONHO gira sempre no mesmo eixo e não cai, na cena final ele gira em um circulo em cima da mesa, “descontrolado”, mostrando que é um peão real.

    porém achei esquisito o seguinte:

    2º as crianças estão com a mesma roupa, na mesma posição, que o Cobb lembra o filme todo. Tá bom que percebemos que o tempo real e o tempo do sonho são relativos, mas mesmo assim me deixa com aquela pulguinha atrás da orelha.

    3º acho que esta era a intenção do roteiro e do diretor nos confundir com estas duas partes importantes da ultima cena, nos deixando sem resposta, intrigados.

  43. [...] This post was mentioned on Twitter by Cassio Guiot , Cassio Guiot . Cassio Guiot said: Teoria sobre o filme " A oringem" http://bit.ly/a4MRiG [...]

  44. escutem o final tem o som do pião caindo

  45. Pessoal uma duvida…
    Disseram aí que ele não podia voltar do limbo porque ele perdeu os outros chutes…
    Mas, quando ele voltou do limbo com a esposa, ele não procisou só de um??

  46. A proposta do filme é você decidir o final do modo que mais lhe agrada , nos últimos tempos tem saido muito filme com esse tipo de ‘final’ que depende da sua imaginação para criar o final do filme , deixando assim em aberto para agradar todos os públicos .

  47. Não era um sonho…alguém viu o Professor Stephen em algum sonho? Ele sempre esteva no mundo real e Cobb e ele estavam juntos no final do filme…o personagem do Michael Cane não sonhou em nenhum momento…

  48. Ola a todos! Alguem se lembra que no começo o saito pega no totem do cobb? so digo isso XD

  49. Para mim eles estão todos desde início no sonho de Mal. Aquele Totem pertence a ela e não ao Di Caprio,

  50. Bom, uma coisa que sei sobre sonhos: a gente nunca sonha com algo que não conhecemos. Como no final Cobb consege ver os rostos, que havia esquecido, de seus; acho que não era sonho.

    • JeffersonBSB Says:

      olá Laís
      Na verdade no proprio filme ele envelhece com a mal e o Saito Tbm está velho. Eles não tem como saber como ficariam qdo velhos… e mesmo assim eles viam. Da mesma maneira q a Mal aparecia no filme: td seria apenas uma projeção.

  51. O ERRO ESTÁ PORQUE ELE USA O TOTTEM QUE MAL CONSTRUIU
    POR ISSO ELE NAO SABE O Q

  52. O final da historia, na minha opnião, naum foi criado com nenhum intuito de fazer essas discusões, Cobb só faz akilo pra ter certeza de q akilo naum era um sonho, obvio, ele só faz akilo pois estava realizando um “sonho” dele e q era bom d+pra ser verdade, akilo seria como o “beliscão” q alguem pede pra ver se naum tá sonhando.

  53. Amiguinhos definhados, é obviu que era um sonho, o totem sofre desacelaração em seu eixo, facilmente ouvida milésimos de segundos antes de cortarem a cena. O totem estava em uma mesa plana e estático, se a rotação não fosse finita, o som do mesmo sería continuo e duradouro.

    beijos e me liguem.

  54. Tb acho que a chave da questao é o totem.
    Pois Arthur mostra seu totem (um dado viciado) a Juno (esqueci o nome dela no filme Hehe) e quando ela tenta tocá-lo, ele diz: “Não posso deixar que o toque, pois perderia sua finalidade. Só eu conheço o equilibrio e o peso desse dado. Quando vir o seu totem, saberá que não está no sonho de outrem.”. Ela tb nao permite que Cobb toque seu totem quando ele tenta.
    Assim sendo, se o totem é individual e somente o seu criador o reconhece da forma correta e Cobb usa o totem de sua mulher, consequentemente o totem nao funcionaria da forma correta para ele. O que me leva a pensar que tudo nao passou de um sonho…

  55. JeffersonBSB Says:

    Realmente o q temos são só expeculações… É impossivel saber se é um sonho ou não. as duas cenas q acredito terem nos deixado com mais dúvidas:

    1-O peão balançando: da mesma maneira q uma trepidação na realidade ou em outro nivel de sonho afeta o nivel q o cobb está (como a agua no copo d’água ficando de lado dentro do copo) poderia ser algo mexendo com o Cobb.
    2- Os Filhos do Cobb: da mesma maneira que a Mal era só um reflexo da mal verdadeira, ele pode não ter visto os filhos antes de partir, mas é óbvio q ele já tinha os visto antes. Do mesmo jeito q ele não sabia como o Saito seria qdo ele estivesse mais velho e mesmo assim o viu… ele poderia fazer uma projeçãode como os filhos dele estariam. Até mesmo pq qdo ele está no 2° nivel do sonho do Fischer ele se virá para não ver os rostos de seus filhos.

    Tanto o peão balançando qto os filhos não tiram a dúvida se é ou não um sonho!

  56. Eu queria deixar um ponto que, ao meu ver, é extremamente importante: QUANTO tempo se passou de Mal ter se matado até a suposta volta dele [se é ou não verdade]? Acho esse ponto fundamental para a jogada do fim… eu aceito até 1 / 2 anos de diferença… pq passando disso as crianças já estariam maiores do que as que ele via nas memórias e no final do filme.

  57. Ah sim, queria ressaltar algo, vi minusiosamente os quadros “x” pra mim, e tentei associar os garotos da lembrança com os no final… e sim, se for considerar o tempo que falei, está correto a leve mudança de altura, além, da menina estar usando aquela roupinha vermelha, mas, sem a branca por baixo do macacãozinho vermelho [ou sei la como chama aquilo] como ela aparece no final eeeee o garoto… a blusa não tem o Y como nas lembranças e a calça é levemente diferente. LOGO, pra mim… é a realidade. Tanto é que, numa das cenas, eu encontrei a chave, lá no final, só observar aqui: http://img258.imageshack.us/img258/3082/inception023450.jpg – Agora se não conseguem ver direito ele NÃO USAR O ANEL NO DEDO ANELAR, então é melhor esperarmos um Blu-ray surgir para maior definição. Grato!

  58. Ze dos Santos Says:

    E se o velho for uma imaginação do cobb,igual a mal? e se os rostos dos filhos tambem fosse uma imaginação de como ele acharia como seria as crianças daqui uns anos? ja que faz uns anos que ele não volta pra casa ou os vêem

  59. na minha opinião o cobb e o saito ficaram presos no limbo, por que tem uma parte, q o saito ta velho, falando com o cobb, muito suspeito …

  60. como diz a matéria, na parte lá da africa onde tem varias pessoas sonhando, o cobb vai ao banheiro e tenta girar o totem mas ele cái

  61. Prefiria ter ido ver o filme do Pelé!

  62. Michael Henrique Tenorio Says:

    Assisti o Filme hoje, é muito fascinante, intrigante e emocionante. Tenho certeza que não é um sonho. Se quiserem saber a verdade me mande um e-mail e eu responderei. Vcs vão ver o quanto é fácil perceber aquilo que vcs nao quiseram compreender.

  63. Na verdade todos desejam que o o totem caia, mas no final não da pra saber se ele vai cair ou não, isto significa que tudo depende de vc, ou seja vc esta sonhando ou esta acordado? Talvez façamos parte do filme tb em outro nivel , e so saberemos a verdade quando morrermos.

  64. Lucas Nascimento Says:

    Atenção aos fãs do filme: Chris Nolan responde algumas perguntas sobre diversos momentos do longa (em inglês) no site Collider. Confiram:

    http://www.collider.com/2010/11/24/inception-christopher-nolan-explains/

  65. Tem uma cena, em que a Mal diz pro Cobb que os filhos estão lá, e são reais. Cobb diz que não, que são projeções etc.. Nessa hora a Mal chama eles com o intuito de provar que eles são reais, e quando eles vão olhar, Cobb vira o rosto… então não sabemos se eles realmente olharam ou não!

  66. Não é um sonho! Antes de entrarem no avião para o ciclo de sonhos, Cobb para no banheiro, lava o rosto e solta seu peão (na verdade, o peão de Mal) e o peão realmente cai, ou seja, não estava sonhado, depois dessa cena eles entram no avião e então NESSE MOMENTO começam a sonhar, portanto o avião é real, e existe mesmo! Nesses sonhos eles vão entrando em “fases” mais profundas e o Cobb acaba chegando no Limbo, lembremos agora que o Limbo é o último grau de sonho, o mais profundo, não há outro após o Limbo, então Cobb leva seus “chutes” (um total de 4) e acorda novamente no avião, que é real! Portanto voltou a realidade, não está mais em um sonho.. o peão que está pendendo vai cair!

    • Bruna!!
      Vc matou a charada mesmo !!! Parabéns!!
      Todos têm que concordar com vc porque o filme deixa claro que quem consegue acordar do limbo, volta a realidade…portanto, o Saito e o Cobb saem do limbo e voltam à realidade, no avião!! perfeito!!!

  67. não sei se lembram mas o peão mal gira no mundo real, e quanto aos filhos dele nem parecem ter crescido o minimo, e com as mesmas roupas que ele sempre tenta lembrar, e na teoria podem haver várias fazes dentro do limbo assim como nos sonhos comuns, afinal só ele e o japa chegaram lá! seria como o truque que a garota fez com os espelhos, um universo sem fim quem sabe até onde se pode ir…
    é de ficar louco só de pensar no que pode ou não este filme!
    Para mim o melhor de todos os tempos!

  68. TeSãOOOOOOO de filmeeeee……………
    pra mim vai ter Origem2 ou sei lah origem finalll
    ahsuahuhas
    mas falando sério naum se sabe se cai ou naum!!!??
    mas tomara q não quero ver a continuaçãoo dissoo
    auhusashausha
    Vlw abrasss

  69. pensem comigo, se o totem cair , nao quer dizer q eh a realidade, pois o totem so diz se vc esta ou nao no sonho de OUTRA PESSOA, ou seja, se ele estiver em seu proprio sonho, o totem pode cair, e isso nao quer dizer que seja a realidade, mas se ele continuar girando, eh certeza q sera um sonho…. acho q eh sonho, pelo simples fato de que as crianças parecem ter a mesma idade mesmo depois de anos..

  70. acredito que no final ele acabou acreditando que aquele que era o sonho, que tantas vezes vimos ele fugindo, nao vendo o rosto dos filhos que eles(cobb e mal)criaram era o mundo real. entao no final ele acabou ficando no mundo em que ele criou.

  71. aCramba eu e meu marido vimos o filme duas vezes…é complicado. Mas eu acho que ele está sonhando,ele não acordou do sonho.

  72. Assisti pela segunda vez, e um detalhe que havia passado despercebido na primeira vez me chamou bastante a atenção, e creio que ninguem comentou. Qdo Ariadne invade o subconsciente de Cobb (a cena do elevador) Cobb diz, qdo esta na sua casa que SÓ CONSEGUIRÁ ver os rostos dos seus filhos novamente, se voltar para casa e NO MUNDO REAL, no mesmo instante Ariadne corre ate o elevador e desce até onde Mal esta, na lembrança do último local onde Mal estava viva, e que pulou do prédio.

    Digo que é a cena que ela estava viva, pq na cena verdadeira, Cobb pisa numa taça de vinho, e ao lado esta o totem da Mal, no chão, parado.

    No final, Cobb volta pra casa e vê os filhos.

    Fica portanto, mais essa informação que tinha passado despercebida por mim e acredito que por muitos.

  73. Fernando Katsu Says:

    Existem alguns detalhes que ateh onde li os comentários ngm citou.
    Primeiramente, a cena do final onde aparecem os filhos, alem das roupas serem levemente diferentes, pode-se perceber que a menina está mais velha que nas lembranças dele.. reparem pela altura dela.
    Segundo.. se a Mal realmente tivesse se libertado ao inves de morrer, pq ela não teria dado um “chute” para acordar o Cobb após ela mesma ter acordado??
    Acho que, com base nesses detalhes e o totem dele começar a rodar de maneira instavel no final, da pra crer que tudo era real no fim.

  74. Fiquei metade do filme pensando que ele tava dentro de um sonho o filme todo, mas depois de ler aqui acho que estou pendendo pra opção de ele ter realmente conseguido sair do sonho, mas não tenho certeza e por isso esse filme ficou tão foda pq realmente mexe com tua cabeça =D.

    Gostei do gráfico, se não estou enganado é um paradoxo como o das escadas do filme, não? =]

  75. Alguém me explica o porque que quando a van cai na agua, eles acordam e precisam respirar oxigenio (como se alí fosse o mundo real)…….. ? (no inicio do filme, acontece o mesmo com Cobb, porém ele acorda …
    E mais..como eles fariam para voltar ao aviao… ?

    • Lucas Nascimento Says:

      Eles respirariam oxigênio para sobreviver… Morrer num sonho e com o sedativo forte os levaria para o Limbo. Sobre Cobb e Saito, eles acordaram no avião porque o efeito do sedativo tinha acabado; Saito segura uma arma e fica implícito de que ele atirou nos dois para acordarem. Ariadne não chegou no avião porque ainda havia tempo de sonho (naquela maleta), além do sedativo; ela acordou através dos chutes, até acordar na van.

      Para os demais retornarem para o avião, simplesmente aguardariam o tempo de sonho e o sedativo acabar (como acontece no trem, no início do filme) e acordar.

  76. Se os demais acordaram dentro da Van (cheio de agua) O Saito e o Cobb, ao sairem do limbo, não deveriam sair acordado na Van ? …Se a hipotese do Limbo ir direito ao “mundo real” fosse certa, a Ariadne tbm teria q ir direto para o aviao…e nao ter acordado na Van….

    Outra coisa, Qual o motivo deles terem saido da Van..e se sentarem na beira do mar/rio ? (apenas pra valer a pena o comentario do Fischer??) e que a inception funcionou? E como eles voltariam para o avião ?

  77. Seguinte.. a mulher dele uma hora tentou mostrar a face dos seus filhos pra ele.. qnd ele vira o rosto!
    logo.. ela teria a capacidade de mudar essa cena .. tals cena q para ele era sempre a mesma!
    pensem nisso.. ele está no sonho.. e a mulher dele o espera do outro lado.. azar o dele ter perdido o kick pulando do predio junto com ela!

  78. wagner pernia Says:

    baixei o filme mais esta com o som atrasado, algum de voces podem me passar o site em que vcs baixaram, isso é, se voces baixaram por algum site! desde já agradeço!

  79. wagner pernia Says:

    hum… nao sabia… achei que estava no cinema ainda…
    é que eu tenho um monitor consideravel e um bom som para assistir filmes, por isso fiz a pergunta :)
    mais vlw aae!!
    vou em uma locadora o mais rapido possivel!
    filme excelente!

  80. olá a todos, o peão era o totem de Mal. Sendo assi o totem de Cobb pode ser o fato de nao ter aliaça, nao sei, vou ver o filme de novo hj, so vi uma vez. Mais acho que ele esta na realidade. e outro detalhe e que parece que a casa de cobb no fim esta diferente vou confirmar isso.

  81. Tem toda a comprovação da teoria do sonho infinito, com detalhes e tudo mais, em http://www.scribd.com/doc/35816345/A-Origem-Inception-Critica-Contem-varios-spoilers
    ok

    http://casadohorror.com.br/cinema

    Espero que seja interessante pra quem realmente entendeu.

  82. O final do filme com certeza se passa na realidade, pois, o personagem vivido pelo ator “Michael Caine”, em nenhum momento participa de sonho algum do protagonista “Di Caprio”.
    A cena do pião girando, nada mais é, que um engodo às pessoas que não prestam atenção aos detalhes.

  83. O totem é da mal qual o totem do Cobb?

  84. Creio que seja realidade, porque no final as roupas sao diferentes, SIM, sao diferentes conferi 2 veses, e no final, quem chama AS CRIANÇAS e o pai de cobb, E NAS LEMBRANÇAS DELE A VO QUE CHAMA AS CRIANÇAS

    e como nao tem a possibilidade de a realidade for exatamente igual 2 veses, ele estava na REALIDADE, e ate pq o totem balança como se fosse cair no final.

  85. Concordo com este último comentário; realmente, as roupas são outras, e situação não é a mesma de antes. E o totem vai cair sim.

  86. Rodrigo Mendes Says:

    Nossa, fantástica a discussão por aqui!

    Eu acho que o peão no final não diz absolutamente nada. Pois assim como o Gato de Schrödinger (fantástico experimento por Erwin Schrödinger), não é possível distinguir se o peão cairá ou não. E essa é justamente a idéia do autor. Parece claro que não há certo ou errado, que na verdade todas as boas teorias são válidas, sim.

    É um PARADOXO, pessoal, lembrem-se disso ;)

    A história do filme é absolutamente brilhante, muito provavelmente a mais fantástica que já vi em toda a vida.

  87. eu acho que coob está sonhando, e acho que a mulher dele sabe a verdade e ela estava certa, porque na metade do filme, ele o arthur fala que não pode tocar no token do outro, se não perderia o valor, como o pião era da Mal, acho que Coob, criou aquela regra, se cair é real, se não é sonho, mas na verdade essa regra e o token é da Mal só ela sabe como usar o pião.

    Outra coisa é quando ele vai procurar o cientista o cientista diz “você não vai querer ver”, talvez seja um aviso, logo depois um cara diz “eles estão aqui para serem acordados, e o sonho tornou a realidade” depois coob acorda e vai girar o pião, mas só que ele se assusta e deixa o pião cair e não ve a verdade,mas…

    pronto acabou

    • Lucas Nascimento Says:

      Eu reassisti o filme e pensei numa coisa; se é tudo um sonho do Cobb (e eu acho q não é), porque a Mal só aparece quando ele está sonhando e nunca nas cenas de “realidade”. Acho que isso quebra a teoria de q o FILME INTEIRO é sonho.

  88. amn… é um sonho sim

    ele confundiu a realidade,
    tudo isto aconteceu mesmo com ele

    como foi dito la no começo, nao se deve construir com suas lembranças

    pra mim, o filme todo ele está no limbo (pois citam de ele ja ter ido pra la, provavelmente de suas lembranças) e criou o mundo e seus niveis e sonhos a partir disto

  89. Não li todos os comentários, mas essa eh a minha opiniao: Ele estava dormindo no fim, ele só consegue ver os rostos das crianças porque finalmente ve a deixa partir.

  90. Serio, intrigante, sim, porém, já temos na literatura, exemplos de perguntas insoluveis, MACHADO DE ASSIS, Com DOM CASMURRO, E ENtão CAPITU TRAIU ou não? xD

    A oRIGEM< DEIXOU< MAIS UMA PERGUNTA INSOLUVEL…
    Muito bem bolado esse enredO;

  91. Ja pararam para pensar que a realidade muda de acordo com as Historia que é contada, assim como as do passado, EX: O Calendario MAYA boa Historia,

    1010101010101010110101010101011110101010110100101

    A vida é Frequencia a vida é tudo, a vida é HTz,GHz,OMH entre muitos

    estamos la conheça a “HAARP”
    Vamo que vamo que a caravana não para quando Policia invade

  92. Pessoal assisti 1 vez inteira e outra algumas partes, tenho que assistir mais ainda, porém quando a Ariadne leva uma facada no sonho e acorda o Cobb diz q ela precisa de um totem, então o Arthur vem e explica o que é um totem e diz que ela não poderia tocar no seu se não destruiria o propósito.
    Pois bem Quando Cobb está no limbo, na praia, ele é encontrado por “soldados” o qual identificam q ele possui uma arma, quando ele eh levado até o Fischer o mesmo está com uma arma na mesa muito parecida com a que Cobb estava e há um totem girando, acredito eu que o Cobb foi revistado e sua arma e totem foram levados até Fischer, e Fischer girou o totem!
    eis a pergunta, o propósito do totem foi destruido??? ou será que isso só acontece na realidade? Se o propósito do totem foi destruido o mesmo girando ou caindo no final do filme nao indicaria nada??

  93. marilda barreto Says:

    entendo que a missao foi cumprida,cobb finalmente teve seu encontro com sua familia,quando desse do aviao e o guarda confere o passaporte dele se fosse uma progessao teria atacado ele por estar mudando o sonho, alias varias progessoes teriam atacado ele! se estou errada me desculpe

  94. cara, respondendo aqui.

    A teoria que me faz acreditar que os 2 ( saito e cobb ) realmente voltaram a realidade, é o fato em que nas cenas em que o peao se mostra girando constantemente, ele roda sem “balancar” no caso a fisica nao está em acao dentro do sonho.
    e no final do filme, o peao comeca a pender.
    se fosse um sonho, iria rodar como nas memorias dele, e dentro do cofre da mulher dele, que rodava constantemente no mesmo lugar…
    essa é a minha explicacao

  95. acho que a intenção do diretor do filme era fazer com o publico exatamente o que Cobb fez com a Mal, uma “inception” ,ele inseriu idéias básicas no começo do filme para que o publico achasse com suas “próprias idéias” que o final não é o mundo real … pensem nisso.

  96. O pião de Cobb cai no final. Apesar de não mostrar ele caindo.
    Ele só usava aliança nos sonhos e nos momentos que a Mal era viva.

    Portanto no final ele esta sem a aliança.
    Vejá a imagem: http://www.confrariadoscoyotes.com.br/moura/cobb.png

    Da primeira vez que assisti eu achava que ele tinha ficado no sonho.
    Mas quando assisti da segunda vez minha opinião mudou.

  97. O próprio Nolan disse numa entrevista que o final “não” era um sonho. E só terminou o filme antes do peão parar de rodar para que os “intelectuais” entrassem numa discussão sem fim sobre o filme…

  98. minha teoria é q a mulher dele estava certa, ele estava sonhando o tempo todo, n sei se vcs perceberam, mas quando ele liga para os filhos, e encontra c eles no fim, eles estão exatamente c a mesma roupa e tamanho da ultima vez q ele os viu, pra mim a Mal aparecia tentando mata-lo p traze-lo d volta pra realidade.

  99. Gente.. se vocês perceberem quando Cobb leva a Ariadne para os sonhos pela primeira vez e depois a Mal mata ela e eles voltam, Cobb gira o peão e ele demora e demora mais um para cair. Depois qndo Cobb conta a Ariadne que o peão na verdade era da Mal, e ele conta que o peão no sonho gira e gira sem parar, passa um pequeno flash do peão girando estável sem se quer balançar. Já no final, nesse próprio video colocado no site, pobemos perceber que o peão começa bem estável e depois começa a dar pequenas balançadas. É claro que num está óbvio que ele ia cair, mas talvez o diretor não queria deixar tão evidente.
    Bom essa é a minha teoria, mas perdoem-me se eu estiver errado.
    Pensem no que eu dissse.
    Desde já agradeço.
    Deixei meu e-mail caso quiserem entrar em contato.
    Obrigado.

  100. kkkk caraca acabei de ver aqui no dvd…

    muito show!
    acho que a realidade era la onde a Mal estava… só que la o mundo é só seu =/

    e aqui emcima todos estao conectados…
    e sobre a cena final os filhos estao do mesmo jeito né?
    estranho… mas vai saber, eles perguntaram pela mae no telefone
    a morte deveria ser recente, e o tempo passa mais devagar quando se sonha….

  101. Adriano Bottino Says:

    Acabei de rever o filme, na cena em que Cob encontra seu sogro, em meio a conversação, o sogro diz: “Volte para a realidade Don”… Cob insiste e o sogro dele faz uma expressão de desapontamento, olhando vagarosamente para baixo. Além dos outros detalhes, para mim está claro, Cob está em um sonho e Mal tenta o tempo todo matá-lo para dar um chute nele e o sogro é quem arquiteta todo o plano. No final, provavelmente ele (sogro) entenda que para Cob não adianta convencê-lo do que é real ou não, apenas o guia e o coloca novamente com seus filhos, talvez para dar-lhe sossego e paz.
    Vi duas vezes direto o filme, mas para mim isto ficou claro.

  102. Reparem que a mesma cidade em que o Fisher chegou, apos sair do aviao é a mesma da casa do Cobb..estranho isso não?

  103. Ele nunca tinha visto os rostos das crianças, então não tem lembrança por isso o filme todo ele nunca queria ver o rosto deles para não ter lembranças , e no final ele não olha para o peão porque tinha certeza que era realidade ele nunca tinha visto o rosto das crianças naquela cena.

  104. eh claro q nao eh um sonho.
    a primeira hipótese esta errada pq logo em seguida q o cobb acorda ele gira o peao
    e o peao cai.
    o diretor nao ia da o trabalho de faze td isso um sonho ,dentro do sonho, dentro do sonho…..quando ele tava no sonho o peao rodava certinho
    no final o peao quase caiu tava totalmemte bambo.
    o q o cobb queria muito era ver o rosto das crianças de novo.e ele nunca conseguia.dessa vez ele viu com perfeiçao.

  105. brandaofiel Says:

    tenho la minhas duvidas nao li todos os comentarios mais algumas coisas posso afirma. As crianças no fianal estao maior e a menina esta com outra roupa reparem a blusa branca por baixo do vestido. alem do piao ter balançador isso quase me convercer que nao era um sonho o que me deixa na duvida e que quando eles acorda no aviao nao vi aqueles equipamento que eles usavam para sonhar.

  106. raphael lima Says:

    po eu nao paro de pensar nesse filme to até com dor de cabeça!

    devo estar sonhando,, aeheahhueahue

    bom eu acho o mesmo q
    Adriano Bottino Diz:

    Acabei de rever o filme, na cena em que Cob encontra seu sogro, em meio a conversação, o sogro diz: “Volte para a realidade Don”… Cob insiste e o sogro dele faz uma expressão de desapontamento, olhando vagarosamente para baixo. Além dos outros detalhes, para mim está claro, Cob está em um sonho e Mal tenta o tempo todo matá-lo para dar um chute nele e o sogro é quem arquiteta todo o plano. No final, provavelmente ele (sogro) entenda que para Cob não adianta convencê-lo do que é real ou não, apenas o guia e o coloca novamente com seus filhos, talvez para dar-lhe sossego e paz.
    Vi duas vezes direto o filme, mas para mim isto ficou claro.

  107. Nao era um sonho
    pq o pai do cobb nunca estava nos sonhos dele =-]

  108. O que é REAL? Estamos no mundo REAL?

  109. Fabio Augusto Says:

    Bem, esse vai ser um filme que vai ficar batendo na cabeça de muita gente por muito tempo. Eu acompanho o pessoal que acredita que é um sonho, pois como é q o cobb e o saito pularam niveis de (chutes) ou seja sairam do sonho cdo coob e foram direto pro avião, e segundo a roupa das crianças são as mesmas das lembranças a unica diferença é que ele agora ve os rostos delas, pois isso que o peão não parou de girar.

  110. Flavia Tavares Says:

    Gostei muito de tuod o que você escreveu, inclusive a ideia de que ele não acordou em Mombasa, ele não consegue girar o pião q cai no chão.
    E mais uma coisa suspeita. As crianças estão do mesmo jeito sempre. Elas não crescem, penso até q são as mesmas roupas. Quando ele corre pra abraça-las elas estavam na posição que ele sempre as via nas recordações. Fiquei bem aborrecida ao ver aquilo q pra mim definia que ele estava sonhando sim, agora a partir de que momento?
    Depois todos disseram q ele tinha acordado e fiquei na dúvida.
    Acredito que vai ter “A ORIGEM 2″ talvez ele acordando em Mombasa.

  111. Carlos G. Bitarães Says:

    Olá pessoal, chega de dúvidas.

    Assisti o filme pela 4ª vez (todas em bluray e som 100% digital), menciono isso para justificar que não perdi sequer um detalhe, inclusive que ontem (4ª sessão), assisti pausando a cada dúvida e fazendo apontamentos.

    Gostaria de dizer também que não me lembro de um filme que tenha marcado tanto quanto esse nos últimos anos. É simplesmente fantástico! E tem mais, notaram que o filme atende tanto ao público “pipoca” (muita ação), “sensível” (relacionamento entre pai e filho, marido e mulher, amizade e morte), quanto ao “intelectual” (conjunto de informações transmitidas x conclusão da história) o que nos permite assistir nos 3 estados emocionais com conclusões pouco, média ou muito profundas. Escolha!

    Mas aqui vão respostas para a maioria das dúvidas que encontrei aqui no fórum, seguidas da minha conclusão:
    1ª – As crianças crescem?
    Sim, as crianças envelhecem durante a trama por volta de 2 anos, portanto, inclusive, são outros atores mirins; (ps.: acabei de confirmar esta informação nos créditos finais confirmando minha percepção)
    2ª – As roupas são as mesmas?
    Não, as roupas delas não são as mesmas, são apenas parecidas, com o propósito de confundir;
    3ª – Cobb usa aliança na cena do aeroporto?
    Não, ele está sem aliança inclusive até a última cena, para confirmar coloquei em slow motion;
    4ª – O peão cai no final?
    Literalmente ele não cai na mesa até o corte da imagem, porém mostra claramente que está em rotação decrescente e possivelmente cairá logo em seguida, diferentemente das vezes em que o mesmo aparece girando ao infinito. Não ouvi qualquer som de peão caindo no fim dos créditos a despeito do que alguém disse aqui no fórum.

    Momentos e frases cruciais no filme:
    1º – Ele fala com o filho por telefone: “… a mamãe não está mais aqui…” a criança pergunta: “onde?” – a ligação é encerrada – a criança desconhece a ausência da mãe e assume como fato literal a mãe não estar geograficamente onde Cobb está;

    2º – Em conversa com o avô das crianças o avô diz: “… não vou deixar outros seguirem você em sua fantasia… crie você mesmo.” – ao que Cobb responde: “a Mal não deixa” – então o avô baixa a cabeça e diz: “volte à realidade John…”. Após insistência de Cobb, o avô “introduz” Ariadne como sendo “melhor” que Cobb; – o avô (Michael Caine) parece desanimado como se o quadro (neurose) de Cobb não tivesse evoluído e também como se Cobb sempre o procurasse quando estivesse em apuros. Nesse momento, o avô introduz Ariadne e a apresenta como sendo a melhor para o trabalho.

    3º – Em seu primeiro sonho, Ariadne começa suas criações e ao recriar um local conhecido por Cobb, tem seu primeiro encontro com Mal. Note que o subconsciente (pessoas no sonho) atacam não só Ariadne como Cobb, portanto é muito provável que os 2 estejam no sonho de outrem.

    4º – Mal tenta eliminar (ou acordar): Arthur, Ariadne (mais de uma vez), Robert e por fim Cobb.

    5º – Ponto crucial:
    O totem não pertence a Cobb, mas sim à sua esposa Mal. Portanto ele “perdeu o seu propósito”.

    Conclusão:
    Tudo gira em torno de Cobb, a inserção é feita na mente de Cobb com o objetivo de dissuadí-lo da idéia fixa de que foi culpado pela suposta morte da Mal. A mente por trás de tudo é a do avô, que ao perceber o rumo das coisas, introduz sua melhor aprendiz Ariadne. Ariadne viaja fundo à mente de Cobb para encontrar seus segredos guardados num “cofre” representado pelo fosso do elevador cujo andar principal é o “B” onde se encontra o apartamento do casal. Ariadne diz a Cobb que precisa conhecê-lo bem, inclusive seus maiores segredos para poder ajudar de alguma forma na “missão” que seguirão. Cobb aos poucos revela todos os segredos, medos e seu principal desejo: Voltar à sua casa no mundo real. Ele o faz exatamente como solicitou que Saito o fizesse no início do filme em sonho. No transcorrer do filme os fatos o asseguram de que seu objetivo se cumprirá à medida que cumpra a sua parte na missão. Por fim, ele elimina sua mulher do subconsciente deixando claro que sabe que aquela não é a Mal que conhece. Após dizer as palavras de “cura”, a própria Mal trata de “matá-lo” com uma facada que em seguida recebe um tiro de Ariadne finalizando a verdadeira missão.
    A chegada de Cobb ao aeroporto transmite uma sensação de segurança característica de sonhos e então ele passa sem problemas pela imigração. Aqui vai uma pegunta: Como um empresário, por mais poderoso que seja, livra, com apenas uma ligação telefônica, um homem de um crime tão bárbaro? E se esse homem, foi liberado pelo menos na imigração devido à influência do poderoso Saito, não seria um fugitivo em solo americano a partir de agora? Muitos podem dizer que é uma “licença poética” do autor, mas acho simplicita demais para o caso. Por fim, chega em sua casa acompanhado do avô, e finalmente vê os rostos dos seus filhos, seu verdadeiro totem.
    Minha conclusão é de que ele sonha desde o início do filme até depois de sair do aeroporto, minutos antes de ver as crianças.

    É isso aí pessoal.
    Aguardo comentários.

    Carlos G. Bitarães

    • pra mim o filme desde o começo é um sonho do cobb,a missão na verdade é resgatá-lo do seus sonhos, acredito que a mal tenha morrido de outra coisa e ele não superou a morte dela e começou a criar sonhos para reencontrá-la, o problema é que ele cometeu dois erros, o 1º usar lugares reais e o 2º usar as memórias e dessa forma ele ficou preso em seu sonho. como ele era um ótimo extrator ele criou mecanismos de defesa entre eles a propria mal que sempre aparece para arruinar os planos e convênce-lo a ficar , o trem e os atiradores e o própio totem da mal que gira e cair para convence-lo que está na realidade mas ele continua sonhando. a inserçao foi feita no cobb e a ideia foi implantada pelo saito quando ele pergunta por cobb se ele não quer volta para casa e ver seus filhos,apartir desse momento o cobb fica focado nessa ideia e aos poucos ele toma consciência de que precisa voltar.o filme dá algumas dicas de que o cobb é o alvo e que tudo é um sonho. o sogro diz pra ele voltar pra realidade, a ariadne fica o tempo todo incentivando ele a lutar contra a mal, uma parte do filme ela diz que essa era a unica maneira da missão ser bem sucedida,ele encontra com o sogro em paris,mas o sogro cuida dos netos em los angeles, ele não pode está em dois lugares ao mesmo tempo, a história do fisher foi uma maneira de colocar os expert dentro do sonho do cobb sem que ele desconfiasse da tentativa de inserção e o principal durante o filme quando ele acordava de outros sonhos, ele acordava calmo e connsciente e quando ele acorda no avião ele tá perdido e fica olhando como se ele não tivesse noção das coisas e o arthur olha pra ele como se tivesse agradecido por ele ter voltado,o cobb olha pra ariadne como se fosse a primeira vez e ela olha pra ele como se fosse a primeira vez que ela olhava o cobb real e pra quem não notou os filhos dele estãomaiores e com roupas diferentes.

  112. concordo com você
    e sobre o que mal disse as perseguições policiais podem ser por causa do sonho
    e a questão do totem prova isso
    e depois de tanto tempo sonhando pode ser que o totem também seja ilusão ou que ele tenha perdido seu proposito já que ele não era de cobb.
    na verdade qual o totem de ccobb antes da mulher morrer? ele não tinha algum?
    e também o que o avô fala: volte à realidade John…
    pode significar que ele ainda está sonhando.
    a respeito da facil entrada dele no país na verdade o empresário não liberou a entrada dele ele falsificou um documento, pelo que eu entendi,
    e cobb entra com um passaporte falso.
    mas ainda acho que ele está sonhando desde o começo quando ele sai do limbo com a mulher eu acho que a mulher dele voltou a realidade quando se matou e ficou tentando trazer ele também (:

  113. Revelacao da verdadeiro final de A ORIGEM “inception”.
    Vc ja se perguntou se Cobby esta sonhando ou acordado ao final do filme? Posso te garantir que ele esta acordado, que seus filhos sao reais e o totem, seu piao, cai apesar de Coby nao se importar.
    Nao acredita? Se vc acha que vai manchar a imagem e quer acreditar na sua teoria que construiu para o final do filme, nao continue lendo.
    Mas se realmente quer saber a verdade e abrir sua mente para algo maior e entender finalmente a visao do diretor, te convido a entrar nas entrelinhas da obra e intender realmente como a Insercao foi realizada.
    Como o mesmo Cobby diz a ideia a ser implamtada deve ser a mais simples e tenue possivel e quanto mais fundo se for mais provavel de a ideia vingar e de preferencia ser dada por si mesmo.
    Vamos entao a conjectura do Filme.
    Muitos pensan que cobby esta sonhando do comeco ao final do filme. Mas isto nao e verdade. Toda vez que ele gira seu toten e este para de girar, Cobby esta acordado e na realida. Todas as vezes que ele se encontra em um sonho este gira continuamente e ele usa um anel, provavelmente a alianca de seu casamento.
    Estou defindo, portanto que existi o mundo real e o dos sonhos. Contudo, qualquer um dos dois pode ser a realidade definitiva para o sujeito. como o sonho no caso das pessoas na casa De Yusef. Ou realidade como o sogro “Maico Cain”.
    Mas a grande questao esta agora, as duas realidades podem se fundir e formar uma percepcao diferente do mundo real. foi exatamente o que aconteceu com a esposa de Cooby, que apos acordar acreditava ainda estar sonhando e acabou se suicidando para tentar acordar.
    Agora sim a revelacao surprendente do filme “A complexidade de Cobby (Leonardo di Caprio)”.
    Ele ja esteve no Limbo uma Vez, antes do final do filme, com sua exposa (o mais profundo que se consegue ir no mundo dos sonhos). la ele plantou a ideia na mente de Mal, fazendo o piao girar.
    Contudo, na epoca nao imaginou que a ideia se comportaria como um virus e levaria sua esposa a se matar no mundo real, achando ainda que vivia um sonho. O que o fez se culpar desesperadamente.
    Ate aqui todo mundo conhece a historia, mas o que revelarei a seguir e o que realmente importa no filme.
    Com o suicidio da esposa, Cobby criou em se subconsiente a projecao de Mal como ele achava ser a verdade, com ela praticamente o culpando na hora do suicidio, dizendo que escreveu uma carta para o advogado dizendo que ele queria mata-la. lembren-se isto tudo acontece no subconsiente de Cobby.
    Portanto, a culpa que sentia pela morte da mulher, o fez fundir as realidades e tranportar do subconsiente para a realidade, criando para si mesmo a ideia de extradicao dos EUA, mas que nao funcinava em nenhum outro pais. Ou seja, a culpa o fez abandonar os filhos e criar uma realidade que nao existe
    (a extradicao dos estados unidos nao existe, foi criado pelo sub consiente de Cobby, mas ele acredita ser verdade, como no caso de sua exposa que acreditava estar em um sonho ainda).
    Entao a verdadeira insercao deve ser feita em Cobby e nao no Fishiler, que deveria se perdoar e esquecer a Mal para voltar para casa.
    Mas entao como implantar uma ideia no maior extrator, que sabia como se defender e manipular sonhos melhor que ninhem.
    Ai entra o papel de Maico Cain. a ideia deveria ser plantada o mais fundo possivel, tal vez nao tenham notado, mas o final dos sonhos acontece no Limbo. Nao poderia ser o sogro de cobby, pois ele notaria, neste momento entra o papel fundamental de Ariadne que vai ter a missao de plantar a ideia na mente de Cobby.
    Vamos aos fatos.
    O arquiteto inicial precisava ser retirado de cena. Portanto entra em sena Saito, que foi devidamente treinado para que Cobby nao estraisse a informacao de sua mente no comeco do filme, embora possa ser que ela nem mesmo exista. Saito tb tera de ser o responsavel por tirar Cobby do limbo no final do filme, pois ele sera a parte da realidade para que Cobby se lembre que esta em um sonho.
    Com o arquiteto eliminado, entra em cena uma nova arquiteta, Ariadne. o sogro sabia que Cobby nao podia mais projetar os sonhos, e Ariadne foi indicado por ele. Por isso ela esta sempre procurando informacoes nos sonhos e na realidade de Cobby, para que ela possa usar para implantar a ideia.
    Isto explica a aceitacao tao rapida de ariadne para entrar para o grupo.
    Agora como fazer Cobby ir tao fundo em um sonho. Claro sugerindo a ele implantar uma ideia na mente de fishiler, garantindo a anulacao da extradicao dos estados unidos. Portanto, ele estaria tao ocupado e determinado a inserir a informacao e voltar aos EUA, que nao notaria a insercao da ideia em sua mente, fato primordial para que a ideia vingasse.
    Ja a insercao da ideia na mente de fishiler, pouco importa se era verdade o ficcao. O fato e que eles precisariam ir tao fundo quanto Cooby foi (Limbo) para implantar a ideia.
    Portanto, a morte de fishiler no nivel 3 do sonho foi premeditada e notem que quem sugere a eles irem ao Limbo e Ariadne, para ai sim incerir a ideia na mente de Cooby. Que acaba aceitando como sua, tendo de esquecer a projecao que fazia de Mal e se perdoando.
    Saito como dito antes esta no limbo e Cobby o vai buscar e Saito serve como o totem para mostrar a Cobby que eles estao em um sonho. Portanto, eles se matam e acordam no aviao.
    Saito faz a ligacao para nao por em risco a ideia implantada (a ligacao foi feita literalmente para ninguem), mas Cobby acreditara que esta perdoado, passando pela imigracao.
    Portanto eis o final de fato: A verdadeira Insercao foi feita em Cobby que se perdoou. A queda do piao no final nao importa mais para Cobby, como confimado por Nolan as criancas no final estao mais velhas e usando roupas diferentes. Mas o principal mesmo e o sorriso de satisfacao de Cain no final, que indica que tudo sai como planejado.

    Entao, nao tenha mais duvidas o piao cai no final.

    Por Roberto Piovatto

    • mas que bobagem……

    • Victor Marques Says:

      tentando formular minhas proprias ideias, li todos os comentarios acima, até parar no grande review do amigo Roberto

      Roberto Diz:
      12 12UTC janeiro 12UTC 2011 às 7:27 …

      pram im fechou a discussao. sempre pensei q a inserção tivesse ocorrido no proprio cobb. so nao ahvia percebido exatamente como havia ocorrido. o review do roberto, diferentemente do que o amigo beto retruca, nao tem nada de bobagem. é de fato o que acontece.
      vou ver o filme mais uma vez quando chegar em casa so para confirmar a teoria
      abraço a todos

      • Victor Marques Says:

        alem do mais, basta perceber a satisfação da equipe dele com o trabalho bem feito (fazer com que ele voltasse pros filhos)

  114. O negocio do peão, não tem nada haver, por que na verdade, o peão era da Mal, ou seja, ele não funciona mais, então, ele caindo ou não no final, não vai fazer diferença. Tem até uma parte do filme que fala que ninguem pode tocar no totem de outra pessoa, se não ele perde a funcionalidade.

  115. Tiago Sampaio Says:

    Olha, após pensar bem a respeito, concluí que o Cobb NÃO ESTÁ SONHANDO.

    A explicação é simples: se fosse um sonho, a Mal ao se jogar do prédio não morreria, apenas acordava.

    Feito isso, ela entraria no sonho de Cobb novamente, e por exemplo, mataria o mesmo, fazendo-o voltar à realidade, caso não fosse essa a intenção dele.

  116. 1- Gente se eles achavam impossivel chegar até o terceiro sonho, então se cobb estivesse sonhando era pra ele tá no quarto sonho certo.
    2- E se vcs perceberam quando ele ve as crianças é quando ele tá sonhado, quando ele tá na realidade, ou pensa q está, com as outras pessoas ele não ve . E não mostra o rosto das crianças então não dá pra dizer se ela cresceu ou só é uma lembraça e a roupa muda sim.
    3- E no filme não diz que a pessoas não pode ficar com o totem de alguém, o filme meio q diz para não deixar outras pessoas verem , pq se ela sabe como vc projetou pra saber quando tá realidade ou não, ai caso uma pessoas seja arquiteta ela pode colocar aquilo no seu sonho e vc vai pensar q tá na realidade, e como o Cobb disse: só vc sabe o peso do seu totem. Então por isso não é bom mostrar para outras pessoas, mais não tem nada ver q o totem só funciona com a pessoa q o fez

    Então pra mim ele tá na Realidade
    Minha opinião é claro

  117. na minha opinião era exatamente essa duvida que ele queria deixar, combinemos que o diretor é craque, um dos melhores. Então ele deixa o final em aberto, um final reticente, como se estivesse dizendo tirem suas proprias conclusões. Aí fica a critério de cada um dar o final que achar melhor!
    Se fosse um sonho significaria que ele não voltou do primeiro, que ele caiu no limbo, já que a noção de tempo é diferente.

  118. Pode parecer loucura , mas isso me veio a mente , então sei lá rs..

    Então, na verdade o fato do peão cair ou não, não faz diferença no final do filme, pois como já foi dito este objeto era o totem da Mal . Mas e o totem de Cobb ? Pois é, na cena em que ele está com a projeção de sua esposa, e ela chama os dois filhos , Cobb tampa o rosto, não querendo ver a face deles . Eu acredito que Cobb age desse jeito justamente porqe ver o rosto de seus filhos era o seu totem, era a forma qe ele tinha de saber qe estava na realidade, já qe em todos os seus sonhos ele não podia vê-los de frente, pois havia saído do país há anos e pá. Ele até diz que se arrependeu de não ter chamado os filhos antes de ir embora numa determinada parte do filme. Então, ele poe o peão parar girar e fica observando, mas quando ouve o sogro chamando seus filhos , ele foca toda sua atenção neles [ os filhos ] , pois ele sabe qe se ele ver o rosto dos dois, ele não está sonhando .
    – relembrando que não sei se estou certa .

    Anyway, filme intrigante, valeu a pena assistir *-*

  119. brandaofiel Says:

    Bruna eu concordo com vc pois nuna parte do filme ele ainda diz que o unico geito de ver o rosto dos seus filho era voltando pra casa
    E na ultima cena note que a menina crecer e muda de roupa so na ultima cena alem de ver os rosto das crianças.

  120. Luiz Henrique Says:

    Além do que a Bruna Falou acima estar correto, para provar que o final é realizade, note que durante os sonhos ele usa aliança e na realizade não. No final ele está sem. Dá para ver em várias partes.

  121. Não so o filme todo é um sonho, quanto a mulher dele estava certa ao se atirar do prédio. Ao se aturar do prédio a mulher de Coby voltou a realidade ou nivel Zero. Coby continua preso, porém no nível 1. PS: O limbo é o nivel 4, porem onde eles estiveram era na verdade o nivel 5 ao invés do 4 como pensaram que estavam.

  122. Kassia Medeiros Says:

    Caros amigos, eu sinceramente acho que ele estava acordado mas de um modo que não conseguisse sair do sonho. Assim, no início do filme ele quer voltar para casa, mas não pode devido a morte de sua mulher, e ele deixa claro ao pai que quer estar em casa e ver os filhos novamente. No sonho, ele não é capaz de ver o rosto das crianças, mas, no final, ele vai para casa e ver os filhos. Creio que tudo aquilo passou a ser o sonho e a realidade dele. Como se os dois tivessem se juntado por tanto tempo no limbo e até mesmo depois, que passaram a ser um só. O totem balança mais não cai, ele ameaça cair mas sem parar de girar. Ou seja, entendo que aquilo tudo passou a ser a sua realidade, ele não estava ‘sonhando’ mas sim realizando um sonho no tempo real.

  123. Ele não Tavares sonhando! O plano deu certo, só não entendi pq a equipe não comemorou quando eles acordaram, parecia que ngm se conhecia. Algm pensou nisso?

  124. Eu interpretei o fato do peão não ter caído como um sonho sendo realizado tambem. Afinal, o totem não caí quando ele está sonhando, e ali naquele momento o maior sonho dele era poder voltar pra casa. Então na minha opinião naquela cena o totem (peão) não cai por ele estar realizando um sonho dele. Mas balança pra mostrar de forma figurada a realidade. Perceba que só mostra o peão balançando depois que ele vê a face dos filhos…

  125. Na minha opinião pessoal, boa parte do filme não passa de um sonho do Cobb. Mas notem que com 16 minutos de filme o Cobb poe para girar o peão com uma arma na mão. Teoricamente se o peão não parasse de girar, ele se mataria para sair do sonho. Mas com 20 segundos o peão para de girar. Ja na cena final o peão gira por 48 segundos. Se tratando do mesmo personagem que gira (mesma força) concluo que o reencontro com os filhos tenha sido um sonho. Há algumas teorias sobre quando ele começa a sonhar o sonho… Para mim a melhor teoria é quando ele decide testar o sedativo onde tem varias pessoas dormindo num tipo de calabouco. Ali ela acorda assustado, tenta girar o peao no banheiro mas é interrompido pelo Saito. Depois não gira novamente ate o final onde o peão aparentemente não pára. Obvio, é só mais uma teoria….

  126. Se ele está simplesmente sonhando, pq então a Mal não da um chute pra ele acorda?
    Pra mim ele tá na realidade

  127. Bem pessoal. Tenho uma duvida, que me faz pensar que tudo é sonho.
    Se Cobb não podia entrar nos Estados Unidos, como de repente, sem mostrar como, ele aparece na sala de aula do pai…aguem sabe explicar?!!!

  128. O Final nao é um sonho nao, primeiro o piao balaça d+ quando ele giro dentro do cofre contano o que el etinha tinha feito o piao gira sereno e nao balaça, essa da imagem corta e um suspense, por que se foce um sonho o filme inteiro o sub consiente de todos que foram sonhando tentaria atar o sonhador, a aparição dos filhos dele nao é nada d+ ja que a mulher dele tb aparecia, tipo quando ele estava ansinando a ariadne a mulher dele apareceu o sonho ela dela e a mulher dele apareceu certooutra na tinha como ser um sonho o tempo todo pq ele acordo e encontrou o pai dele no aeroporto o pai dele nao estava no sonho coletivo

  129. Erick Costa Fuga Says:

    Oque eu entendi do filme é que, aquele final é de fato o limbo, onde ele está preso com suas lembranças. O peão ameaça parar duas vezes, mas gira muito. Ele não iria parar…

    • Erick Costa Fuga Says:

      Só acrecentando uma coisa que pensei agora… Mesmo com todo o tempo que ele ficou fora os filhos dele não envelheceram nadinha desde sua ultima lembrança. Esse pode ser mais um indicio de que o final realmente é um sonho.

  130. Rodrigo Cunha Says:

    EU pensei, despensei em tudo, mas eu cansado de pensar no final do filme me contentei somente com meu ultimo pensamento.
    Que o pião cai realmente depois do corte final, mas Nolan nao mostra por simbolismo, meio q mostrando q ate q enfim Cobb conseguiu viver seu sonho q era de voltar ao seu pais e ficar com seus filhos.

  131. sonhando ele não tá, pq tem uma parte do filme que ele acaba de voltar de um sonho, e ele tá com uma arma na mão e o totem, ele gira o pião e o pião cai, então se ele estivesse sonhando o totem não teria caido

    então ele tá na realidade sem duvida

  132. OLHA SO, TENHO DUAS DUVIDAS QUE SAO SEM DUVIDAS BACANS

    -MICHAEL CAINE, EO PAI OU SOGRO DE COBB??

    -QUANDO O JAPA, COBB E LADRAO, VAO BUSCAR O QUIMICA, COBB RESOLVE TESTAR O SEDATIVO, QUANDO ACHA QUE VOLTOU ELE TENTA RODAR O PIAO NO BANHEIRO QUANDO VAI LAVAR O ROSTO, MAIS O JAPA ENTRA ELE NAO CONSEGUE , ENTAO O SONHO COMEÇA ALI??

    OU ME AJUDEM, JA ASSISTI O FILME UMAS 6 VEZEZ, NAO PARO DE PENSA, SERA QUE ESTOU NA RELIADADE , OU EM ALGUM LIMBO POR AI….MAIS PERA AI CADE O LEO!!!!!!

    BRINCADEIRINHA…RSRSRS

  133. mto boa a primeira tese!

  134. As roupas dos filhos são sim diferentes no sonho e no final, e eles estão mais velhos tambem, pode -se ver nos créditos que usaram duas crianças para cada personagem.

  135. Acho q o bruno matou a questão, porém acredito q seja pernas soltas para o segundo filme, pois uma coisa q eles não comentam é sobre “putz parece q já estive nesse lugar” ou “caramba parece q isso já aconteceu” acho q esse seria o proximo tema a ser reproduzido no filme, acho q seria um pouco disso viver e parecer q já sonhou com este momento.

  136. Gente eu li num topico que quando alguem toca no seu totem no limbo vc fica la…(notem que Saito envelhecido toca no totem de Cobb)…li tambem que vaum fazer o game baseado no filme…outro final q acho q seja provavel é que Cobb anda esteja sonhado desde a cena que ele vai la no QUIMICO

  137. UUI MEDO, desses comentários, do filmee, do Nolan.. eita, baaaaaaaita gente inteligente!

  138. pessoal se aquilo for um sonho ele estaria no quinto nivel…
    depois do limbo…
    e mais uma coisa…
    durante todo o filme que ele ultiliza o totem e quando é sonho o totem n pende ele gira constantemente…
    na ultima cena ele pende o q indica que é um sonho

  139. Minha pergunta é para o Lucas.

    Você não acha que a chave de tudo seja Saito, pq era ele quem tava preço no limpo, naquela cena do começo do filme em que Cobb acorda em frente a Saito velho, Cobb começa a lembrar como ele chegou até ai, é aonde acontece toda a trama do filme…
    Ou seja, quem planejou tudo foi Saito para poder sir do limbo…

    Obs: já vi o Filme duas vezes e o totem não caia na ultima cena!

    • Lucas Nascimento Says:

      Patricia,

      muito interessante, mas acho que nem o Saito sabia q estava preso no limbo. O Cobb havia dito que o limbo tornaria-se sua realidade, então na verdade foi o Cobb que o lembrou como chegou até lá.

  140. Obrigada pela resposta!!!!

    Abraços!!!

  141. bom,eu acho q o final é real,e o coob só foi resgatar o saito porq ele precisava q saito cumprisse sua promessa!
    e alem do mais,o tempo no sonho corre muito mais rapido!
    e com relação a idéia q coob plantou na mente de mal,éla ficou achando q aquilo q ela estava vendo não era real,sendo q aquilo era real,e isso fez com q ela entrasse em paranóia e tentasse acordar de um sonho q nunca existiu,bom,eu entendi muitas outras coisas,mas o mais importante é isso!

    e tambem,não teria sentido ser um sonho,porq saito pediu pra coob plantar uma idéia na mente de fisher,e si isso tudo for um sonho,não adiantou de nada esse plano todo,pois o unico objetivo de saito era fazer fisher dividir o império de seu pai,não tem como eles terem tido todo esse trabalho pra depois o saito,ficar na mesma,entende?

    e tambem,esse sonhos foram bem profundos porq como coob disse no filme,para fazer uma inserção,precisa plantar essa idéia bem profundamente!

  142. Cobb sofria de esquizofrenia.

  143. O que acham da minha teoria?

    O diretor não deixou o final para interpretações pessoais, pois dá provas suficientes e concretas sobre o que realmente aconteceu.
    Cobb não estava mais sonhando, e podemos perceber isso por vários motivos.

    *Aliança: Ele usa nos sonhos com a Mal, mas na úlima cena está sem

    *Filhos: O fato de usar atores diferentes para as crianças mostra a visão de Cobb na última cena era real. Nos sonhos Cobb nunca conseguia ver os rostos das crianças, e ele mesmo diz isso a Ariadne, ele diz que não importa o que fizesse jamais conseguiria mudar isso. Como ele poderia ter visto o rosto das crianças se ainda estivesse sonhando?

    *Saito: Antes de pegarem o voo Saito diz que quando o serviço estivesse terminado faria uma ligação e eles passariam pela imigração. Quando Cobb e Saito acordam, Saito cumpre o que prometeu. Não importa quanto tempo Saito ficou preso no Limbo, ainda se lembrava se seu acordo com Cobb.

    *Totem: Na última cena o pião balança demais, da a real impressão de que está perdendo força. Isto pode ser comparado a quando Saito roda o pião no Limbo. Comparem as duas cenas e notem a diferença.

    Todas as teorias de que Cobb estava sonhando podem ser facilmente rebatidas por evidencias concretas, o que me levou a crer que o diretor quis sim dar um final definitivo ao filme, mas quis “Camuflar” para que usemos um pouco o nosso cérebro.

    Para aqueles que acreditam que eu estou errado e que Cobb estava mesmo sonhando, estou esperando teorias e ideias criativas e inovadoras, nada de “as crianças estavam idênticas” – se o diretor usou atores diferentes é evidente que quis mostrar isso ao público…ou então que Cobb estava sonhaqndo o tempo todo, pois vemos 2 totens em ação e ainda tem o do Arthur que ele poderia descobrir caso estivesse em um sonho.

    Grato

    • Lucas Nascimento Says:

      Bons argumentos.

    • Marcelo Leite Says:

      Sim tambem prefiro entender assim, mas ainda há de se considerar que nessa ultima cena as crianças estavam na mesma posição que ele recordava.. ele ja havia resolvido a situação com a projeção da sua esposa e portanto ela não mais participava dessa “realidade” e poderia ter sido substituida pela do pai… o fato de verem os rostos das crianças, em algum momento do filme da ideia de tempo?! pq as crianças estavam com a mesma idade que ele recordava…
      como foi essa volta do saito e do cobb daquele limbo?… isso é um corte, ja começa no meio bem como os sonhos…
      Sera que quando começa e termina o filme naquele ‘limbo’ não teria uma ligação com a idéia do cobb querer resolver uma situação que falhou em sua vida? quis ele acreditar que com uma ligação o problema seria resolvido.. da mesma maneira que o saito teve que acreditar que se matando ele voltaria a realidade?! agora.. saito atirou em cobb e depois atirou em si? ta mal explicado rs..
      não era necessario voltar as camadas de sonhos até acordar?! ele diz que se morressem ficariam no limbo até o “cerebro fritar”.. enfim..
      o cobb mesmo nao ligou pra saber se era realidade ou nao pq rodou o piao e quando viu o rosto dos filhos quis acreditar sem mesmo ligar para o totem..
      prefiro acreditar que a situação foi resolvida e estavam na realidade, mas o diretor podia ter dado um norte mais definido pq a duvida das realidades o filme por si ja fez a inseption rss….

  144. Não estava sonhando no final, pois Saito cumpriu o que prometeu: fazer a ligação. Além do mais eles fizeram tudo como planejado nas etapas dos sonhos que era fazer Fischer criar a ideia de não prosseguir com os negocios do pai.

  145. evandro souza Says:

    é facil…resolver isso!
    ele naum podia ver o rosto dos fillhos quando era um sonho…
    mais no final ele consegui ver…pra mim isso explica tudo e o pião no sonho parecy nem cy mecher ja no final ele bambeia…abraço pra todos

  146. Acho a 1ª opção a mais provável, a 2ª não é possivel pois tem uma parte em que ele está com a Ariadne depois de se encontrar com o Yusuf (químico), ele gira o pião e ele cai, portanto ele não poderia estar em um sonho. Portanto a 1ª opção é provavelmente a solução de um dos melhores filmes que eu ja vi!

    OTIMO POST PARABÉNS!

  147. Reparem que desde o ínicio Cobb tenta deixar o totem em constante movimento mas nao consegue, o totem sempre cai, isso elimina a tese de que ele desde o inicio esteja sonhando. Outra questão é o fato dele ter saído do 4ª estagio do sonho para a Realidade com tanta rapidez e sem o chute sincronizado pois os outros ja estão fora do sonho. O Diretor fez esse final mto bem feito, cada um tem sua opinião e deixa mais intrigante tu olhar o filme, tentar perceber o que acontece durante o filme, detalhes. etc.

  148. tem ótimos comentários… ele está de volta à realidade. se vocês virem a parte em que o japa explica a ariadne sobre o totem, ele diz que no sonho nunca cai ou vacila, portanto, no final o totem vacila, denunciando que estão na realidade.

  149. Luciano Santana Says:

    Bem não tive como ler todos os comentários, porém acho que tenho uma teoria talvez nao levantada aqui ainda!

    Saito diz no filme que se ele (Cobb) cumprisse sua missão ele daria um telefonema e ele poderia alcançar seu objetivo: voltar para casa e ver as crianças. Porém, antes de acordarem no avião, Saito estava preso no limbo por causa da morte no primeiro nivel, e Cobb no limbo para resgatá-lo. Depois de conversar na mesa com Saito já velho, não aparece como eles tem o chute e saem do primeiro nivel para dentro do avião, tanto que Cobb acorda espantado não sabendo como aconteceu o chute para ele acordar, olhando estranhamente para todo mundo ao redor.
    Acredito que dentro do limbo, Saito fez a inserção de um sonho na mente de Cobb, e dentro do sonho ele acorda dentro do avião e Saito faz a ligaçao, manipulando todo o sonho de Cobb daí em diante.

    Conclusão: Pra mim o final do filme é sonho inserido por Saito na metne de Cobb para sair do limbo e cumprir sua promessa de dár-lhe a recompensa de voltar pra casa e ver seus filhos.

    Alguem concorda ou acha que estou sonhando??? hehhe

    • Camila Barbosa Reis Says:

      Eles acordam no avião por que o tempo do sedativo (que durava 10 horas, o tempo do Voo para LA) acabou. E o Saito não morreu no nível 1, ele morreu no nível 3, no sonho da neve; o Cobb é quem morreu no nível 1, quando a van cai na água, pois ele estav vivo no nível 4, apesar da Mal ter dado uma facada nele, e ele acorda no limbo na água.

  150. Pra mim, o totem passou a ser as crianças e não o peão.

    Primeiro, o peão era originalmente da Mal, ele passou a usar a partir de sua morte para manter viva a lembrança dela.

    Não ver o rosto das crianças o fez ter força para ter um ponto de final.

    A realidade de Cobb deveria ser a de poder reencontrar as crianças. E na realidade, ele não poderia fazer isso até que não fosse mais procurado.

    Cumpriu o acordo, Saito honrou sua parte e ele pode usar seu verdadeiro Totem para ver que não estava sonhando.

    Tenho sonhos esquisitos por causa desse filme.

    Mas ele é o máximo.

  151. Anderson Cavalcante Says:

    1. Na vida real ele está sem aliança
    2. Quando ele entra em um sonho ela está com aliança
    3. Ele implanta uma idéia na cabeça da Mal (sua esposa) quando estão no limbo para ela se matar para eles voltarem, pois ela quis viver lá (parte que mostra isso é quando ela guarda o totem)
    4. No final o totem balança o que diz que é real e ele está sem aliança

  152. meu irmao para min o avo bota no sonho o arthur e a areader, que são na realidade os filhos dele para tirar o pai do sonho

  153. marcos.tonisouza@hotmail.com Says:

    …baseando pelo inicio do filme vc pode ver que tudo é um sonho de SAITO, qdo Cobb é encontrado na praia é levado para diante de SAITO já velho, nisto ele começa a contar a história de um homem que ele havia conhecido a muito tempo e que tinha um TOTEN como aquele… daí começa o filme.Como é dito no filme, a pessoa que cai no limbo pode ficar por muito tempo lá, e Cobb queria ver seus filhos, como ele ficou com MAL, após o “chute”, imagino que o tempo que ele ficou lá, foi procurar por SAITO, Que somente morrendo ficaria a viver no sonho de MAL…VCS PERCEBERAM QUE OS FILHOS DELES NUNCA ENVELHECIAM!!!! E QUE ERA SEMPRE A ULTIMA IMAGEM DELES NA MENTE DELE!!!!Já é uma dica de que tudo era um sonho, que parava NOS FILHOS E NÃO CONTINUAVA mesmo que passava por outros fatos.Ou ele preferiu viver a vida em sonho induzido permanente como foi numa cena do filme…o avô tbm não sofria ação do tempo…já SAITO envelheceu no limbo..só a morte para dar um fim na vida “DELES”, DESTA FORMA COBB VOLTOU PARA OS FILHOS!!!Viver o sonho de MAL!!!

  154. marcos.tonisouza@hotmail.com Says:

    Bom…
    COMENTEI MAS DEPOIS VI A RESPOSTA LOGO ACIMA…
    Que puxa!!!

  155. Não sei se vocês repararam, mas no filme fala que o pião na verdade é o totem da MAL ! Ou seja… O pião girar ou não, não explica se é um sonho ou não

  156. ouiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

  157. TUDO É UM SONHO, PQUE QUANDO ELE VAI ATÉ O PAI PROCURAR OUTRO ARQUITETO NA ESCOLA, AGENTE PENSA QUE É REALIDADE, O PAI ESTA COM A MESMA ROUPA NO AEROPORTO ESPERANDO POR ELE E NO FINAL DO FILME TAMBEM E OUTRO O “TOTEM” NÃO FUNCIONA COM ELE E COM MAIS NINGUEM, SOMENTE COM A ESPOSA DELE.

  158. Pois, é… além do pai estar com a mesma roupa, as crianças tb! Tá na cara por causa desse detalhe….

  159. Gostaria de saber onde está o YUSUF quando, no final, ele acorda no avião.

    • Lucas Nascimento Says:

      Só lembro de ter visto ele no aeroporto, cumprimentando o Cobb.

      Abrax

      • Gabriel Darruiz Says:

        pelo que observei no site da IMB,ele ,no fim das contas ,estava no mundo real pois com a atualização feita no site apareçe phillipa com 3 anos e depois com 5, ou seja os exatos 2 anos em que ele esteve fora fugindo…o peão no final foi apenas para causar esse transtorno….milheres de comentarios sobre seu filme , aumentando a divulgação…UMA JOGADA DE MESTRE!!!

  160. o totem dele é a aliança
    ele rodava o peão para ver se estava no sonho dela

  161. A melhor teoria foi dada por Roberto na minha opinião:

    Roberto Diz:
    12 12UTC janeiro 12UTC 2011 às 7:27

    Revelacao da verdadeiro final de A ORIGEM “inception”.
    Vc ja se perguntou se Cobby esta sonhando ou acordado ao final do filme? Posso te garantir que ele esta acordado, que seus filhos sao reais e o totem, seu piao, cai apesar de Coby nao se importar.
    Nao acredita? Se vc acha que vai manchar a imagem e quer acreditar na sua teoria que construiu para o final do filme, nao continue lendo.
    Mas se realmente quer saber a verdade e abrir sua mente para algo maior e entender finalmente a visao do diretor, te convido a entrar nas entrelinhas da obra e intender realmente como a Insercao foi realizada.
    Como o mesmo Cobby diz a ideia a ser implamtada deve ser a mais simples e tenue possivel e quanto mais fundo se for mais provavel de a ideia vingar e de preferencia ser dada por si mesmo.
    Vamos entao a conjectura do Filme.
    Muitos pensan que cobby esta sonhando do comeco ao final do filme. Mas isto nao e verdade. Toda vez que ele gira seu toten e este para de girar, Cobby esta acordado e na realida. Todas as vezes que ele se encontra em um sonho este gira continuamente e ele usa um anel, provavelmente a alianca de seu casamento.
    Estou defindo, portanto que existi o mundo real e o dos sonhos. Contudo, qualquer um dos dois pode ser a realidade definitiva para o sujeito. como o sonho no caso das pessoas na casa De Yusef. Ou realidade como o sogro “Maico Cain”.
    Mas a grande questao esta agora, as duas realidades podem se fundir e formar uma percepcao diferente do mundo real. foi exatamente o que aconteceu com a esposa de Cooby, que apos acordar acreditava ainda estar sonhando e acabou se suicidando para tentar acordar.
    Agora sim a revelacao surprendente do filme “A complexidade de Cobby (Leonardo di Caprio)”.
    Ele ja esteve no Limbo uma Vez, antes do final do filme, com sua exposa (o mais profundo que se consegue ir no mundo dos sonhos). la ele plantou a ideia na mente de Mal, fazendo o piao girar.
    Contudo, na epoca nao imaginou que a ideia se comportaria como um virus e levaria sua esposa a se matar no mundo real, achando ainda que vivia um sonho. O que o fez se culpar desesperadamente.
    Ate aqui todo mundo conhece a historia, mas o que revelarei a seguir e o que realmente importa no filme.
    Com o suicidio da esposa, Cobby criou em se subconsiente a projecao de Mal como ele achava ser a verdade, com ela praticamente o culpando na hora do suicidio, dizendo que escreveu uma carta para o advogado dizendo que ele queria mata-la. lembren-se isto tudo acontece no subconsiente de Cobby.
    Portanto, a culpa que sentia pela morte da mulher, o fez fundir as realidades e tranportar do subconsiente para a realidade, criando para si mesmo a ideia de extradicao dos EUA, mas que nao funcinava em nenhum outro pais. Ou seja, a culpa o fez abandonar os filhos e criar uma realidade que nao existe
    (a extradicao dos estados unidos nao existe, foi criado pelo sub consiente de Cobby, mas ele acredita ser verdade, como no caso de sua exposa que acreditava estar em um sonho ainda).
    Entao a verdadeira insercao deve ser feita em Cobby e nao no Fishiler, que deveria se perdoar e esquecer a Mal para voltar para casa.
    Mas entao como implantar uma ideia no maior extrator, que sabia como se defender e manipular sonhos melhor que ninhem.
    Ai entra o papel de Maico Cain. a ideia deveria ser plantada o mais fundo possivel, tal vez nao tenham notado, mas o final dos sonhos acontece no Limbo. Nao poderia ser o sogro de cobby, pois ele notaria, neste momento entra o papel fundamental de Ariadne que vai ter a missao de plantar a ideia na mente de Cobby.
    Vamos aos fatos.
    O arquiteto inicial precisava ser retirado de cena. Portanto entra em sena Saito, que foi devidamente treinado para que Cobby nao estraisse a informacao de sua mente no comeco do filme, embora possa ser que ela nem mesmo exista. Saito tb tera de ser o responsavel por tirar Cobby do limbo no final do filme, pois ele sera a parte da realidade para que Cobby se lembre que esta em um sonho.
    Com o arquiteto eliminado, entra em cena uma nova arquiteta, Ariadne. o sogro sabia que Cobby nao podia mais projetar os sonhos, e Ariadne foi indicado por ele. Por isso ela esta sempre procurando informacoes nos sonhos e na realidade de Cobby, para que ela possa usar para implantar a ideia.
    Isto explica a aceitacao tao rapida de ariadne para entrar para o grupo.
    Agora como fazer Cobby ir tao fundo em um sonho. Claro sugerindo a ele implantar uma ideia na mente de fishiler, garantindo a anulacao da extradicao dos estados unidos. Portanto, ele estaria tao ocupado e determinado a inserir a informacao e voltar aos EUA, que nao notaria a insercao da ideia em sua mente, fato primordial para que a ideia vingasse.
    Ja a insercao da ideia na mente de fishiler, pouco importa se era verdade o ficcao. O fato e que eles precisariam ir tao fundo quanto Cooby foi (Limbo) para implantar a ideia.
    Portanto, a morte de fishiler no nivel 3 do sonho foi premeditada e notem que quem sugere a eles irem ao Limbo e Ariadne, para ai sim incerir a ideia na mente de Cooby. Que acaba aceitando como sua, tendo de esquecer a projecao que fazia de Mal e se perdoando.
    Saito como dito antes esta no limbo e Cobby o vai buscar e Saito serve como o totem para mostrar a Cobby que eles estao em um sonho. Portanto, eles se matam e acordam no aviao.
    Saito faz a ligacao para nao por em risco a ideia implantada (a ligacao foi feita literalmente para ninguem), mas Cobby acreditara que esta perdoado, passando pela imigracao.
    Portanto eis o final de fato: A verdadeira Insercao foi feita em Cobby que se perdoou. A queda do piao no final nao importa mais para Cobby, como confimado por Nolan as criancas no final estao mais velhas e usando roupas diferentes. Mas o principal mesmo e o sorriso de satisfacao de Cain no final, que indica que tudo sai como planejado.

    Entao, nao tenha mais duvidas o piao cai no final.

    Por Roberto Piovatto

  162. De qualquer forma Saito era real e MUITO PODEROSO, pq ele se daria o trabalho para poder inserir uma ideia em uma pessoa que ele não apresentava ter tido nenhum tipo de ligação?? De qualquer forma o final não foi só um sonho, simplesmente pq todos vimos ele buscar Saito( ja velho) no limbo e pq nos sonhos ele nunca conseguia ver o rosto de seus filhos e no final ele os vê.

  163. O fato de ele ver os filhos no fim com a mesma roupa que durante o filme inteiro é menor que o fato de o peão estar de fato perdendo força nos segundos finais…apesar de, na minha opinião, a cena final sugerir que ele “se fudeu” e está no limbo…o lance do peão realmente é a pá de cal que ele conseguiu se dar bem no fim de tudo…será?? hehehe de qualquer forma baita filme e com um fim de altíssimo nível!

  164. acho q no final ele fico preso no seu propio sonho ou realidade o limbo

  165. O totem caiu porque ele balança no final, e no filme mostra uma parte do totem não caindo e sempre rodando forte, e reparem que no final tem o som do totem caindo!

  166. Sensacional esse post…
    O melhor post sobre o final de “Inception”.
    Destaque para a observação da Aliança do Cooper! ^^ :-)

  167. Muito boum!
    “Inception” é uma excelente produção…
    E esse post é muuuutio bem feito! ;-)
    O fim é realmente – e propositadamente – intrigante!…
    Hehehe… :-)

  168. Ficou claro Cooby e Saito sairam do limbo no final do filme e não perderam a consciencia de nada. Isso significa que voltaram à realidade…e na verdade o diretor do filme deixou tudo discutível para garantir a BILHETERÍA do “A origem 2″… ou seja, ele implantou em nós a idéia de que este final tem que ter uma resposta oficial…e será no inicio do proximo filme…

    • Lucio Andre Says:

      Gostei da idéia!!!

    • Cara nao vimos o mesmo filme… E te adianto que nao existe a origem dois porque o filme nao foi feito para ser entendido por todos, foi feito para ser discutido. Cobb e saito nao perdem a consciencia de fato ja que nao faria sentido pois desde o aviao eles estavam em um sonho de cobb arquitetado por miles e executafo por yusuf, ariadne e possivelmente saito que introduzem em cobb a ideia de que ele nao teve culpa pela morte de mal e que quando ele gira o piao no fim do filme o piao apenas representa a lembrança q ele tem de mal e nao esperar o piao cair é a forma de mostrar que cobb superou aquilo e que viver sua vida era o que importava sonhando ou nao.

    • Joaoa vitor Says:

      Cara nao vimos o mesmo filme… E te adianto que nao existe a origem dois porque o filme nao foi feito para ser entendido por todos, foi feito para ser discutido. Cobb e saito nao perdem a consciencia de fato ja que nao faria sentido pois desde o aviao eles estavam em um sonho de cobb arquitetado por miles e executafo por yusuf, ariadne e possivelmente saito que introduzem em cobb a ideia de que ele nao teve culpa pela morte de mal e que quando ele gira o piao no fim do filme o piao apenas representa a lembrança q ele tem de mal e nao esperar o piao cair é a forma de mostrar que cobb superou aquilo e que viver sua vida era o que importava sonhando ou nao.

  169. Lucio Andre Says:

    Eu assisti o filme ontem, muito bom mesmo e fiquei pensando, será que o mundo em que vivemos é real?
    hehe..Viagem

  170. Obrigado André!
    Em todo o decorrer do filme, Cobb está COM ALIANÇA NOS SONHOS e SEM ALIANÇA NA REALIDADE.
    Portanto, na cena final, ele está na realidade porque está SEM ALIANÇA (se ve isso no momento em que ele dá o passaporte na imigração).

  171. Se ainda existe alguma dúvida que o peão caí no final, façam o seguinte… Revejam o filme e esperem até os créditos rolarem. Ao ver a relação dos atores vocês verão isto:

    Phillipa (3 years) CLAIRE GEARE
    James (20 months) MAGNUS NOLAN
    Phillipa (5 years) TAYLOR GEARE
    James (3 years) JOHNATHAN GEARE

    Taí a resposta povo. Se realmente fosse um sonho o final, as crianças não teriam envelhecido! :)

  172. TODOS PENSAM EM COBB! MAS NINGUEM REPARA QUE APOS ANOS FUGINDO!!! JAMES E PHILLIPA NUNCA ENVELHECEM!!! NO FINAL DO FILME ELES APARENTAM A MSM IDADE DE QUANDO ELE TEVE QUE ABANDONAR ELES!!!POIS ERA A UNICA MEMORIA Q RESTOU DELES PARA COBB!

  173. o fim é real, porque os filhos do cobb sao feitos por 4 crianças, 2 crianças fazem a menina e 2 fazem o menino, entao quer dizer que ao longo do tempo as crianças cresceram, entao nao era sonho.

  174. Não era sonho.

    1. Detalhes básicos (não estar com aliança, crianças diferentes, etc)

    2. Cobb enfrenta seus prórpios temores, e se perdoa. O que o deixa pronto para não cair nas armadilhas do seu proprio subconsciente.

    3. IMPOSSIVEL que estivesse no Limbo desde o começo. PORQUE ao contar que implantou a ideia na sua esposa ele NOS MOSTRA QUE ESTAVA VELHO (Mal e ele envelheceram juntos durante o tempo que ficaram lá)

    4. O final do filme foi a grande sacada. O diretor resolve INTERAGIR COM O PÚBLICO e MOSTRAR QUE PODE TENTAR NOS IMPLANTAR UMA IDEIA, INCLUSIVE EM QUEM ESTÁ ASSISTINDO.
    – O fato do filme terminar com a imagem do peão rodando só remete a tudo que foi mostrado em cena. Que é possível sim implantar uma ideia a partlr de de uma sugestão impecável para que a pessoa compre acreditando que chegou nela sozinho.

    • Brilhante. Um dos filmes mais inteligentes da atualidade.

  175. Ele estava no limbo profundo. Tudo realmente aconteceu. o Leonardo di caprio morreu e ficou no subconciente de seu cerebro. ja os outros continuaram com suas vidas!

  176. Assisti o filme só hoje, acredita, para mim ficou claro que ele estava no mundo real quando acaba o filme, oelo fato do pião balançar, já que ele disse que no sonho ele ficava rodando na mesma velocidade e no mesmo ponto.
    Valeu, ótimo filme.

  177. O pião n é o totem de Cobb, mas sim de Mal, alguns afirmam q o totem de Cobb seria sua aliança, já q no sonho ele á usa e na realidade ela é inexistente, porem n consegui ver se Cobb estava usando aliança na parte final do filme quando ele reencontra seus filhos.

  178. Eu acho q cai,
    a imagem q ele via dos filhos dele nos sonhos é uma memoria, por causa disso ele nunca podia ver os rostos do filhos dele,
    mas se no final ele ve, acho q o pião cai

  179. Só explicando melhor, ele via os filhos dele mas nunca via os rostos deles pq era uma memoria dele, e pela memoria dele ele nunca viu os filhos dele
    se no final ele ve, nao se trata de uma memoria, entao nao se trata de um sonho,
    eu acho q o peao cai

  180. prestem atenção na roupa dos filhos!! é sempre a mesma inclusive no final… é fato.. o peão não cai.. e é um sonho..

    Ele sempre desvia de olhar o rosto das crianças porque sabe que vai se envolver.. e é isso que acontece no fim…..

    Ele se envolve em seu sonho…

  181. Eu cho que esse filme tem continuação,devido o final ter sido intrigante. Esse é o objetivo do Christopher Nolan.

  182. lucas porto Says:

    No final do filme ele está sonhando sim, pois quanto Cobb ver os filhos no fim , james, diz: Papai, Papai, olha só o que eu construí, uma casa no penhasco. …. Mas se vcs repararem na na parte de fora da casa logo que Cobb roda o totem e ver seus filhos através da porta , vocês irão perceber que existe um casa no penhasco, em cima do penhasco, Será que james mentiu, ou ele tava falando a verdade, como ele inventaria essa mentira logo no fim do filme, portanto ele tava sonhando sim.

  183. Bom, pelos argumentos: Toda vez que ele está no sonho usa aliança, certo? E fora do sonho não. No aeroporto no fim do filme, num relance que ele entrega o passaporte, dá pra notar que ele está SEM aliança, portanto, acordado.

  184. cara, na real as duas hipóteses são possíveis, li a maioria dos argumentos de vocês mas acho que só tiraremos as dúvidas perguntando ao Christopher Nolan. hehehhe

  185. Olha… Não li todos os comentários. Li as suas teorias Lucas. Em minha opinião: não é sonho.
    Em todos, como já disseram, ele usa aliança. No final, não.
    Em todas as cenas que as crianças aparecem, não é possível ver o rosto delas. No final, sim.
    O peão sai do seu perfeito giro. Em uma cena em que ele descobre que Mal escondeu o peão no cofre e o gira, e em outras cenas, ele gira perfeitamente, sem nenhum balançar se quer.
    E a última que para mim é a melhor: ele se surpreende. Ele olha para as coisas como se não acreditasse. Se ele estivesse sonhando, como fez algumas vezes durante o filme, não teria, somente no final, o olhar que teve.

    Mas… Como todo mundo já leu/escreveu/disse/ouviu… Quem pode provar que o filme todo não se passa em um sonho?

    Eu acredito, pelo simples fato dele não usar aliança quando: entrega o passaporte e quando pega sua bagagem.

    Lucas, excelente post. Olha, tão surpreendente e intrigante este filme.

    Curiosidade: cheguei aqui digitando no Google “o peão cai – A Origem”.

  186. Mas assim como o próprio lucasfilmes comentou do anel..reparem que quando ele entrega o passaporte ele está sem o anel, ou seja, o final é real!

  187. Camila Barbosa Reis Says:

    Bem, eu vi o filme 7 vezes seguidas (fora outras de tempos em tempos), acredito que o totem ia cair, pois balançava demais. Mas tenho uma pergunta, que não percebi se alguém já reparou. Alguém viu que a empresa que o contratou, onde o filme começa é chamada de Cobol Engenners, isso seria uma simples coinscidência com o nome do parsonagem do Leo Di Capro (Cobb) ?? Me respondam, pois isso vem me consumindo, por favor.

  188. Estamos em 2012 e ainda falando desse clássico!que demais!Olha,ele esta sonhando mesmo!não tenho duvidas….o totem não cai,o Fischer não reconhece ele,as crianças não crescem…

  189. Sou fascinada por esse filme, não sei se o responsavel por esses post ainda responde as mensagens, mais gostaria de deixar minha opinião depois de ter lido varios dos comentarios a cima.

    Teve uma pessoa que questionou o pq depois que a Ariadne atira na Mal e cai para voltar do limbo ele acorda na beira da praia
    -Eu acredito que houve um 4º nivel, onde quando a Ariadne acorda e o Coob ai sim vai para o limbo devido a facada q recebeu da Mal.

    Outro fato que pelo menos nos comentarios que eu li não observei ninguem questionar e a veracidade do totem do Coob.
    Pois se o Arthur diz que se alguém pegar no totem de alguém, ele perde seu proposito, então no limbo quando Saito testa o pião, quando Coob o gira na sua casa não interfere se ele vai ou não cair.
    E vou mais longe, pra mim ele nunca foi valido para o Coob, uma vez que ele era da Mal, e quando ele pegou pra si, fez com que ele perdesse seu proposito também.

    Mais por fim tirei varias duvidas que tinha nesse post, e agradeço por isso….

    bjus

  190. Sinceramente não sei. O totem desequilibra no final, mas não chega a cair pois o filme corta este detalhe, nos deixando no abismo, como já foi dito logo acima.
    Durante a trama Cobb não vê o rosto dos filhos, e no termino ele finalmente os abraça. Vale ressaltar que Dom não aceitava ver o rosto dos filhos no sonho por não ser realidade, caso fosse ele teria feito; o que me faz pensar que se no fim Cobb estiver sonhando, mesmo sem perceber, ele iria ver o rosto dos filhos pois é o que ele mais deseja. Então não é muito confiável analisar a partir dos filhos.
    Outro ponto é o pai que vai recepciona-lo no aeroporto, muitos dizem que não tinha como o cara saber, mas vamos lembrar que o Leo vai procura-lo para falar sobre seu ultimo trabalho que pode leva-lo para casa novamente.
    O que me deixou intrigada foi o LIMBO, o filme começa nele, portanto é a grande chave para explicar tudo que aconteceu! Naquele momento nem ele sabia o que estava fazendo lá, não tinha musica, não tinha nada … E a meu ver ao sair do limbo ele volta a realidade, caso contrário voltaria a um estagio anterior do sonho ( aquele momento em que ele estava conversando com a esposa, ou até mesmo qdo todos estavam na neve)
    Bom já assisti algumas vezes o filme e continuo na duvida, prefiro crer que ele volta para os filhos.^^

    Adorei o post, deu até vontade de assistir novamente rs

  191. NAO ESTAVA DORMINDO POR QUE ELE VIU JAMES E PHILIPA DE FRENTE COISA Q NAO ACONTECE NOS SONHOS

  192. Lucas Nascimento Says:

    ATENÇÃO, LEIA

    Pessoal, com já quase 300 comentários sobre o final de A ORIGEM (e teorias excelentes), proponho uma nova discussão sobre o filmem, que é – aparentemente – mais simples:

    Cobb e Mal dormiram por 50 anos em tempo de sonho durante sua estadia no LIMBO. Se 1 hora de sonho equivale a 5 minutos no mundo real, então por quanto tempo o casal dormiu para que alcança-se 50 anos de sonho?

    • Acho que 50 anos em sonho equivalem a 20 horas dormindo aproximadamente. O saito vira um idoso em algumas horas de voo que ficou no limbo.

  193. Eu acho que no final ele não estava sonhando pois o pião balança ,ele consegue ver os filhos e não vemos a aliança de Cobb mas se for um sonho acho que a primeira hipótese é a mais aceitável.

  194. Antônio do Nascimento Says:

    O Final de A Origem: Cobb Volta à realidade. Não era um sonho, não estava mais no Limbo. Lembrem-se que no sonho ele não podia ver o rosto dos filhos, pois foi a última coisa que fez quando saiu de casa, ou seja, assim que recebeu o envelope, quando ele olhou novamente para ver as crianças, ele não as vê mais, e sempre acontece a mesma coisa quando elas aparecem, ele não vê o rosto delas. Somente quando no limbo, quando fica subentendido que Cobb e Saito atiram um no outro, ambos acordam, conseguem então voltar ao mundo real, assim como os outros. O fato de ter alguém esperando por ele no aeroporto não quer dizer que ainda seja sonho, pois até ele chegar lá, poderia muito bem ter ligado para a pessoa ir buscá-lo. Ao chegar em casa, consegue então ver o rosto das crianças, isso já explica claramente que não era sonho, que era real, e detalhe, se fosse sonho, segundo o filme, o pião ficaria girando constantemente sem ficar cambaleando, e percebemos que ele fica perdendo a força, dando a entender que irá cair, Portanto Cobb, cumpriu sua missão,e essa era a única maneira, segundo ele, de voltar para casa. O Filme realmente começa com um sonho, (final do filme), e assim continua nas primeiras cenas, até quando acordam e saito os contratam para a operação. Fiquem esperto, se tudo fosse um sonho desde o início, todos estavam além do limbo, pois o máximo onde se poderia chegar era até o quinto,e se contássemos todos, dariam quase 10 níveis, pois vemos eles saindo e entrando, em um sonho, um atrás do outro.

  195. Acabei de assistir ao filme e fiquei tão intrigada que não resisti e vim procurar algo sobre o final.
    Li alguns posts que me atentaram pra alguns detalhes que nem tinha notado, mas o que eu pensei é que não era um sonho pois todos tinha voltado do sonho, até mesmo o Saito que se estivesse no sonho ainda estaria ferido ou velho como ele apareceu nos diferentes níveis e até mesmo no limbo. Quanto ao professor esta esperando por ele no aeroporto, bem, a Ariadne era aluna do professor, e acho que ele poderia ter acesso a essas informações por esse motivo, porém, onde a menina ficaria nos EUA, não faria sentido que ela fosse para a casa com o Cobb? em relação ao rosto das crianças, o próprio Cobb diz para a Ariadne que não se deve utilizar lembranças, e até então as projeções dele eram lembranças, pode ser que no final ele tenha parado com as lembranças e realmente criado projeções baseadas no que ele lembrava delas. e por mais que tenham dito que ele estivesse ha anos fora de casa, ele voltou para a casa dele no momento em que recebeu as passagens para ir embora novamente, razão pela qual nem chegou a ver o rosto das crianças, pois se ele estivesse convivendo com elas se lembraria dos seus rostos. E quanto ao totem, pode ser mesmo que ele tenha sido influenciado pelas pessoas que tocaram nele, mas prefiro achar que no uns 20 segundos depois que cortaram a cena, ele finalmente cai!

  196. todos falaram tanto sobre o piao cair o nao,mas deixaram passar o fato de que nao importava se era um sonho ou nao o que importa para coob e q estava de volta a sua familia essa na minha opiniao foi a mensagem deixada pelo autor tanto faz o piao pois se ele importasse tanto assim ele teria ficado para ver

  197. Anderson Duran Says:

    Muito simples… não poderiam estar no limbo com Cobb , Ariadne, Yusuf, Eames e etc.. pois o limbo é um lugar extremamente restrito, ele não possibilita a entrada de todos os outros personagens nele. Até por que vocês precisam lembrar desta fala… “vou morrer sozinho” logo, evidentemente isso se torna um totem do próprio filme. Onde todos estão reunidos é impossível ser o limbo ainda que o diretor tenha cometido alguns erros já citados como o pai de Cobb a sua espera no aeroporto, a cena muito similar de seus filhos brincando (ninguém faz uma coisa EXATAMENTE IGUAL durante toda a sua vida) durante o sonho e o mundo real. Pela simples lógica Cobb TEM QUE ESTAR ACORDADO se a intenção do diretor era INSERIR essa idéia de sonho ou realidade, preciso confessar q depois de muitas horas assistindo a esse grande filme não poderia haver outra conclusão.
    Ah! já ia me esquecendo, fica implícito a idade de seus filhos durante todo o filme, pois Cobb não diz quanto tempo se passou desde a morte de sua esposa onde teve de sair dos EUA, portanto não podemos afirmar que a idade de seus filhos está errada. Valeu galera!

  198. Na verdade ele estava no limbo msm era sonho antes ele nao olhava no rosto de seus filhos por que o seu subconciente esqueceria da realidade que aquilo nao passava de um sonho quando ele rodo o piao para testa se estava msm no mundo real ele olho seus filho onde sua atenção duvida sobre akele mundo sureal se fechou x)

    • Anderson Duran Says:

      Poxa, não me leve a mau mas… eu gostaria de tentar entender o que você escreveu, mas a gramática está deixando meio dificil, sem pontuação, sem concordancia verbal e nominal. Paulo, posta de novo sua conclusão…

  199. O totem nao é o peao tanto faz se ele cai ou nao e sim o anel no cofre o totem nao pode ser dividido com outra pessoa … o sonho era dela ele que estava preso no subconsc dela… no final do filme o anel nao esta mais no cofre .. ele ja estao no mundo real

  200. Lucas – primeiro .. parabens pelo post .. realmente incrivel como a discussao se perpetua. .. e alias .. a sua sugestao de mudar o foco foi por preguica de fazer a conta ??? eu tb tenho a msm preguica .. entao nao vou ajuda-lo nessa.

    Nao pretendo me alongar e explicar o final. Mas gostaria de colocar uma coisa importante… O filme é uma arte e nao uma ciencia. As pessoas tem que tentar ter um olhar mais artistico. Ficar discutindo o final por posts e posts NUNCA vao levar a uma UNICA SOLUCAO.
    Se perguntarem ao Nolam .. ele nao vai responder .. pq nao ha uma resposta.

    Porem, entrentanto, contudo,…. Achei bem interessante algumas das teorias. Mas o que realmente é importante é que ele esta de volta com seus filhos … e isso era tudo que ele queria. Se isso é realidade ou nao .. nao importa.

    É o mesmo que acontece com a gente… sera que vivemos uma realidade de fato ??? o que esta alem da morte ?? Sao respostas que nos nunca vamos ter .. ate de fato passarmos dessa linha para a outra.

    Enfim, pra mim o Romance do filme esta no amor incondicional de um pai para os filhos.. e ao reencontra-los ele encontra sua paz. e isso eh o que realmente importa.

    PS: na minha opiniao sobre o final ele vive a realidade tb… so pra constar no post.

    qlqer duvida me mandem um email.
    marezero.@gmail.com — o marezero é sem o ponto.

    Abraços a todos .. e cuidado para nao cairem no limbo buscando eternamente a resposta para uma pergunta que nunca vai ser respondida.

    • Lucas Nascimento Says:

      Que isso, eu leio e aprovo todos os comentários (ta chegando nos 300), hehehe. Acho ótimo que um filme faça ta tantas pessoas discutir.

  201. só pra ajudar a entender os niveis dos sonhos .. .. ilustrativo.

    meu email: marezero@gmail.com ..

    (no post anterior achei que iria aparecer como spam)

  202. PEGUEI de um site gringo e isso traduz bem o que eu tava querendo dizer:

    “In the end, Cobb walking away from the top is a statement in itself that also completes the arc of his character. In a way, the movie is its own maze designed to plant a simple little idea in the viewer’s mind: “reality” is a relative concept.”

    TRADUZINDO:

    No final, Cobb se afastando do totem é uma declaração por si mesma, que também completa o seu caráter. De certa forma, o filme é o seu próprio labirinto desenhado para plantar uma idéia simples e pequeno na mente do espectador: a “realidade” é um conceito relativo

    ta vendo como o filme tem mt mais profundidade do que simplismente o piao caiu ou nao .. ou ele esta na realidade ou no limbo ….

    foi mais ou menos isso que eu quis dizer no post anterior .. desculpem me por me repetir, mas achei que esse site conseguiu traduzir bem o que eu disse.

    Peace !!

  203. entrem nesse site gringo que eu citei anteriormente e se nao conseguem ler em ingles .. traduzam no google tradutor .. que da pra pegar a ideia principal …

    mt bom e diferente (como a minha opiniao) ,, de qse tudo que foi dito aqui …

    valeeu

  204. http://www.mediafire.com/?mzz2j9dlgqmwu27

    pra qm gosta de south park .. aqui ta o link do mediafire do episodio satirizando .. mt engracado !! .. mas nao eh pra nenhum fanatico ficar boladinho nao … eh so zuacao msm …

    valeu

  205. ai não sei se uns de voces perceberam mais no final
    o filho de coob fala que ta contruindo uma casa no
    penhasco e por isso acho que ele ta sonhando.

  206. aparentemente o link do episodio do south park nao foi aprovado … era so uma brincadeira com o proprio filme a origem .. de repente teriam pessoas interessadas …

    valeeeu !

  207. para aqueles q acham q ele acordou pelo fato de ver o rostos dos filhos no fim,pense q alguem q pode recriar cidades inteiras em seus sonho n poderia recriar o rosto dos filhos????e supondo q realmente ele n conseguisse ver o rostos deles em seus sonhos isso n significa q no final ele estivesse acordado mas sim q ele estivesse vendo o q seu pai ou a arquiteta queria q ele visse ja q ele n era capaz de diferenciar a realidade do sonho,o fato do totem n cambalear no fim no significa q ele estivesse para cair pq nas outras vezes em q ele girou o totem rapidamente ele caiu e no fim quando ele gira(aparentemente com a mesma forca)o totem demora a da sinais de q vai parar!!!!

  208. (corrigindo o texto)O FATO DO TOTEM CAMBALEAR******sem o n**

  209. Li uma explicação perfeitamente plausível, escrita por Roberto, em um outro site, que dizia o seguinte:

    11/01/2011 – 14:29
    Enviado por: Roberto
    Revelacao da verdadeiro final de A ORIGEM “inception”.
    Vc ja se perguntou se Cobby esta sonhando ou acordado ao final do filme? Posso te garantir que ele esta acordado, que seus filhos sao reais e o totem, seu piao, cai apesar de Coby nao se importar.
    Nao acredita? Se vc acha que vai manchar a imagem e quer acreditar na sua teoria que construiu para o final do filme, nao continue lendo.
    Mas se realmente quer saber a verdade e abrir sua mente para algo maior e entender finalmente a visao do diretor, te convido a entrar nas entrelinhas da obra e intender realmente como a Insercao foi realizada.
    Como o mesmo Cobby diz a ideia a ser implamtada deve ser a mais simples e tenue possivel e quanto mais fundo se for mais provavel de a ideia vingar e de preferencia ser dada por si mesmo.
    Vamos entao a conjectura do Filme.
    Muitos pensan que cobby esta sonhando do comeco ao final do filme. Mas isto nao e verdade. Toda vez que ele gira seu toten e este para de girar, Cobby esta acordado e na realida. Todas as vezes que ele se encontra em um sonho este gira continuamente e ele usa um anel, provavelmente a alianca de seu casamento.
    Estou defindo, portanto que existi o mundo real e o dos sonhos. Contudo, qualquer um dos dois pode ser a realidade definitiva para o sujeito. como o sonho no caso das pessoas na casa De Yusef. Ou realidade como o sogro “Maico Cain”.
    Mas a grande questao esta agora, as duas realidades podem se fundir e formar uma percepcao diferente do mundo real. foi exatamente o que aconteceu com a esposa de Cooby, que apos acordar acreditava ainda estar sonhando e acabou se suicidando para tentar acordar.
    Agora sim a revelacao surprendente do filme “A complexidade de Cobby (Leonardo di Caprio)”.
    Ele ja esteve no Limbo uma Vez, antes do final do filme, com sua exposa (o mais profundo que se consegue ir no mundo dos sonhos). la ele plantou a ideia na mente de Mal, fazendo o piao girar.
    Contudo, na epoca nao imaginou que a ideia se comportaria como um virus e levaria sua esposa a se matar no mundo real, achando ainda que vivia um sonho. O que o fez se culpar desesperadamente.
    Ate aqui todo mundo conhece a historia, mas o que revelarei a seguir e o que realmente importa no filme.
    Com o suicidio da esposa, Cobby criou em se subconsiente a projecao de Mal como ele achava ser a verdade, com ela praticamente o culpando na hora do suicidio, dizendo que escreveu uma carta para o advogado dizendo que ele queria mata-la. lembren-se isto tudo acontece no subconsiente de Cobby.
    Portanto, a culpa que sentia pela morte da mulher, o fez fundir as realidades e tranportar do subconsiente para a realidade, criando para si mesmo a ideia de extradicao dos EUA, mas que nao funcinava em nenhum outro pais. Ou seja, a culpa o fez abandonar os filhos e criar uma realidade que nao existe
    (a extradicao dos estados unidos nao existe, foi criado pelo sub consiente de Cobby, mas ele acredita ser verdade, como no caso de sua exposa que acreditava estar em um sonho ainda).
    Entao a verdadeira insercao deve ser feita em Cobby e nao no Fishiler, que deveria se perdoar e esquecer a Mal para voltar para casa.
    Mas entao como implantar uma ideia no maior extrator, que sabia como se defender e manipular sonhos melhor que ninhem.
    Ai entra o papel de Maico Cain. a ideia deveria ser plantada o mais fundo possivel, tal vez nao tenham notado, mas o final dos sonhos acontece no Limbo. Nao poderia ser o sogro de cobby, pois ele notaria, neste momento entra o papel fundamental de Ariadne que vai ter a missao de plantar a ideia na mente de Cobby.
    Vamos aos fatos.
    O arquiteto inicial precisava ser retirado de cena. Portanto entra em sena Saito, que foi devidamente treinado para que Cobby nao estraisse a informacao de sua mente no comeco do filme, embora possa ser que ela nem mesmo exista. Saito tb tera de ser o responsavel por tirar Cobby do limbo no final do filme, pois ele sera a parte da realidade para que Cobby se lembre que esta em um sonho.
    Com o arquiteto eliminado, entra em cena uma nova arquiteta, Ariadne. o sogro sabia que Cobby nao podia mais projetar os sonhos, e Ariadne foi indicado por ele. Por isso ela esta sempre procurando informacoes nos sonhos e na realidade de Cobby, para que ela possa usar para implantar a ideia.
    Isto explica a aceitacao tao rapida de ariadne para entrar para o grupo.
    Agora como fazer Cobby ir tao fundo em um sonho. Claro sugerindo a ele implantar uma ideia na mente de fishiler, garantindo a anulacao da extradicao dos estados unidos. Portanto, ele estaria tao ocupado e determinado a inserir a informacao e voltar aos EUA, que nao notaria a insercao da ideia em sua mente, fato primordial para que a ideia vingasse.
    Ja a insercao da ideia na mente de fishiler, pouco importa se era verdade o ficcao. O fato e que eles precisariam ir tao fundo quanto Cooby foi (Limbo) para implantar a ideia.
    Portanto, a morte de fishiler no nivel 3 do sonho foi premeditada e notem que quem sugere a eles irem ao Limbo e Ariadne, para ai sim incerir a ideia na mente de Cooby. Que acaba aceitando como sua, tendo de esquecer a projecao que fazia de Mal e se perdoando.
    Saito como dito antes esta no limbo e Cobby o vai buscar e Saito serve como o totem para mostrar a Cobby que eles estao em um sonho. Portanto, eles se matam e acordam no aviao.
    Saito faz a ligacao para nao por em risco a ideia implantada (a ligacao foi feita literalmente para ninguem), mas Cobby acreditara que esta perdoado, passando pela imigracao.
    Portanto eis o final de fato: A verdadeira Insercao foi feita em Cobby que se perdoou. A queda do piao no final nao importa mais para Cobby, como confimado por Nolan as criancas no final estao mais velhas e usando roupas diferentes. Mas o principal mesmo e o sorriso de satisfacao de Cain no final, que indica que tudo sai como planejado.

    Entao, nao tenha mais duvidas o piao cai no final.

    Por Roberto Piovatto

    Esta, creio eu, deva ser a verdadeira explicação do filme e de seu final…

    Abraço a todos.

    • Eu aceito esta como a versão definitiva!
      Só que… Como eles iam bancar o investimento tão alto, fazendo o Saito comprar a empresa aérea só para plantar a ideia em Cobby, pode ser que ele juntou o útil ao agradável, ajudando Cooby e em troca, eles ajudariam a desmoronar o império do concorrente…

  210. Olha achei muito legal seu ponto de vista. Eu acho q o pião cai sim coloquei o fim em camera lenta percebo q tem sim um barulho de q me parece q pião caiu na mesa … mas tem sim q ter caido por q um filme desses e o final ele ñ volta pra ksa e para a realidade épior q o final sa seria LOST o !!!!

  211. Realidade ou sonho? Coob não se importava mais com isso, ele apenas ficou feliz de voltar p/ casa e seus filhos.

  212. o piao caaai no fiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiinaaaaaaaaaaaaaaaaaaal

  213. ccaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaai noooooooooooooooooooooooo
    finaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaal

  214. galera pensem nisso, o totem só funciona se apenas uma pessoa o conheça, que seria a mal, então quando o Cobb pegou o totem para ele o totem já não funcionava mais

  215. willian julio Says:

    O Totem do Cobb são as crianças, enquanto ele não consegue ver o rosto das crianças, durante o filme, ele sabe que é um sonho, Pois o fato de ela ter se matado e ele ter continuado na vida real, e ter que fugir, ele fez aquele momento se tornar único pessoal, então ele sabia que quando ele visse os rostos das crianças novamente ele saberia que não é um sonho. Se vocês reparem durante o filme. ela vive falando que as crianças estão com ela, porém o Cobb sabe que não estão, porque as crianças são o Totem dele, tanto que ela tenta implantar uma ideia nele, quando ele esta no limbo, falando no final pra ele olhar as crianças e ele se nega. o Totem da mulher dele é só uma lembrança que ele mantém ela viva dentro dele, a partir do momento que ele se livra da culpa e sabe que vai voltar a ver as crianças, reparem que ele joga o totem na mesa, como se estivesse se desprendendo do passado dele, a Mal, e ele vê o rosto das crianças sabendo que na verdade aquela é a vida real. Pensem…

    • No final, quando ele vai resgatar Fisher, a mulher chama pelas crianças e elas ameaçam se virar mas o cobb se vira para nao ver.
      entao acho que nao tem muito haver se ele ve o rosto delas ou nao.

  216. Em uma parte do filme o amigo do Cobb fala vc nao pode tocar no meu tottem so eu posso saber o peso e o tamanho disso……Quando o Cobb acha o Totem no fundo da casa de boneca, o pião ja tinha sido tocado pela mulher entao o final pode ter sido um sonho

  217. O totem do Cobb não é o piao! São as crianças. toda a vez que ele tá sonhando as crianças aparecem e ficam sempre na mesma posição (se levantam e correm), mas quando ele está acordado elas não aparecem. O piao é o totem da mulher dele. no final como as crianças se viram e estão maiores quer dizer que não é um sonho.

  218. Concordo que nao importa se o peao cai ou nao… No filme, todas as tramas foram resolvidas; e a ideia da ultima cena ser realidade ou um sonho foi plantada sim, mas nao no Cobb e sim no telespectador. Se Miles fosse o responsavel pela Insercao, como alguns citaram, acredito que o diretor do filme mostraria, na ultima cena, ele (Miles) parando o peao propositadamente.

  219. Eu tava meio intrigado, mas agora acho que o que o Amadeus M.T.
    É o correto.

  220. pra quem acha que as crianças não mudaram de roupam vejam só aqui nesse link http://img690.imageshack.us/img690/2601/captureewr.jpg
    como se pode ver as crianças não só mudaram de roupa com envelheceram, a menina esta mais alto e com cabelo mais logo e o garota também é mais cheinho/forte

  221. Cara, eu tive pesadelos depois deste filme, aliás tenho dúvidas se estou acordado na real realidade ou na realidade de um sonho, pois já sonhei dentro de um sonho antes e acordei no sonho antes de acordar na realidade, putz já não bastava o Matrix me deixar dúvidas sobre este mundo ser de verdade ou só uma projeção inserida para que não vejamos a verdade, a verdade de que somos escravos, Neo… mas em tudo uma coisa me intriga, será que realmente acordei de meu coma, após um acidente de moto em 1998 ou nunca acordei?? será que realmente estou na frente do PC agora ou estou sonhando sonhos no estado de coma ?? foram 6 dias de coma induzido por medicação, pelo menos isto é o que me foi dito, mas eu posso nunca ter acordado e posso não estar aqui, e por que na maioria dos filmes do Leonardo di Capprio, de certa forma tem um apelo mental ou emocional forte?? mas se não estou aqui devo estar sonhando um sonho dentro de outro sonho que acordei do meu coma 6 dias após meu acidente, dentro da matrix, achando que tudo é real, não passando apenas de ser mais um na multidão… desculpem eu não ter ido procurar um psiquiatra, mas é por que se estiver num sonho, ele só me diria o que eu quisesse ouvir, então não adiantaria, o jeito é então é ir dormir mais um pouco….

  222. O totem dele não é o pião! O pião é o totem da esposa falecida dele. Ele usa o totem pra ver ela. se vocês repararem, sempre que ele ta com o totem ela aparece.
    O totem dele são duas opções: aliança – não reparei 100% para confirmar, mas quando ele sonha ele usa a alianlça, na vida real não. Ou a esposa, sempre que ele sonha ela aparece, se ela não aparece é pq é real.
    Até achei que poderia ser os filhos dele, mas como na cena em que ele esta no bar falando com fisher pela primeira vez, ele ve os filhos correndo e lá ele ve os rostos dos filhos. se fossem eles o totem, ele nao poderia ver o rosto no sonho.

  223. que teve a oportunidade de ver: coby não acordou não é real as crianças ( seus fiflhos) do inicio ao fim do filme estão com as mesmas roupas

    • Não estão, não. No fim do filme, a menina (Philipa) está com o vestido rosa, mas tem um detalhe aí: Ela também está usando uma roupa branca, diferente das aparições dela e ainda parece estar um pouco mais crescida. Nolan não deixaria escapar esse detalhe.
      Cobb voltou pra casa.

      • Ainda tem mais: O proprio Michael Cane ,ator que fez o pai do Dom Cobb, disse queo final do filme nao contem misterio, eles voltaram pra casa mesm. Tudo real. Entao quem ainda acha que ele ta presonuma especie de sonho, esta se enganando a toa.

  224. eu acho q no final é realidade mesmo, pois em um determinado momento do filme Cobb diz para Ariadne que nao consegue ver o rosto dos filhos dele no sonho, porém no final do filme ele vê os rostos deles

  225. A teoria que mais me é válida é a qual todos os eventos de “A origem” foram reais e que Cobb ficou preso no limbo,fazendo com que o final do filme seja um sonho causado pela prisão de Cobb no mesmo.
    Mas todas as outras teorias são válidas e muito bem sustentadas por provas.
    como a que na verdade eles estavam em um sonho de Saito,ou que a Ariadne é uma terapeuta de sonhos compartilhados e estava tentando ajudar Cobb,ficando presa no limbo com ele e etc,etc…

  226. Cara, O texto é muito bom, e as teorias plausíveis, mas se vc pudesse não colocar letras brancas em fundo preto seria perfeito, cansa muito a vista.

  227. Ivan Nogueira Says:

    Leia abaixo:
    Sir Michael Caine foi a um programa de rádio da BBC 1para promover sua autobiografia, The Elephant toHollywood. Esperto, o apresentador Chris Moyles aproveitou o convidado para conseguir duas informações do ator sobre os filmes de Christopher Nolan.
    Primeiro Caine informou que acredita que as filmagens de Batman, a continuação ainda sem título de O Cavaleiro das Trevas, começarão em maio de 2011. Mas não agite sua bandeirinha do Homem-Morcego ainda… o ator veterano faz o tempo todo observações como essa. A última falava em “março de 2011″.
    A informação mais interessante veio depois – e essa você só deve ler se já tiver assistir ao último de Nolan, A Origem. Caine contou o que realmente acontece no final do filme. Afinal, Cobb (Leonardo DiCaprio) saiu ou não dos sonhos?
    “A cena é na vida real. Se meu personagem está em cena é o mundo real… eu nunca estou nos sonhos”, explicou.

  228. uma coisa, o cobb no aviao acorda e sabe onde esta e de onde veio ou seja ve-se o inicio, e lembram-se que ele disse que num sonho nunca nos lembramos do inicio apenas nos encontramos naquele momento logo so pode ser a realidade

  229. Vou explicar o funcionamento do totem, pois vejo que a maioria não entendeu:

    Você não pode deixar ninguém ver, pegar ou usar seu totem, pq senão a pessoa conhece e projeta aquilo no sonho..
    Ela pode te entregar um totem e vc quando pegar, verá que o peso não é igual.. logo vc sabe q não é o seu.. Se ela conhece seu totem, pode fazer vc se confundir.

    Assim como o arquiteto não deve revelar os “labirintos” para os outros sonhadores, porque senão eles fazem projeções e as projeções irão matar o invasor do sonho.

    Essa é a explicação pro totem.

  230. A coisa que não tem muito explicação é:

    Porque o Arthur quando morre no começo do filme, depois de um tiro no pé que a Mal dá nele, e o Cobb acerta a cabeça em seguida, não acorda do sonho? Mas sim, acorda em um nível acima?

    Isso não tem muita lógica, pois quando o Fisher morre, ao invés dele voltar pro nível de cima (apartamento), ele vai direto pro limbo..

    Outra coisa, para os sonhos serem compartilhados, eles devem ser interligados através do dispositivo daquela maleta..

    Porque Cobb e Mal, quando acordam do limbo, estão “desconectados” ?? Como podem ter compartilhado um sonho?

    Só pode ser erro do autor estas coisas! O filme é fantástico, difícil de entender 100%.. E ele ainda comete uns gafes.. Ai complica muito!

    • Lucas Nascimento Says:

      Então cara, a explicação pro Fisher acordar no Limbo se dá pelo fato de ele (assim como todos os membros da equipe) estarem sob efeito de sedativo, impossiblitando-os de acordar.

      O Arthur acordar um nível acima depois do tiro da Mal é o correto (já que no fim, todos vão atravessando as camadas através do Chute para enfim acordar).

      Sobre o Mal e o Cobb, acho que eles tão conectados sim, não? Eu vi a maleta na cena, se não me engano.

      É complicado mesmo, hehe.

      Abrax!

  231. Achei muito legal a opinião de cada um, e lendo comecei a pensar… No filme a esposa dele não tinha noção da realidade… E se de alguma forma seria ele que não tivesse!

  232. Felipha no final está com allstar, entretanto no sonho está com uma sandália, FIM! Vou ver novamente, pela 10ª vez eu acho, só para confirmar, mas é isso mesmo, ele não estava em um sonho no fim. Sobre a teoria de ser tudo um sonho, essa merece ser rechaçada, senão vejamos: se Cobb tivesse em um sonho na realidade que nos é mostrada, seria impossível descer os 4 níveis (3 niveis de sonho e um do limbo), eis que já estaria no nível 1. Se plausível em alguma hipótese essa teoria, ele teria entrado no sonho no momento que o Yusef o bota para dormir, mas se levarmos em consideração isso, o decorrer a partir dali seria uma loucura e ninguém entenderia mais é nada do filme. Ademais, seria muito louco ter feito tudo, inclusive a história do Fisher, Saito, etc só para salvar o Cobb do sonho. Sobre o Totten, creio que o Cobb o usa como lembrança, afinal, MAL MORREU, portanto, não pode ter qualquer poder sobre algo antes era dela. Bem, esse é meu entendimento, espero ter contribuído.

  233. Assisti o filme ontem pela 3º vez e tenho certeza que o final do filme é um sonho, pois no aeroporto o avô das crianças está com a mesma roupa que estava lá em Paris. E o totem que ele usa é o da Mal ,ou seja, totalmente sem valor. A mal sabendo que ainda estava sonhando se atirou do prédio voltando assim para a realidade e o Cobb ficou em seu sonho achando ser real. Bem isso é o que eu entendi. Cobb não voltou pra casa.

    • O totem nao tem poder nenhum, ele é para a pessoa que possui saber exatamente suas características para que nenhum arquiteto o fizesse em um sonho, exatamente igual para confundir o dono do sonho e da realidade. Se a mal morreu o totem pode ser do cobb. Da para ver que é filme nao é todo um sonho. O final, discutível. Mas ainda acredito na ideia de ser realidade, o totem nunca balançava nos sonhos, permanecia constante…

  234. O totem nao tem poder nenhum, ele é para a pessoa que possui saber exatamente suas características para que nenhum arquiteto o fizesse em um sonho, exatamente igual para confundir o dono do sonho e da realidade. Se a mal morreu o totem pode ser do cobb. Da para ver que é filme nao é todo um sonho. O final, discutível. Mas ainda acredito na ideia de ser realidade, o totem nunca balançava nos sonhos, permanecia constante…

  235. O que entendi é que cob nao quiz saber se estava na vida real ou sonho , pois ele nao espera pelo peao,como ele nao sabe, nós tambem não.

    • Tiago (gil) Says:

      Oi galera, acho que a resposta esta para todos verem, tem um trecho em que ele fala que só pode ver o rosto de seus filhos quando ele estiver em sua casa na vida real, o diretor não iria cair nessa contradição. Porem outra parte deixa ainda mais claro, ele explica que quando alguém esta sonhando ele não se lembra como ele foi parar e determinado lugar e no filme mostra ele no avião, em seguida no aeroporto, e em fim na sua casa com seus filhos, conclusão ele esta na vida real. Essa é minha opinião.

      • FINALMENTE ALGUÉM ATENTO!!!

        É mesmo ele vê a imgem dos filhos a brincar na relva mas nunca vê os rostos, ele fala disso.
        E desta vez ele pode ver os rostos

  236. Era Rea. Não sonho. Está excelente analise abaixo mostra isso com todos os detalhes, inclusive que os filhos de Cobb ao fim do filme estão crescidos comparados aos das lembranças, além de roupas diferentes.

    Fim do mistério. Mesmo para artigo tão antigo.

  237. Cristian Pastro Says:

    Mas o peão não era o totem da esposa de Cobb?
    O totem de Cobb não poderia ser a sua aliança?

  238. explicar de uma maneira bem simples. o Totem de Cobb é a aliança. nao o peão ;)

  239. Uma pergunta: Se o Cobb ficou anos sem ver as crianças, por que raios elas não envelheceram? Seria a síndrome de Peter Pan?

    • Pensei a mesma coisa… no final as crianças não estão com a mesma roupa e na mesma posição (lembrando que no final a câmera está de lado, mas é a mesma posição) que vemos no filme do começo ao fim??

  240. Kelly Araújo Says:

    FIca claro que não é um sonho com algumas evidências que percebi:

    1- Saito queria voltar para a realidade, pois a ideia origem dele era “Seremos jovens novamente, tenho que cumprir minha promessa”. Foi uma ideia plantada não intencionamente

    2 – Não há nenhuma parte do filme que Cobb fala que o pião era seu totem. Era o totem da mulher dele. Seu totem na verdade era sua aliança. Quando ele estava sonhando usava aliança, na realidade ele não usava.

    3- No final do filme há várias oportunidades de ver a mão do Cobb, ele está sem aliança.

    4- O autor do filme colocou as crianças no final de forma parecida ao sonho, mas a roupa não é a mesma das lembranças nem a posição em que elas estavam.

    5 – Ele retorna facilmente para a realidade, pois seus amigos já haviam acordado, não havia mais níveis para subir

    6- Em nenhum momento o pião balançou como se fosse cair durante o filme, o giro era sempre perfeito. Mas no final ele oscilou porque não era um sonho.

    7- Michael Caine que interpretou Milles, pai da Mal e mentor de Coob afirma com toda certeza que todas as vezes que ele apareceu no filme não era sonho.

    Bom, espero ter tirado a angustia de algumas pessoas.

  241. ai geral so reforçar o piao caiu sim pois pode observar q ele não esta com a aliança no final do filme nos ultimo 3 minutos q tem video ai em cima o piao caiu simmmmmmmmmmmmmmmmm abraços + foi uma incerção muito boa do Diretor cara esperto

  242. Alguém me explique vi em diversos sites que a aliança de cobb é o seu totem, mas quando ele chega no aeroporto na cena final e entrega o passaporte da pra ver q ele esta usando a aliança.

  243. No sonho ele nao ve o rosto das crinças, e ele disse que pra ter o rosto dos filhos na memoria,somente com o seu retorno aos USA,e no final vemos o rosto delas

  244. wagner da silva plech Says:

    acho que o filme não termina deveria ter outro p/ explicar melhor o sentido do nome do filme (A ORIGEM).

  245. Simples garotos, o totem era da Mal, representa que pra ela aquela não era a realidade.
    Mas outra coisa q me deixa com a pulga atras da orelha é o fato de que no limbo não existe ninguem, aquelas pessoas que os seguem, então como Mal estaria lá?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 267 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: