| Bastardos Inglórios | Tarantino vai à guerra e sai vitorioso

Otimo

Inglourious Basterds  Nascidos para matar: O Tenente Aldo Raine e “O Urso judeu” acabam com nazistas

Como vimos no meu Especial sobre Quentin Tarantino, seus filmes sempre foram diferentes, sempre tiveram seu toque pessoal. É como se Tarantino tivesse uma versão diferente das coisas. Agora ele nos apresenta sua arrebatadora visão sobre a Segunda Guerra Mundial. Dividido em cinco capítulos, Bastardos Inglórios é um épico de guerra repleto de humor negro, atuações perfeitas e muita violência. É excelente.

Na trama, um grupo de soldados americanos judeus conhecidos como “Os Bastardos”, são mandados para a França com o único objetivo de matar nazistas e espalhar terror. Paralelamente, uma jovem judia que teve seus pais assassinados por nazistas planeja uma vingança contra eles em uma luxuosa sessão de cinema em Paris. As duas tramas se encontram.

Bom, esse foi o primeiro filme de Tarantino que vi no cinema. O primeiro de muitos, eu espero! O filme é simplesmente fantástico, contém os mesmos elementos de seus filmes anteriores, como violência absurda e brilhantes diálogos longos, que chegam a ser um pouco cansativos, mas não perdem qualidade, já que, na minha opinião, ninguém escreve roteiros como Tarantino. São criadas situações tão absurdas que chegam a ser hilariantes, principalmente no seu clímax, que merece ser aplaudido de pé.

O elenco é também extraordinário. Brad Pitt como o Tenente Aldo Raine é muito engraçado, mas não aparece tanto quanto eu achei que fosse aparecer, mas quando aparece é impagável, com destaque para a cena em que tenta falar italiano. O “Bastardo” que mais me chamou a atenção foi o Sargento Donny, também conhecido como “O Urso Judeu”, que esmaga nazistas até a morte com um bastão de beisebol (!). Do lado nazista, não tem como deixar de mencionar Christoph Woltz, perfeito como Hans Landa, conhecido como “O Caçador de Judeus”. Seu personagem é tão interessante e bem construído e sua atuação é merecedíssima de Oscar. Sem falar nas pontas de Mike Myers e a dublagem de Samuel L. Jackson.

O legal do filme é que ele é dividido em capítulos, além de conter uma ótima trilha sonora, que tempera adequadamente diversos momentos do filme. A fotografia é impecável, principalmente na brilhante cena inicial do filme, que mostra o “Caçador de Judeus” fazendo seu trabalho. São muitos diálogos e cenas marcantes, que com certeza ficarão na memória.

Resumindo, é um ótimo filme, uma visão completamente diferente da Segunda Guerra, atuações perfeitas e um eplêndido clímax que arranca risadas e surpresas inéditas em qualquer outro filme. Quando ele chega no fim da projeção, você fica pensando sobre o que acabou de ver, uma experiência única, cômica e inesquecível, que pode ser descrita com poucas palavras: Um filme de Quentin Tarantino.

Nota: 10

Assisti: No Cinema

Data: 10/10/09

O engraçado, é que eu estava no Shopping Bourbon vendo o filme, logo depois que o filme acabou houve aquele incêndio que vocês devem ter ouvido falar. O clímax de Bastardos Inglórios envolve um cinema em chamas, então eu me senti realmente dentro do filme. Só que, felizmente, eu consegui terminar de ver o filme. E não sou nazista.

Anúncios

Uma resposta to “| Bastardos Inglórios | Tarantino vai à guerra e sai vitorioso”

  1. […] Se vocês tem acompanhado o blog nos últimos meses, sabem muito bem que, na minha opinião, Bastardos Inglórios é o melhor filme concorrendo e se dependesse de mim, levava o Oscar fácil. Um filme mais que original, divertido, com personagens memoráveis e uma alucinada versão alternativa da História. Pode até ser a Obra-Prima de Quentin Tarantino; um filme de ficar na memória e ver mais de uma vez. Realmente, uma grande injustiça o Oscar não dar o prêmio máximo para o filme que realmente merece. Um filme que já nasceu um clássico. Crítica completa. […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: