| Distrito 9 | Política, drama e aliens

Muito Bom

District 9  Guerra dos mundos: Aliens pousam na África do Sul

A maioria dos filmes de invasão alienígena sempre colocam os invasores como criaturas más, que só querem destruir o planeta sem um motivo especificado. Distrito 9, filme que de conhecido só tem o Peter Jackson na produção, muda isso radicalmente. É o filme de alienígenas mais realista já feito e um dos mais originais também. Um verdadeiro marco no gênero.

Na trama, um OVNI pousa em Joannesburgo, na África do Sul e seus tripulantes, aliens grotescos, são mantidos em uma favela, o Distrito 9. Vinte anos depois, com tanta polêmica e tumultos, os aliens começam a ser expulsos. Nesse cenário encontramos Wikus Vem De Merwe, que passa por uma impressionante transformação.

Distrito 9 é um filme diferente. Fiquei chocado após sair do cinema, é completamente diferente dos outros filmes de aliens. É um drama cheio de política e ótimos efeitos visuais. O filme é contado de maneira quase documental, com trechos de entrevistas e câmeras de segurança, dando um toque realista e sombrio no filme.

Mas o bacana do filme é a transformação do personagem Wikus, vivido muito bem por Sharlto Copley. O que lhe ocorre, lembra muito o Venom de Homem Aranha 3, ele entra em contato com uma substância alienígena e começa a se transformar em um deles. Os efeitos visuais impressionam, assim como a realidade crua do filme, onde os aliens são praticamente escravizados, em uma analogia com o apartheid. O ruim, é que pra metade pro fim, o filme fica um pouco exagerado, com Wikus usando um robô, armas de raios, mas não estraga o feito do filme.

Resumindo, é um filme muito bom, com certeza o mais realista filme de aliens já feito, esbanja originalidade e ótimos efeitos visuais, embora não seja um filme para todos.

Nota: 8,0

Assisti: No Cinema

Data: 17/10/09

Anúncios

4 Respostas to “| Distrito 9 | Política, drama e aliens”

  1. […] Um dos mais realistas filme de alienígenas já feito. Isso é um fato. Uma grande surpresa do ano, que saiu de um desconhecido diretor sul-africano (mas produzido por Peter Jackson), Distrito 9 mostra os alienígenas sofrendo um tipo de Apartheid, sendo isolados em uma favela. É muito original, possui efeitos visuais caprichados e um clima documental que chega a ser um tanto perturbador, mas eu acho que o clímax de batalha, com armas alienígenas foi um tanto exagerado. Mas ainda assim um ótimo filme. Crítica completa. […]

  2. […] de um apartheid alienígena com Distrito 9 e uma divisão espacial de classes sociais em Elysium, o diretor Neil Blomkamp retorna com mais uma […]

  3. […] alguns meses atrás, o cineasta sul-africano Neill Blomkamp (de Distrito 9, Elysium e Chappie) divulgou em sua conta do Instagram artes conceituais do que parecia ser um novo […]

  4. […] Blomkamp anuncia que Chappie será protagonizado por um robô, não é uma grande surpresa. Em Distrito 9, a tecnologia já se manifestava na forma daquelas armaduras robóticas, enquanto Elysium já […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: