Diretores: Joel e Ethan Coen

Nesta Sexta-Feira (19/02) estreia nos cinemas brasileiros o novo filme dos Irmãos Coen, Um Homem Sério, que concorre ao Oscar de Melhor Filme esse ano. Só pra aquecer vocês para a estreia do filme, vai aí um especial com os meus filmes preferidos dessa dupla genial.

Arizona Nunca mais (1987)

Um dos primeiros grandes filmes da dupla, aqui vemos como os típicos diáologos e situações bizarras vão tomando forma, para, anos mais tarde, serem elevados a um outro patamar. Guiado pela inspirada e hilária performance de Nicolas Cage como H.I., o filme possui uma história divertida, bizarra e memorável, que conta com um ladrão caipira sequestrando um bebê e lidando com muitas confusões. A briga pelo bebê entre H.I. e dois bandidos é memorável.

Fargo – Uma comédia de erros (1996)

Sem dúvida o melhor trabalho da dupla. Com uma trama aparentemente simples, ela se desenrola de maneiras inimagináveis, onde o humor e a violência caminham juntos. O melhor personagem do filme na minha opinião, é o sequestrador vivido por Steve Buccemi, que protagoniza diálogos brilhantes e memoráveis com seu comparsa. Frances McDorman está excelente como a Tenente Marge, cuja função é por uma ordem na situação; Cômica. O grande barato, é mostrar como um plano perfeito pode dar errado. Muito errado.

E aí meu irmão, cadê você? (2000)

Baseado na famosa Odisséia de Homer, o filme que marca o primeiro encontro da dupla com George Clooney é um dos mais engraçados e bizarros de sua filmografia. Filmado com uma fotografia belíssima, ótima trilha sonora e uma performance inspirada de George Clooney, sempre com gomalina no cabelo. A trama começa com uma caça ao tesouro, mas evoluí para três homens encontrando seu destino. Muito bom.

Onde os Fracos não tem Vez (2007)

O Oscar de Melhor Filme e Diretor chegou com o thriller com ecos de western e um dos maiores psicopatas do cinema recente. Onde os Fracos Não tem vez não é um roteiro original dos dois, mas sim uma adaptação. Javier Bardem interpreta magistralmente o assassino Anton Chighurn, que nos apresenta novas formas de se caçar alguém e um penteado assombroso. Mais do que uma simples caçada, o filme tem um tom sombrio, mas sem perder algumas doses de humor, e muito simbolismo.

Queime Depois de Ler (2008)

A paródia de espionagem é um dos meus filmes preferidos da dupla. Reunindo um elenco estelar em ótimos papéis, com enorme destaque para Brad Pitt como o estúpido funcionário de academia, em um dos melhores papéis de sua carreira; merecendo no mínimo uma indicação ao Globo de Ouro. O roteiro é bem escrito, possui situações e reviravoltas supreendentes e, é claro, muito humor negro. O filme não é muito comprido e flui muito bem, e com ele percebemos que os Coen se saem melhor nas comédias. Além de ser uma comédia sobre idiotas que pensam ser espiões, é também uma sátira à meia-idade e ao sexo virtual.

Bem, espero que tenham gostado da minha seleção dos Coen; entrem aqui no blog mais tarde, porque a crítica de Um Homem Sério estará aqui. Até lá.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: