| Psicose | E o Cinema nunca mais foi o mesmo

ATENÇÃO: A crítica possui spoilers sobre a trama. Recomenda-se apenas para quem já assistiu o filme.

Alfred Hitchcock contribuiu para o cinema de muitas formas, seja em técnicas visuais ou elaboração de suspense (o cineasta praticamente inaugurou o gênero) no desenrolar narrativo. O grande ápice de sua carreira, e também seu projeto mais famoso, é Psicose, uma inesquecível e surpreendente história de assassino, que mudou para sempre o gênero terror/suspense.

O longa acompanha a jovem, que pretende fugir com seu amante após roubar da agência em que trabalha, um envelope cheio de dinheiro. Com medo, ela deixa a cidade onde mora e pega a estrada, hospedando-se no deserto Motel Bates, onde as coisas fugirão do plano.

Desde seus minutos inciais, o diretor consegue prender a atenção do espectador ao apresentar a jovem Marion Crane que, mais do que tudo, quer passar dias felizes com seu amante. O que a leva a roubar o dinheiro de um cliente e fugir; mesmo errada, aceitamos sua justificativa e acompanhamos a personagem até sua estadia no Bates Motel, onde conhece o simpático proprietário Norman Bates, atormentado por sua mãe.

E todo bom cinéfilo sabe do desfecho: Marion é assassinada enquanto tomava banho – uma das mais bem elaboradas sequências de todos os tempos -, por quem parece ser, a mãe de Norman. É ousado e requer maestria para continuar a narrativa após a morte de sua protagonista, mas Hitchcock segura as pontas e torna o suspense ainda maior, pregando uma grande peça na mente do espectador sobre a identidade do assassino; notável, considerando que ele é o próprio Bates.

Após o assassinato de Crane, Norman praticamente assumi o manto de protagonista e o cineasta consegue passar a ele uma imagem de bom moço, mas com um leve nível de perturbação. Na verdade uma loucura, porque Bates tenta manter sua falecida mãe viva ao vestir suas roupas e usar uma peruca; o plano final com o rosto dos dois se dissolvendo é inesquecível.

Filmado com maestria e repleto de enquadramentos memoráveis, Psicose é uma deliciosa aula de cinema, com suspense intrigante e ótimas atuações. O melhor filme do mestre Hitchcock.

Anúncios

3 Respostas to “| Psicose | E o Cinema nunca mais foi o mesmo”

  1. Amo este site.

  2. Nossa. Esse filme realmente MUDOU completamente o cinema. Ainda mais o de suspense (risos) .

    Bem … adorei o site !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: