| O Grande Ditador | A feroz sátira de Charlie Chaplin ao nazismo de Adolf Hitler


Charlie Chaplin traça uma genial caricatura de Adolf Hitler

O inglês Charles Chaplin sempre foi um cineasta que respondia adequadamente aos acontecimentos de sua época, usando o cinema como uma ferramenta de crítica social e reflexão, sempre com o humor inconfundível do talentoso ator/diretor. Lançado em 1940, seu primeiro filme falado, seu tema não poderia ser mais polêmico para a época: Adolf Hitler e o nazismo, na obra de arte O Grande Ditador.

Satirizando o ditador que comandou o nazismo durante a Segunda Guerra Mundial, Chaplin troca nomes e inventa países (com clara intenção de fazer uma paródia mais subjetiva), mas é bem evidente para qualquer pessoa que tenha o mínimo de conhecimento em História que o ator interpreta Hitler (ou Hynkel) ao proclamar seus agressivos e gritantes discursos. Interessante como Chaplin opta por não colocar legendas em tais cenas, enfatizando que os anúncios do ditador eram incompreensíveis, com enormes substantivos e palavras com mesmo significado. Gênio.

Indo além dos discursos, Chaplin diverte-se ao apresentar um senso de humor brilhante na sequência ambientada em seu palácio na “Tomainia”, onde Hynkel mostra-se um homem extremamente ocupado com situações estúpidas (como ter um quadro com sua imagem pintado ao mesmo tempo em que tem uma escultura de seu rosto sendo feita) e a política de guerra com nações rivais e aliadas – como a presença hilariante de “Napaloni”, óbvia caricatura de Benito Mussolini. Poucas vezes um personagem foi tão bem simbolizado quanto na cena de dança com o globo, que representa o desejo de dominação mundial de Hynkel.

E se o ator explode de carisma como Hynkel, ele mantém seu estilo irreverente e trapalhão ao representar um segundo personagem: o Barbeiro Judeu. Veterano da Primeira Guerra e com problema de amnésia, é um homem que luta contra os regimes totalitários em um gueto da Tomainia, onde protagoniza momentos memoráveis (como a impressionante cena da barbearia ao som de “Hungarian Song No. 5”) e segue rumo a um desfecho que é dos mais inesperados e divertidos.

Lutando também contra dificuldades da época, o filme oferece excelentes cenas que hoje provavelmente seriam feitas com uso de efeitos digitais, como a ótima cena de abertura. Ambientada em uma batalha da Primeira Guerra Mundial, o tratamento é cativante e envolve o espectador no momento, sendo até caricaturial na composição de armas gigantes e a dificuldade dos soldados em manejá-las.

Sempre intrigante e envolvente, O Grande Ditador oferece momentos de verdadeira diversão, mas com muitas discussões e reflexões sobre os ideais e motivos que prevaleceram na ditadura nazista de Hitler, culmindo em um inesquecível discurso final que certamente foi impactante em sua época de lançamento. E até hoje.

Anúncios

9 Respostas to “| O Grande Ditador | A feroz sátira de Charlie Chaplin ao nazismo de Adolf Hitler”

  1. Ótima crítica. Parabéns!

  2. Muito bom, gosto também da crítica de Tempos Modernos

  3. Este sem dúvida é um dos grandes filmes inesquecíveis de Chaplin.
    Assisti há um tempão atrás e nunca esqueci a frase “A raiva dos homens passará” no discurso final.
    Uma pena que Chaplin tenha sido tão perseguido injustamente.
    Mas a obra dele fica.
    Até a próxima.

  4. Coincidência você ter colocado essa crítica, porque assisti a esse filme novamente hoje. Chaplin foi um gênio não só do cinema mudo. Cada movimento em cada cena simboliza algo, como a “disputa” entre Hynkel e Napaloni nas cadeiras de ajuste no barbeiro.

    O discurso final é mesmo épico. Ali ele não está sendo o barbeiro nem o ditador, ali quem está falando com todos é Charles Chaplin – criticando descaradamente o regime de Hitler. Um marco do cinema!

  5. Parabéns mesmo, muito bem colocado!… Desperta o interesse e atrai. E vamo combinar né, falar de um gênio destes! Muito Bom.

  6. Muito bom o seu Post. Esse filme mostra a pura realidade de uma grande guerra.

    Se quiser fazer parceria
    _______________________________

    http://pontodoscinefilos.blogspot.com/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: