Arquivo para adam driver

O trailer final de STAR WARS: O DESPERTAR DA FORÇA

Posted in Trailers with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 19 de outubro de 2015 by Lucas Nascimento

STARWA

Finalmente, o primeiro trailer completo de Star Wars: O Despertar da Força finalmente chegou.

Confira:

O novo filme se passa 30 anos após os eventos de O Retorno de Jedi. O elenco original formado por Harrison Ford (Han Solo), Mark Hamill (Luke Skywalker) e Carrie Fisher (Leia Organa) retorna, além de Peter Mayhew (Chewbacca), Anthony Daniels (C-3PO) e Kenny Baker (R2-D2). O sangue novo inclui John Boyega (Finn), Daisy Ridley (Rey), Oscar Isaac (Poe Dameron), Adam Driver (Kylo Ren), Lupita Nyong’o (Maz Kanata), Gwendoline Christie (Capitã Phasma), Domhnall Gleeson (General Hux), Andy Serkis (Supremo Comandante Snoke) e o veterano Max Von Sydow (Quem será?).

J.J. Abrams dirige a partir de roteiro dele mesmo, Lawrence Kasdan e ideias de Michael Arndt, sem influência de George Lucas. John Williams retorna para a trilha sonora.

Star Wars: O Despertar da Força estreia em 17 de Dezembro.

Os ingressos já estão à venda!

Anúncios

Assista ao trailer de STAR WARS: EPISÓDIO VII – O DESPERTAR DA FORÇA

Posted in Trailers with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 28 de novembro de 2014 by Lucas Nascimento

VII

Eu sinto que estou presenciando História. Depois de anunciar oficialmente pelas redes sociais que o primeiro trailer de Star Wars: Episódio VII – O Despertar da Força seria lançado em cinemas selecionados nos EUA, a Disney lança agora o vídeo online. É brevíssimo, mas certamente faz as expectativas aumentarem.

Confira:

O filme traz de volta Mark Hamill, Harrison Ford e Carrie Fisher para reprisar seus papéis da trilogia original. Anthony Daniels, Kenny Baker e Peter Mayhew voltam a viver C-3PO, R2-D2 e Chewbacca. O novo sangue consiste de Daisy Ridley, John Boyega, Domhnall Gleeson, Oscar Isaac, Adam Driver, Andy Serkis, Max Von Sydow, Lupita Nyong’O e Gwendoline Christie

Star Wars: Episódio VII – The Force Awakens estreia em 18 de Dezembro de 2015.

Confirmado o elenco de STAR WARS VII

Posted in Notícias with tags , , , , , , , , , , , , , , on 29 de abril de 2014 by Lucas Nascimento

20140429-151748

Após mais de UM ANO desde o anúncio da produção, o diretor J.J. Abrams finalmente soltou a lista oficial com o elenco de Star Wars: Episódio VII. Como já era esperado, nomes pouco conhecidos compartilham terreno com alguns veteranos da franquia. Confira:

Old School: retornam Mark Hamill (Luke Skywalker), Harrison Ford (Han Solo), Carrie Fisher (Leia Organa), Anthony Daniels (C-3PO), Peter Mayhew (Chewbacca) e Kenny Baker (R2-D2).

A Nova Turma:

Andy Serkis (O Senhor dos Anéis, Planeta dos Macacos)

???????????

Adam Driver (série Girls e Inside Llewyn Davis)

driver

Max Von Sydow (veterano de diversos filmes de Ingmar Berman, e indicado ao Oscar por Tão Forte e Tão Perto)

max

Oscar Isaac (Inside Llewyn Davis, Drive)

Oscar-Isaac

Domhnall Gleeson (Bravura Indômita, Questão de Tempo)

gleeson

John Boyega (Ataque ao Prédio)

jo

Daisy Ridley (das séries Mr Selfridge e Silent Witness)

daisy

Como já era algo esperado, houve um sábio balanço entre nomes pouco conhecidos e o elenco da trilogia original. E agora, o que esperar? As filmagens já estão começando, e mais informações devem sair em breve. Ou não, vocês conhecem o JJ.

Star Wars: Episódio VII estreia em 18 de Dezembro de 2015.

| Inside Llewyn Davis: Balada de um Homem Comum | Saga folk dos irmãos Coen acerta em cheio

Posted in Cinema, Comédia, Críticas de 2014, Drama, Indicados ao Oscar, Musical with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 22 de fevereiro de 2014 by Lucas Nascimento

4.5

InsideLLDavis
Oscar Isaac e seu gato sem nome

Os irmãos Joel e Ethan Coen (quem não os conhece, faz favor) costumam dizer que “já existem muitos filmes sobre o sucesso”, como a justificativa para apostarem em tantas histórias com personagens e desfechos… Pouco convencionais, sem a esperança de um final feliz. Mas os Coen não são derrotistas ferozes, nunca deixando de lado seu humor negro característico (presente até mesmo no sombrio Onde os Fracos Não Têm Vez, e a saga folk Inside Llewyn Davis: Balada de um Homem Comum revela-se mais uma eficiente adição à carreira peculiar dos dois mestres.

A trama é centrada no músico fictício Llewyn Davis (Oscar Isaac), que encontra-se em sua pior fase após o suicídio de seu parceiro. Vagando pelas ruas da Greenwhich Village dos anos 60 (ponto de partida de figuras como Bob Dylan e Dave Von Ronk, que serviu de inspiração para a criação do protagonista), acompanhamos Davis dormindo na casa de amigos e aceitando qualquer tipo de bico pela cidade a fim de receber alguns trocados e alcançar o almejado sucesso profissional.

Basicamente é isso, como o título sugere: um olhar por dentro de Llewyn Davis, sem uma trama definida especificamente. A decisão estrutural possibilita que os Coen teçam diversas situações isoladas e que surgem diferentes a seu modo, seja no completo nonsense (no melhor sentido da palavra) ao apostar no road movie com os estranhos personagens de John Goodman e Garrett Hedlund ou na subtrama que envolve o carismático gato (sem exageros, que animalzinho talentoso) encontrado pelo protagonista – que possibilita um sutil paralelo não só com o próprio Davis, mas também – vejam só – com A Odisseia de Homero e Bonequinha de Luxo. Outro elemento fundamental é a ciclicidade da narrativa, que oferece início e fim praticamente idênticos, deixando claro que a situação de Davis não só é preocupante; mas permanente.

O personagem sofre, até mesmo as paredes do corredor parecem dispostas a achatá-lo (excepcional decisão do designer de produção Jess Gonchor) e a fotografia sobrenatural de Bruno Delbonnel nos situa em mundo frio, dominado por tons cinzas e paletas de cor frias – além de seu toque característico que é favorecido pelo uso da escuridão de bares ou uma onírica rodovia. Ainda assim, é impossível não se divertir com Inside Llewyn Davis. Não só pelas figuras excêntricas descritas acima, mas também pelas canções produzidas originalmente por T-Bone Burrett para o longa. Vale apontar as performances de “Hang Me, Oh Hang Me”, “The Death of Queen Jane” e o uso genial de “Fare Thee Well” para a sequência que apresenta o cotidiano de Llewyn. Seria uma heresia deixar de citar a divertidíssima “Please Mr. Kennedy”, canção com uma letra hilária que traz as vozes de Oscar Isaac, Justin Timberlake e Adam Driver (da série Girls).

Servindo como um curioso estudo de personagem que leva seu objeto do nada ao nada, Inside Llewyn Davis: Balada de um Homem Comum é uma experiência única, proporcionada por duas das maiores mentes do cinema contemporâneo. Seja em sua maestria técnica, narrativa ou em sua vibrante trilha sonora folk, o filme é tragicômico no melhor sentido da palavra. E sua ausência em grandes categorias do Oscar é crueldade.

Obs: reparem na “participação especial” que se destaca nos últimos momentos do filme…

Obs II: Quando a tradução é ruim eu detono, mas preciso reconhecer quando as distribuidoras fazem um bom trabalho. O subtítulo do filme é acertadíssimo, parabéns.