Arquivo para faroeste

O primeiro trailer de OS 8 ODIADOS

Posted in Trailers with tags , , , , , , , , , , , on 12 de agosto de 2015 by Lucas Nascimento


Não por coincidência, o oitavo filme de Quentin Tarantino é o faroeste Os 8 Odiados, que acaba de ganhar seu primeiro trailer. Ele nos apresenta aos coloridos personagens de Kurt Russell, Jennifer Jason Leigh, Samuel L. Jackson, Michael Madsen, Tim Roth, Bruce Dern, Walton Goggins e Damian Bechir.

Além disso, é possível notar no uso do Super Cinemascope, lentes que oferecerão uma razão de aspecto maior (o mesmo padrão do clássico Ben-Hur).

Confira:

Os 8 Odiados estreia em 25 de Dezembro nos EUA. No Brasil, em Janeiro.

Primeiro trailer de THE REVENANT

Posted in Trailers with tags , , , , , , , , on 17 de julho de 2015 by Lucas Nascimento


Depois de papar Oscars com Birdman, Alejandro Gonzalez Iñárritu promete voltar com tudo em seu faroeste The Revenant, com Leonardo DiCaprio e Tom Hardy.

A primeira prévia não explora muito a história, mas é magnífica. Traz lindas imagens fotografadas por Emmanuel Lubezki e um clima de perseguição e estranheza realmente marcante. Confira:

The Revenant estreia em Dezembro nos EUA. No Brasil, a previsão é Fevereiro.

Ennio Morricone fará trilha sonora original para OS 8 ODIADOS

Posted in Notícias with tags , , , , , , , , on 11 de julho de 2015 by Lucas Nascimento

morri

Durante o painel da Comic Con de Os 8 Odiados, o diretor e roteirista Quentin Tarantino revelou que o consagrado compositor italiano Ennio Morricone fará a música de seu novo filme. Será a primeira trilha de Morricone para um western em quase 40 anos, e a primeira vez que teremos trilha sonora original para um filme de Tarantino.

Vale lembrar que Morricone já colaborou com o cineasta em Django Livre, colaborando na letra da canção “Ancora Qui”.

Os 8 Odiados estreia em 25 de Dezembro nos EUA. No Brasil, em 6 de Janeiro.

hateful_p2

| Um Milhão de Maneiras de Pegar na Pistola | Crítica

Posted in Cinema, Comédia, Críticas de 2014 with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 21 de setembro de 2014 by Lucas Nascimento

2.5

AMillionWaystoDieintheWest
Seth MacFarlane diverte Charlize Theron e Liam Neeson

Com o sucesso de Uma Família da Pesada na TV e a aceitação de seu divertido Ted, nem em um milhão de anos eu apostaria que Seth MacFarlane apostaria em uma comédia de faroeste como seu próximo projeto. E mesmo que o comediante tenha lá suas boas tiradas e venha evoluindo como diretor, Um Milhão de Maneiras de Pegas na Pistola não é exatamente engraçado ou memorável.

A trama é centrada em um fazendeiro covarde (MacFarlane) que está em depressão após o término com sua namorada Louise (Amanda Seyfried). Quando ele conhece a misteriosa forasteira Anna (Charlize Theron), ela concorda em treiná-lo para ser um exímio pistoleiro, desafiando o novo companheiro de Louise (Neil Patrick Harris) para um duelo.

Primeiramente, vamos só enfatizar o quão idiota e equivocado é esse título nacional: “Pegar na pistola”. Sério mesmo? O próprio protagonista diz em certo ponto que existem “um milhão de maneiras de morrer no Oeste”, e essa é a principal questão do filme, não as diferentes maneiras que existem de se sacar um revólver. Bom, elefante da sala removido, meu problema como o filme transcende o título. Seth MacFarlane não sabia que tipo de filme estava fazendo; é uma comédia, mas também acaba se levando a sério nos momentos errados, como a repentina perseguição de cavalos pelo deserto. Minha teoria é a de que MacFarlane tivesse ficado tão impressionado com as belas imagens capturadas (e são realmente belíssimas) que resolveu fazer algo épico, nem um pouco a ver com sua proposta inicial. Vejam por exemplo Anjos da Lei 2, que aposta em diversas cenas de ação, mas jamais se esquecesse do gênero em que está.

O roteiro assinado por MacFarlane, Alec Sulkin e Wellesley Wild (mesma trinca responsável por Ted) acerta ao tornar o universo e seus personagens completamente anacrônicos, utilizando termos e dialetos que jamais estariam no Velho Oeste, mas sim nos dias atuais. Tal artíficio quase transforma o filme em um desenho animado, que também se traduz nos figurinos simplórios (mocinho usa core mais claras, vilão usa só preto, etc) e no design de produção cartunesco, marcado também por diversos cenários pintados e em greenscreen. A verdade é que MacFarlane parece mais fã de De Volta Para o Futuro: Parte III do que os clássicos do faroeste, já que muitas viradas e situações no roteiro – além da própria trilha sonora de Joel McNeely – lembram muito as do filme de Robert Zemeckis, além de trazer uma saudosa participação especial. Aliás, participações especiais são o que o filme tem de melhor.

O elenco também se sai bem. Especialmente Charlize Theron, que oferece uma construção agradável para sua pistoleira Anna: é ao mesmo tempo destemida e durona, mas também dócil e nada modesta em relação a seus atributos (“Eu tenho peitos incríveis, óbvio”). Já Seth MacFarlane revela-se melhor dublador do que ator, ainda que seu sarcasmo seja bem colocado. E se Liam Neeson como herói durão já é o suficiente para comprar um ingresso, vê-lo como um vilão genérico é bem divertido.

Um Milhão de Maneiras de Pegar na Pistola impressiona pela quantidade de trabalho técnico e visual dedicados a uma comédia, mas não faz bonito naquilo que seria sua única prioridade: fazer rir, seja na perda de foco ou na insistência em humor barato.

Poxa, alguém aí ainda acha piadas com peido e diarreia tão hilariantes?

Obs: Fiquem durante E depois dos créditos, há uma participação especial imperdível.

Vazou o trailer de THE HATEFUL EIGHT

Posted in Trailers with tags , , , , , , , , on 21 de agosto de 2014 by Lucas Nascimento

the-hateful-eight-poster

As filmagens de The Hateful Eight, novo filme de Quentin Tarantino, ainda nem começaram, mas já temos online um breve teaser trailer. O vídeo está sendo exibido durante as sessões de Sin City: A Dama Fatal, e limita-se a apresentar em texto a premissa e os personagens principais; ao som de “Gimme Danger”, de Iggy Pop e the Stooges. De qualquer forma, é bem empolgante, e não há planos para seu lançamento oficial na internet. Confira:

O faroeste em “glorioso 70 mm” se concentra em 8 estranhos que acabam refugiados em um saloon durante uma nevasca.

The Hateful Eight estreia em 2015.

Quentin Tarantino retoma THE HATEFUL EIGHT

Posted in Notícias with tags , , , , , , , , , , , , , , , , on 27 de maio de 2014 by Lucas Nascimento

the-hateful-eight-poster

Depois de toda a polêmica do roteiro vazado e da elogiada leitura ao vivo, Quentin Tarantino resolveu retomar The Hateful Eight, seu novo projeto que voltará ao gênero do faroeste. O diretor anunciou que estaria reescrevendo parte do roteiro.

De acordo com o Showbiz 411, as filmagens começarão em Novembro e incluirá todos o elenco da leitura do roteiro, que traz Bruce Dern, Samuel L. Jackson, Michael Madsen, Kurt Russell, James Remar, Amber Tamblyn, Walton Goggins e Zoë Bell. Tim Roth também estava no evento, mas não foi confirmado no filme.

E não, Christoph Waltz não foi confirmado 😦

Ambientada em uma Wyooming pós-Guerra Civil, a trama do filme envolve 8 estranhos que se refugiam em um saloon durante uma nevasca pesada. Li um resumo da leitura ao vivo, e a estrutura remete bastante à de Cães de Aluguel, já que aposta em uma narrativa pesada em flashbacks e ambientes fechados.

Vamos aguardar por mais novidades!

Kurt Russell, James Remar, Amber Tamblyn, Walton Goggins, and Zoe Bell
Read more at http://collider.com/the-hateful-eight-filming-cast/#SFkEKwFIzGFV9wSz.99
Kurt Russell, James Remar, Amber Tamblyn, Walton Goggins, and Zoe Bell
Read more at http://collider.com/the-hateful-eight-filming-cast/#SFkEKwFIzGFV9wSz.99
Kurt Russell, James Remar, Amber Tamblyn, Walton Goggins, and Zoe Bell
Read more at http://collider.com/the-hateful-eight-filming-cast/#SFkEKwFIzGFV9wSz.99
Kurt Russell, James Remar, Amber Tamblyn, Walton Goggins, and Zoe Bell
Read more at http://collider.com/the-hateful-eight-filming-cast/#SFkEKwFIzGFV9wSz.99

| Cowboys & Aliens | Mistura de gêneros rende diversão genuína

Posted in Aventura, Cinema, Críticas de 2011, Ficção Científica, Western with tags , , , , , , , , , , on 10 de setembro de 2011 by Lucas Nascimento


Só faltou o George Lucas: Daniel Craig explora uma nave alienígena escondida no Velho Oeste

Você pode esperar e imaginar diferentes coisas vindo de um filme cujo título envolve caubóis e alienígenas. Pode parecer uma terrível ideia ou algo que só funcione no papel e, realmente, é uma premissa complicada de ser por em prática. Por isso a surpresa quanto a Cowboys & Aliens, que mistura os dois gêneros com eficiência e garante uma genuína diversão-pipoca.

A trama, que o título já deixa bem clara, mostra uma invasão alienígena em uma cidade mineradora do Velho Oeste, colocando em foco o estranho Jake (Daniel Craig) que acorda sem memória e com um misterioso bracelete em seu braço, precisando redescobrir seu passado e ajudar a população a combater os hostis invasores.

Estou realmente surpreso quanto ao resultado do longa. A mistura dos gêneros western e ficção científica funciona deliciosamente bem, principalmente no primeiro ato ao seguir uma fórmula clássica do estilo Clint Eastwood, com um misterioso forasteiro chegando a cidade e suas intenções ficarem escondidas do público. Excelente a ao tomada faroeste, contando também com genuína direção de arte e figurinos da época – acertando na ambientação, portanto. Já os alienígenas entram de forma interessante (sempre rotulados como demônios) e surreal, com um design de criaturas memorável – algo que o pessoal do departamento de criaturas vêm pecando nos últimos anos – mas não tão satisfatória e bem trabalhada quanto a do western.

O diretor Jon Favreau parece ter aprendido a fórmula do bom blockbuster, em decorrência de seu trabalho no ótimo Homem-de-Ferro e enche o longa de empolgantes cenas de ação, efeitos visuais convincentes e uma bem-vinda dose de humor. Todos os atributos chegam a ofuscar o péssimo roteiro de Roberto Orci, Alex Kurtzman, Damon Lindelof, Mark Fergus e Hawk Ostby (pudera, tantos roteiristas juntos raramente gera bons resultados), que cria diálogos pavorosos (clichês do tipo”Você sabe quem você é. Só precisa se lembrar” são constantes) e reviravoltas toscas – a pior delas envolvendo a personagem de Olivia Wilde. Mas Favreau salva o jogo com sua boa direção, contando também com um elenco bem entrosado.

Daniel Craig incorpora o básico estilo durão no papel de Jake, mas adiciona o essencial elemento de mistério (como a cena em que se opõe ao delinquente Percy) ganhando a admiração do público. Com energia sempre contagiante, Harrison Ford faz do Coronel Dolarhyde um sujeito sem escrúpulos e até perigoso, mas com grande bravura e coração; tornadas bem evidentes pela expressões de Ford. Nos coadjuvantes, Sam Rockwell serve como um agradável alívio cômico na pele do barman Doc e Olivia Wilde não faz nada a não ser impressionar o público com sua sedutora beleza.

Contando também com uma bela fotagrafia de Matthew Libatique, Cowboys & Aliens é um dos filmes mais divertidos do ano, rendendo uma inusitada mistura de gêneros que funciona muitíssimo bem (especialmente o faroeste) e beneficia-se por não se levar a sério. Entrega exatamente o que promete.