Arquivo para ifanto-juvenil

| Percy Jackson e o Ladrão de Raios | Mitologia grega retardada

Posted in Aventura, Críticas de 2010, DVD with tags , , , , , , , , , , , , , , , , on 2 de junho de 2010 by Lucas Nascimento

  Poseidon: Percy Jackson solta sua magia nos céus de Nova York

É quase clichê falar que os estúdios de Hollywood procuram e se debruçam em livros infanto-juvenil, na esperança de encontrar, desesperadamente, um substituto para Harry Potter. Não foi com a péssima aventura que mescla mitologia grega, road movies e (acredite) bebedeira em Las Vegas. Mas pior que isso, não parece haver ator que tenha o carisma de Daniel Radcliffe para segurar uma franquia dessas.

Na trama, o jovem Percy Jackson descobre ser filho de Poseidon, e embarca em uma jornada para encontrar o Ladrão de Raios, que planeja causar uma guerra entre os deuses do Olímpio.

Só porque Chris Columbus iniciou a franquia Harry Potter em 2002, não quer dizer que (sem trocadilhos) o raio caiu duas vezes no mesmo lugar. O problema de Percy Jackson é sua trama, que simplesmente não convence, não empolga e é absurdamente estúpida, atualizar a mitologia grega para a geração “teen” não funciona, o resultado é constrangedor (sem comentários para Uma Thurman e a ridícula cena em Las Vegas).

Logan Lerman também não ajuda… Assim como Sam Worthington em Fúria de Titãs, o jovem ator não tem um pingo de carisma ou preocupação com seu personagem, que parece mais perdido em cena que o pessoal do Lost. O elenco todo é péssimo, só se salvam Sean Bean como Zeus e Brandon T. Jackson como o “amigo engraçadinho”.

Percy Jackson e o Ladrão de Raios praticamente grita que quer ser o novo Harry Potter, mas não consegue chegar nem aos pés da saga do bruxo adolescente. Um filme esquecível, constrangedor, mal escrito e sem ânimo. Fique com Fúria de Titãs, ao menos diverte.

Anúncios