Arquivo para sequencias

| Velozes e Furiosos 5 – Operação Rio | Um aperfeiçoamento insanamente divertido

Posted in Ação, Cinema, Críticas de 2011 with tags , , , , , , , , , , , , , , , on 7 de maio de 2011 by Lucas Nascimento

 


Bad Boys: Vin Diesel e Paul Walker chutando bundas no quinto filme da série

Iniciada a quase 10 anos, a franquia Velozes e Furiosos já tinha dado o que tinha que dar logo depois de seu competente segundo filme. Mas depois, tivemos o irrelevante Desafio em Tóquio e Velozes & Furiosos 4, que já não empolgavam tanto. Eis que surge Operação Rio, que reiventa a proposta dos filmes anteriores e alcança ótimos resultados.

Ambientada no Rio de Janeiro (com terrível sotaque e estereótipos forçados), a trama mostra Dom, Brian O’Conner e seu grupo escondendo-se em favelas. Cometendo pequenos roubos, eles despertam a atenção de um criminoso do alto escalão e o implacável agente do FBI Luke Hobbs, o que leva a mais perseguições de carros.

Bem, nunca deve-se esperar uma trama genial vindo de Velozes e Furiosos, mas dessa vez temos uma que pelo menos prende a atenção e dá espaço adequado para cenas de ação e, olhe só, um razoável desenvolvimento de personagens. Grande trabalho do diretor Justin Lin (que assume a franquia desde o terceiro filme), que descarta a já esgotada fórmula de corridas automobilísticas e evolui para o heist movie de forma adequada.

E seguindo a tradição de todo bom filme do sub-gênero, o planejamento não sai exatamente como planejado, o que dá espaço a sequências de ação espetaculares, que mostram o domínio de Lin da cena e sua capacidade de empolgar a plateia. A perseguição do clímax por exemplo, esquece das leis da Física e faz uso controlado de efeitos visuais (sempre um elogio), dando espaço a dublês e carros de verdade sendo destruídos com estilo.

E há também os personagens. Dessa vez temos todos os personagens dos filmes anteriores, cuja química em cena é satisfatória e natural, gerando muitas cenas divertidas (principalmente de Tyrese Gibson) e um apego sustentável a eles. Vin Diesel continua o mesmo estilo durão, mas perde espaço para o monstruoso Hobbs de Dwayne Johnson, com quem protagoniza uma memorável luta.

A trama tem diversos momentos incoerentes (como por exemplo uma explosão imperceptível dentro de um departamento de polícia) e estica-se além do esperado durante o planejamento do roubo, mas é uma diversão insana e inofensiva, que cumpre muito bem seu propósito e mostra que tem gasolina no tanque para mais sequências.

Obs: Há uma bacana cena pós-créditos com uma participação especial e uma grande revelação sobre o filme anterior.

Avatar: Novidades, reestreia e cenas inéditas

Posted in Notícias with tags , , , , , , , , , on 9 de agosto de 2010 by Lucas Nascimento

Já que faz tempo que não escrevo sobre Avatar, vai aí um post sumarizando todas as novidades. O filme, você já deve estar sabendo, será relançado nos cinemas (já?) em 15 de Outubro; com 8 minutos de cenas extras, que incluem caçadas, novas criaturas, drama e a aguardada cena de sexo Jake e Neytiri.

Sobre as sequências, James Cameron vai esperar para publicar o livro que servirá de prelúdio para o primeiro filme. O cineasta cogita a possibilidade de filmar duas continuações simultâneamente, alegando que seria mais fácil para uma produção de captura de movimentos.

Aguardemos por mais novidades.

Contatos Imediatos: Especial PREDADORES

Posted in Especiais with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 20 de julho de 2010 by Lucas Nascimento

O aguardadíssimo Predadores chegou no Brasil. O filme promete uma radical retomada aos dias de glória do famoso alienígena. Acompanhem esse especial e desvendaremos os segredos da produção e do Predador…

Recolocando a franquia nos Trilhos


Robert Rodriguez: A força do projeto

A grande força e quem empurrou o projeto para frente é, você deve imaginar, Robert Rodriguez. Escreveu o primeiro rascunho do que viria e ser Predadores em 1994, mas foi recusado pela Fox por exigir um orçamento muito alto.


O diretor estreante Nimród Antal

Quinze anos depois e estamos em 2009. A Fox volta atrás e chama Rodriguez para dar vida ao projeto após o fracasso da franquia Alien Vs. Predador. Nimród Antal assumiu a direção e Rodriguez trabalhou como produtor. Ambos queriam que Predadores fosse uma sequência dos dois primeiros filmes, ignorando completamente AVP.

O título no plural, referência à Aliens de James Cameron, tem um sentido duplo; não só se refere apenas às criaturas alienígenas, mas também ao grupo humano, que poderia matar um ao outro mesmo sem os Predadores.

Personagens

Royce (Adrien Brody)

Ex-militar, Royce tornou-se um  perigoso mercenário. Autoconfidente e com postura de líder, não tem medo de morrer e fará de tudo para ajudar seus parceiros a sobreviver no hostil ambiente.

 

 

 

 

 

Isabelle (Alice Braga)

Bela e perigosa, Isabelle trabalhava nas Operações Especiais (Black Ops) como atiradora sniper. É habilidosa e silenciosa e na Terra, teve seu parceiro morto. No planeta dos Predadores, ela acha que encontrará sua chance de redenção.

 

 

 

 

Noland (Laurence Fishburne)

Perigoso e meio louco, Noland é um sobrevivente que já estava no planeta muito antes da chegada dos outros assassinos. Ele os ajuda, dando informações e dicas de como achar uma maneira de matar os Predadores.

 

 

 

 

Edwin (Topher Grace)

 Edwin é um médico que viu e fez muitas coisas horríveis em sua vida. Sua pricnipal arma é o cérebro, é uma pessoa muito inteligente e misteriosa, acreditando ser o mais perigoso do grupo de humanos. Ele possui um segredo.

 

 

 

 

Cuchillo (Danny Trejo)

Com certeza o personagem é ideia pura de Robert Rodriguez. Cuchillo era o traficante de drogas mais perigoso e mortal do México. Cresceu nas ruas e se tornou um assassino. No planeta dos Predadores, está sempre na dele e lutando para sobreviver.

 

 

 

 

Hanzo (Louis Ozawa Changchien)

 Silencioso e sempre na dele, Hanzo possui as habilidades de um samurai e fazia parte de uma Yakuza (organizações criminosas do Japão), trabalhando como assassino. Relances dos trailers prometem uma épica luta de espada contra um dos Predadores. Vamos aguardar.

 

 

 

Origem do Personagem


O conceito inicial do Predador, por Stan Winston

O responsável pelo visual e conceito da criatura, foi o grande mago dos efeitos visuais Stan Winston. Enquanto trabalhava em Aliens com James Cameron, foi contratado para criar o design do Predador, aceitando até algumas sugestões de Cameron.

O estúdio de Winston criou a roupa e todos os efeitos práticos que o personagem requiria. O objetivo era criar um monstro convincente, que diferia dos primeiros conceitos do personagem, que possuía um longo pescoço, cabeça de cachorro e um único olho, algo difícil de ser criado para a época.

A Franquia Original

O primeiro filme da série foi lançado em 1987. Protagonizado por Arnold Schwarzenegger, é um clássico de ação e aventura, possuindo também muito suspense. É a base para o filme de 2010.

O Herói: Arnold Schwarzenegger, com seu inesquecível bordão: “You Ugly Motherfucker…”

O segundo prometia muito: mostrar os ataques do Predador em plena Los Angeles, mas ele me decepcionou um pouco ao se focar mais na rivalidade entre as gangues da cidade do que no alienígena em si. Curiosidade: No fim do filme é possível encontrar o crânio do Alien. Uma pista do desastre que viria futuramente…

O Herói: Danny Glover.

Batalhas com o Alien

Juntar dois dos mais icônicos personagens de ficção científica (no cinema, já que a luta já rolou em quadrinhos e games) parecia uma das ideias mais bacanas e empolgantes da época, mas acabou por ser o ponto mais baixo da saga dos Predadores no cinema ( e do Alien também) é sem dúvida a franquia AVP: Alien Vs. Predador.

Round 1: O filme é até assistível; o que falta é mais ação, sangue, destaque para os alienígenas e uma trama de humanos que seja suportável.

Vencedor: Vamos chamar de empate, considerando o nascimento do Predalien na cena final.

Round 2: Uma coisa tenebrosa que não merece ser chamada de filme. O roteiro é tão babaca, a direção é tão amadora que faz Ed Wood parecer Stanley Kubrick e a fotografia é assustadoramente escura! Literalmente, não se enxerga nada. O Predalien tinha tudo para dominar o filme, mas…

Vencedor: O desinteressante Predador Solitário.

Predadores: Máscaras Novas

Para esconder o rosto monstruoso, os Predadores utilizam-se de diversas máscaras. Vamos analiza-las aqui, incluindo as do novo filme.

Modelo: Clássico
Filme: Predador, Predador 2
Descrição: A máscara tradicional do Predador.

Modelo: Scar
Filme: Alien Vs. Predador
Descrição: A máscara tradicional do Predador, com uma marca de ácido deixada pelo Alien.

Modelo: Hunter
Filme: Alien Vs. Predador 2
Descrição: Uma versão surrada e desgastada de um modelo diferente da máscara tradicional. Possui rachaduras, chifres e símbolos alienígenas.

Modelo: Celtic
Filme: Alien Vs. Predador
Descrição: Possui a mesma estrutura da máscara original, mas a “boca” é diferente, sendo mais radical e amedrontadora. É também uma das únicas máscaras que não possui um visor único.

Modelo: Chopper
Filme: Alien Vs. Predador
Descrição: Possui ondulações e um único visor, além de possuir uma forma diferente, mais cabeçuda.

Modelo: Black (ou Tracker)
Filme: Predadores
Descrição: A máscara tradicional do Predador em cor preta. De novidade, ela possui uma mandíbula de osso (não humana). É um dos novos “SuperPredadores”.

Modelo: Falconer
Filme: Predadores
Descrição: Uma máscara maior e menos definida do que as outras, possuindo duas lentes de visão. É também um dos “SuperPredadores”.

 

Modelo: Não sei o nome, mas apelido-o carinhosamente de “mamute”
Filme: Predadores
Descrição: Uma versão mais desgastada e com mais detalhes em relevo, além de possuir lentes de vidro e dois chifres no queixo. É um dos “SuperPredadores”.

Inspetor Bugiganga: Um Guia sobre as armas do Predador

1-  Arma Plasma: A maioria dos predadores os carregam no ombro. Dispara do canhão um potente raio de plasma.

2- Bomba: Localizado em um dos braceletes, o dispositivo é usado como auto-destruição. Uma pequena contagem regressiva é feita e a explosão ocorre com a força de uma mini-bomba nuclear.

3- Lâminas de Pulso: Originadas do bracelete oposto, as lâminas são indestrutíveis se comparadas a qualquer metal da Terra. Possuem de 12 a 18 polegadas de comprimento e, em caso de emergência, podem ser disparadas.

4 – Mira Laser: Localizada no capacete, a mira laser é utilizada para auxiliar em ataques à distância.

5 – Visão infravermelha: Graças ao visor do capacete, os predadores possuem visão infravermelha do ambiente e de suas presas, tornando-se uma arma muito eficiente.

6 – Chakram: Um tipo bem mais mortífero de shuriken, o Chakram é forte o suficiente para cortar ossos e carne.

7 – Camuflagem: Provavelmente a arma mais comum entre os predadores, o dispositivo de camuflagem é acionado pelo computador de pulso de um dos braceletes.

Predadores de Hollywood: Início de uma nova Franquia?

Robert Rodriguez já comentou em algumas entrevistas a possibilidade de novos filmes do Predador. Não necessariamente uma sequência, mas também prelúdios, com destaque para a história do personagem Noland.

Consciente, já que o personagem deve ter muita história para contar, mas ainda acho que o Predador tem que ganhar uma série de ataques dignos na cidade grande, como Nova York… Nas mãos certas, seria o perfeito blockbuster.

Bem, espero que tenham gostado, resta esperar para ver o filme e descobrir se o Predador voltou mesmo aos seus dias de glória. Confira a crítica aqui, até mais!

Entre deuses e homens: Especial FÚRIA DE TITÃS

Posted in Especiais with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 19 de maio de 2010 by Lucas Nascimento

Adiado dois meses depois de sua estreia nos EUA, o remake de Fúria de Titãs aterrissa nos cinemas do Brasil, com uma polêmica conversão 3D que deu o que falar. Confira o especial e prepare-se para o filme:

Personagens

Perseu (Sam Worthington)

Filho bastardo de Zeus, Perseu é um semi-deus, que acompanhará os Titãs pela Grécia até encontrarem e matar o monstro Kraken, fruto do deus do submundo, Hades, que destruiu sua família. Possui habilidades especiais, devido a sua metade de deus.

Principal Arma: Espada e escudo, mas possui habilidades fora do comum.

 

 

 

Draco (Mads Mikkelsen)

 

General que lidera os soldados do grupo de Titãs e ajuda Perseu a treinar e descobrir todo o poder que ele tem dentro de si mesmo. No início, os dois não se dão muito bem, mas descobrem a confiar um no outro e juntos, formarão uma ótima equipe.

Principal Arma: Espada e escudo, é um guerreiro muito eficiente.

 

Andromeda (Alexa Davalos)

Andromeda é filha dos reis de Argos, sendo a futura rainha. Ela é ameaçada quando Hades promete lançar o Kraken na cidade se ela não for sacrificada em 10 dias. Sua única esperança está nas mãos dos Titãs.

 

 

 

 

Io (Gemma Arterton)

Uma misteriosa mulher que tem observado Perseu há muito tempo, sabendo de sua verdadeira origem e ela quem lhe revela seus poderes de Deus. Io foi amaldiçoada por um deus, e agora ela não mais envelhece. Ela acompanha os Titãs em sua jornada.

Principal Arma: É uma excelente lutadora e não envelhece.

 

 

Gjiin

Os Gjin são guerreiros do deserto que tem a habilidade de manipular certas criaturas, como os escorpiões gigantes. Um deles ajudará Perseu e os Titãs na missão de matar Medusa.

Principal arma: Pode controlar as criaturas do deserto e tem a habilidade de se auto-destruir. 

 

 

 

Deuses

Zeus (Liam Neeson)

Deus mais poderoso do Olímpio, tem um caso com uma mortal, dando origem à Perseu. No filme, deverá lidar com o fato de que os humanos não correspondem ao seu amor e declararam guerra contra ele. Zeus usará todo o seu poder para impedir os Titãs.

Poderes: Pode manipular o tempo, mudar de forma na Terra e tem poder político absoluto dentro do Olímpio.

 

Hades (Ralph Fiennes)

Deus do submundo, Hades é irmão de Zeus e não tolera a falta de respeito e os desafios dos humanos. Para ele, os mortais devem pagar e manda centenas de Harpies para atacá-los, destruindo a família de Perseu.

 Principal Arma: Além de possuir poderes obscuros e teletransporte, tem o controle de diversas criaturas, como o Kraken, Scorpioch e os Harpies.

 

 

 

Criaturas Mitológicas

Medusa

Medusa era uma bela e sedutora mulher, que foi amaldiçoada pelos deuses por se achar superior. Ela se tranformou em um híbrido entre  mulher e serpente, possuindo cabelo formado por diversas serpentes e corpo na forma de uma cobra. Como se não bastasse, o olhar dessa criatura transforma em pedra quem a encare, castigo dos deuses para garantir que ninguém jamais a admire novamente.

Kraken

Criado por Hades para ser seu “bicho de estimação”, o Kraken é a maior criatura do filme, utilizada como ameaça a qualquer um que se oponha ao Olímpio. Já teve diversas versões em outras mídias (a maioria na forma de lulas), mas a do novo filme praticamente ignora grande parte dos conceitos anteriores. Não tem forma de lula, mas possui tentáculos. a cabeça de Medusa, que pode transformá-lo em pedra.

Scorpioch

Mais uma das criaturas de Hades, Scorpioch é, basicamente, um escorpião gigante, que nascem a partir do sangue de Calibos e habitam os desertos. São facilmente feridos por espadas, mas apenas os Gjiin sabem como controlá-los.

Feiticeiras Stygian

Feiticeiras místicas que habitam montanhas rochosas e que possuem apenas um olho, localizado em uma das mãos que elas compartilham entre si. Elas ajudam Perseu a encontrar uma forma de matar o Kraken. Qualquer semelhança com O Labirinto do Fauno é pura coindência…

Pégaso

Cavalo alado com asas de águia, esse animal é utilizado por Perseu para confrontar o Kraken e completar sua missão. É um dos muitos presentes enviados por Zeus.

A Polêmica Conversão 3D

  Coloque um óculos 3D tradicional (lente vermelha e azul)

Na tentativa de conseguir uma graninha a mais, a Warner Bros. converteu o filme para o formato 3D, logo depois que Avatar fez 2 bilhões de dólares nas bilheterias mundiais. Muitos críticos que já viram o filme, afirmam que o resultado é deplorável, além de prejudicar o desenvolvimento da trama. Já expliquei muitas vezes a diferença do 3D convertido e do 3D “avatariano”, mas o resultado de Fúria de Titãs convertido deve ser bem ruim. Quero dizer, você poem fé em algo que nem o diretor do filme apreciou? Eu vou ver em 2D mesmo.

Sequências

Louis Letterrier já declarou que pretende tornar Fúria de Titãs uma trilogia, mostrando Perseu se encontrando com Titãs de diversas partes do mundo. Mas o resultado negativo das críticas pode atrapalhar no desenvolvimento…

Bem, o especial acaba aqui, mas aguarde pela crítica do filme. Até lá.

Sequências e prelúdios de Avatar a caminho

Posted in Notícias with tags , , , on 16 de fevereiro de 2010 by Lucas Nascimento

O sucesso de bilheteria, críticas e as nove indicações ao Oscar de Avatar, são motivos mais que suficientes para que James Cameron comece a trabalhar em novos filmes dos seres azuis gigantes. Primeiro, Cameron está trabalhando em um livro, que se ambientará antes do filme; mostrando a vida de Jake Sully na Terra, a história do Cel. Quaritch, a relação da personagem de Sigourney Weaver com os Na’vi, entre outros. Muito interessante.

E, ele pretende fazer de Avatar uma trilogia, expandindo o universo e os personagens. Cameron declarou que Avatar 2 se passará em outro planeta, longe da lua Pandora. Agora é só esperar por mais novidades.