Arquivo para steve jobs

Christian Bale como Steve Jobs? (De novo)

Posted in Notícias with tags , , , , , , , , on 15 de outubro de 2014 by Lucas Nascimento

christian-bale-FILMS-the-dark-knight-rises

Há alguns meses atrás, David Fincher anunciou que escolheria Christian Bale para estrelar sua biopic de Steve Jobs, com roteiro de Aaron Sorkin. Com a saída do diretor, a Sony recorreu à Danny Boyle para tocar o projeto, cuja estrutura teatral se concentra em pontos específicos da vida do criador da Apple.

A escolha inicial de Boyle para Jobs era Leonardo DiCaprio, mas a recusa do ator levou o diretor de volta para Christian Bale, que já estaria negociando sua participação com o estúdio. Vamos aguardar uma confirmação.

Sem previsão de estreia para o filme.

ATUALIZAÇÃO: É oficial, Bale será Jobs no filme.

Anúncios

Leonardo DiCaprio pode viver Steve Jobs no cinema

Posted in Notícias with tags , , , , , , , , , on 21 de abril de 2014 by Lucas Nascimento

142027-leonardo-dicaprio

Depois da saída de David Fincher do projeto de Steve Jobs bancado pela Sony Pictures (detentora dos direitos autorais da biografia não autorizada de Jobs), o estúdio já vai à procura de novos grandes nomes. Se Fincher apostava em Christian Bale para o papel principal, o novo candidato Danny Boyle (de 127 Horas, Quem quer ser um Milionário? e Trainspotting) traz uma opção ainda mais radical: Leonardo DiCaprio – com quem trabalhou em A Praia.

Percebe-se que a Sony aposta grande no projeto, que traz roteiro de Aaron Sorkin (oscarizado por A Rede Social e também responsável por O Homem que Mudou o Jogo e a série The Newsroom). O filme será composto por três atos de 30 minutos cada, e em tempo real – o que difere bastante da estrutura tradicional do filme estrelado por Ashton Kutcher.

Mais um biopic para DiCaprio? Oscar? Veremos.

Christian Bale pode interpretar Steve Jobs em filme de David Fincher

Posted in Notícias with tags , , , , , , , , , , , , , , , on 20 de março de 2014 by Lucas Nascimento

bak

A cinebiografia de Steve Jobs que a Sony Pictures prepara com o roteirista Aaron Sorkin tem novos rumores. O diretor David Fincher (que entregou A Rede Social e Millennium – Os Homens que Não Amavam as Mulheres para o estúdio) teria conversado com a chefe do estúdio, Amy Pascal, e exigindo que Christian Bale interpretasse o fundador da Apple.

Quem soltou a informação foi o The Wrap, mas nada oficial foi divulgado por parte da Sony ainda. Bale seria o terceiro ator a interpretar Jobs, juntando-se a Noah Wyle, do telefilme Piratas do Vale do Silício, e Ashton Kutcher, do indie Jobs. Impossível vencer Kutcher no quesito de semelhança física, mas Bale certamente entregaria uma baita atuação – e mais transformações físicas memoráveis.

A ideia é muito interessante, torço para que Fincher embarque no projeto.

Fincher lança Garota Exemplar em Outubro e Bale termina Êxodo, de Ridley Scott, para um lançamento em 30 de Dezembro.

David Fincher pode dirigir novo filme sobre Steve Jobs

Posted in Notícias with tags , , , , , , , , on 26 de fevereiro de 2014 by Lucas Nascimento

20140226-185711.jpg

A cinebiografia de Steve Jobs protagonizada por Ashton Kutcher ainda nem desceu pela goela e já temos mais uma produção sobre o fundador da Apple a caminho. Na verdade, essa é a versão oficial (a Sony é quem tem os direitos de adaptação do a biografia autorizada de Jobs), que já tem roteiro finalizado por Aaron Sorkin – que definiu o filme com uma estrutura de 3 atos com meia hora cada.

E agora, ninguém menos que o perfeccionista David Fincher teria sido contratado para dirigir o filme. Se for realmente verdade, Fincher e Sorkin repetem a parceria que funcionou maravilhosamente bem em A Rede Social, longa de 2010 sobre a criação do Facebook.

Fincher lança em outubro sua adaptação de Garota Exemplar, enquanto Sorkin concentra-se na temporada final de The Newsroom, da HBO.

Empolgadíssimo, espero que se confirme!

| Jobs | Ashton Kutcher se esforça na biografia de um ícone da informática

Posted in Cinema, Críticas de 2013, Drama with tags , , , , , , , , , , , , , , , , on 5 de setembro de 2013 by Lucas Nascimento

3.0

Jobs
Ashton Kutcher é Steve Jobs: casting acertadíssimo, mas compensador?

Não é preciso procurar muito por influências de Steve Jobs em nosso cotidiano. Por exemplo, a primeira coisa que fiz terminada a sessão de Jobs foi checar meu Iphone para novos emails ou mensagens. Claro, o smartphone não é um artefato exclusivo da poderosa Apple, mas sem dúvida alguma é o mais cobiçado e o que promove maior “status”. Mas deixando a informática de lado, resta dizer que a cinebiografia de Joshua Michael Stern é uma obra competente, ainda que longe da perfeição.

O roteiro de Matt Whiteley faz um apanhado geral sobre a vida de Jobs (Ashton Kutcher), partindo desde o momento em que este larga a faculdade para se dedicar à indústria de computadores, até a nova fase da Apple no mercado (iniciada em meados dos anos 90).

Confesso que não conheço muito a história de Steve Jobs (pra ser sincero, sou nulo em praticamente todas as biografias envolvendo empresas de internet), então fica díficil julgar o quanto no filme é fato e o que é ficção. Mas algo perceptível é o tratamento quase sagrado fornecido a Jobs: reparem como o diretor de fotografia Russell Carpenter constantemente joga a contra luz no rosto de Ashton Kutcher, proferindo-o uma imagem quase “divina”, característica associada mais ao lado mítico do que humano do personagem. Claro que Whiteley acerta ao trazer à tona diversas imperfeições de Jobs (como mentir o valor do pagamento por um serviço a seu amigo ou sua obsessão com design), mas nunca ocorre uma análise profunda às suas ações; Jobs é sempre a vítima, algo que a trilha sonora extremamente apelativa de John Debney faz questão de nos lembrar.

Mas, em um longa biográfico, todos os olhos se viram para a performance protagonista. Despertando a insegurança de muitos ao assumir o papel, eu pessoalmente fiquei impressionado com o trabalho de Ashton Kutcher e a competência do ator ao lidar com um papel dramático (porque para mim, ele sempre, sempre, será o Michael Kelso de That’ 70s Show) e até estabelecer maneirisimos que o ajudem a ilustrar a imagem do personagem – principalmente o andar relaxado que Kutcher opta por usar durante toda a projeção. Claro que é uma performance favorecida pela (incrível) semelhança física do ator com o fundador da Apple mas – mesmo que aqui e ali brote um overacting – é um trabalho notável e nitidamente esforçado.

Sobre o elenco de apoio, é incrivelmente piloto-automático. Salva-se o Steve Woz de Josh Gad, sócio e amigo pessoal de Jobs. O ator é introduzido como um péssimo alívio cômico que raramente funciona, mas que explode as expectativas ao protagonizar uma única cena que compensa toda a sua participação no longa (e é também uma das melhores da fita) e apresenta uma, até então, inexistente carga dramática. Você saberá exatamente de qual cena estou falando quando a ver.

Dirigido de forma contida e sem ousadias pelo novato Joshua Michael Stern, Jobs é um filme competente e que – mesmo não sendo 100% acurácio – é capaz de trazer o espectador para dentro de sua narrativa. Mas algo impactante como Steve Jobs merecia, no mínimo, uma obra no mesmo nível de A Rede Social.

E aí, que tal chamar Aaron Sorkin para O Legado Jobs?

Obs: Antes dos créditos finais há uma bela montagem de fotos que compara o elenco com seus respectivos personagens na vida real.

Ashton Kutcher é o fundador da Apple no primeiro trailer de JOBS

Posted in Trailers with tags , , , , , , , , on 21 de junho de 2013 by Lucas Nascimento

jobs

Depois de ter sua divulgação praticamente extinta, a cinebiografia de Steve Jobs com Ashton Kutcher ganhou seu primeiro trailer completo. Confira abaixo o ator encarnar o fundador da poderosa Apple desde seu princípio até a invenção do Iphone:

É injusto julgar algo meramente pela prévia, mas não confio no carisma de Kutcher para um papel tão complexo. Espero, realmente, que esteja enganado.

Jobs tem previsão de estreia para Agosto no Brasil.