Arquivo para tyler bates

Sexy Beast | Especial SUCKER PUNCH – MUNDO SURREAL

Posted in Especiais with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on 22 de março de 2011 by Lucas Nascimento

 

O novo filme de Zack Snyder chegou aos cinemas brasileiros! Prometendo muita ação e visuais sublimes, Sucker Punch – Mundo Surreal também é o tema deste especial. Aproveite:


Zack Snyder na Comic-Con do ano passado

Depois de comandar duas grandes adaptações de HQs – 300 e Watchmen – o cineasta Zack Snyder prepara-se para lançar seu novo filme; primeiro trabalho que parte de um argumento original, a questão é: vale a pena ou será apenas um longa visualmente bonito?

Snyder começou a idealizar o projeto em 2007, mas deixou-o de lado para filmar Watchmen. Terminada a adaptação, ele fez a animação A Lenda dos Guardiões e, finalmente, o épico de metralhadoras, mulheres e dragões . O que o cineasta queria era “um filme com cenas de ação que desafiem as limitações reais, mas que não perdesse a história”. A Warner deu sinal verde após o sucesso comercial de Watchmen, e Sucker Punch ganhava vida.

Em Março de 2009, começou a escalação de elenco, composto predominantemente por mulheres. Após selecionadas, as atrizes treinaram, por cerca de 12 semanas, diferentes tipos de coreografias de luta; todas suficiente para encarar as diferentes cenas de ação em cenários distintos que o longa promete.


Snyder dirigindo Emily Browing no set

Dando vida a esses cenários, está Rick Carter (na direção de arte) e as empresas de efeitos visuais Animal Logic e Moving Picture Company, que criaran a maioria dos ambientes pela tela verde – Snyder já é especialista no assunto após gravar 300 e Watchmen com essa técnica -, através da computação gráfica. Isso ficaria bacana em 3D não é? Não é o que o diretor, felizmente, acha; descrevendo a conversão para o formato como “problemática”.

Sucker Punch é sobre uma viagem cheia de ação ao interior da mente humana, onde não há regras ou limites físicos, podendo materializar armas e itens necessários (só eu lembrei da Origem?), para fugir de um hospício. É também o segundo filme de Snyder que não pega a censura R (que equivale a 16 ou 18 anos no Brasil), classificando-se como PG-13.

Se o filme funcionar ou não, o grande trabalho de Snyder ainda está por vir: o novo Superman está nas mãos dele.

As belas e perigosas protagonistas do filme (Perdoem a falta de informações, realmente há pouco disponível sobre elas):

Babydoll | Emily Browning

Após a morte de seus entes queridos, Babydoll é aprisionada em um hospício por seu cruel padrasto – após uma tentativa frustrada de estupro. Lá, conhece as outras internas e descobre o mundo imaginário onde ela deverá lutar para sobreviver e libertar-se da prisão.

Blondie | Vanessa Hudgens

A mais experiente em combates.

Sweet Pea | Abbie Cornish

Provavelmente a mais estressada e pé-n0-chão do filme, contradiz às ideias e o plano de Babydoll, não confiando no seu sucesso, mas embarca na aventura como proteção às suas amigas.

Amber | Jamie Chung

Uma leal companheira, é o braço direito de Babydoll

Rocket | Jena Malone

Sincera e sem rodeios, diz tudo o que pensa e é muito determinada, ficando do lado de Babydoll o tempo todo. É também grande amiga de Sweet Pea.

Não é difícil encontrar filmes com lindo visual, por isso recordo aqui 4 excepcionais cenários criados por computador:

Grécia – 300

O primeiro grande sucesso de Snyder, 300 apresenta tons pastéis que parecem dar vida a uma pintura. Alto contraste e com grande uso da luz solar, é um filme belíssimo.

Pandora – Avatar

Abocanhando ambos os Oscars de Fotografia e Direção de Arte, Avatar é o primeiro filme com cenários totalmente digitais a ganhar na primeira categoria. Os efeitos visuais são espetaculares, cenas diurnas apresentam uma variedade impressionante de cores, enquanto nas noturnas, é uma estupefata bioluminescência de tons azuis. Lindo.

Londres – Sweeney Todd

A Londres vitoriana já foi recriada digitalmente muitas vezes (destaque para Sherlock Holmes), mas ganha um peculiar toque sinistro no suspense musical de Tim Burton. O céu, sempre nublado e cinzento apresenta-se como grande responsável pelo tom sombrio da narrativa.

Marte – Watchmen – O Filme

Mais um vindo de Snyder (falo sem medo, ele é o melhor quando se trata de visual), a adaptação dos quadrinhos de Alan Moore ganha cenários autênticos e fieis à história, mas destaca-se o vermelho do planeta Marte. A mistura com o azul luminoso do Dr. Manhattan causa um ótimo efeito.

Como Sucker Punch é um filme onde são as garotas quem chutam traseiros, recordemos aqui outras mulheres que deram trabalho aos vilões:

A Noiva

Na pele de Uma Thurman, a Noiva foi traída por seu grupo criminoso, atacando-a no dia de seu ensaio de casamento. Recuperada, ela vai atrás de cada um deles, enfrentando gangues yakuza, cobras, assassinos, venenos e até uma sepultura. E sempre com estilo…

Trinity

Sempre com apertadíssimo couro preto, Trinity arrebenta programas e agentes com suas invejáveis habilidades marciais, que incluem Kung Fu e Jiu-Jitsu. Também usa muitas armas de fogo e pilota desde motos até helicópteros.

Hit-Girl

Com apenas 12 anos de idade, a letal Hit-Girl é perita em combates corpo-a-corpo, armas de fogo e até espadas. Retalha uma gangue de traficantes e encara sozinha um corredor repleto de mafiosos armados e vê isso como grande diversão. Orgulho de Big Daddy.

Tenente Ripley

Começando como vítima em perigo em grande parte do primeiro filme, a Tenente Ripley transformou-se no desafio supremo dos aliens nos vindouros filmes da franquia. Sigourney Weaver traça a persona correta e adequada – tendo sido indicada ao Oscar pelo segundo filme.

Como parte da divulgação do filme, foram lançados alguns curtas animados, inspirados em elementos e personagens do filme. A animação foi feita por Ben Hibon e é uma boa curiosidade e material de universo expandido. Confira:

As Trincheiras

Dragão

Planeta Distante

Guerreiros Feudais

 

Um pouco sobre o som de Sucker Punch:

Compositor habitual de Zack Snyder, Tyler Bates retorna para trabalhar na trilha original do filme. A lista de faixas ainda não foi divulgada, mas sim uma com canções interessantes, que prometem novas versões de músicas existentes, veja-a:

  1. Sweet Dreams (Are Made Of This) – Emily Browning
  2. Army of Me (Sucker Punch Remix) – Björk featuring Skunk Anansie
  3. White Rabbit” – Emiliana Torrini

  4. I Want It All”/We Will Rock You – Queen with Armageddon Aka Geddy
  5. Search And Destroy – Skunk Anansie
  6. Tomorrow Never Knows – Alison Mosshart and Carla Azar
  7. Where Is My Mind? – Yoav featuring Emily Browning

  8. Asleep – Emily Browning

  9. Love Is The Drug – Carla Gugino and Oscar Isaac

Por enquanto, apenas 30 segundos de cada faixa estão disponíveis, elas podem ser ouvidas aqui:

Sweet Dreams com a voz sexy de Emily Browing é disparado minha preferida.

Bem, o especial acaba por aqui – realmente não sei mais sobre o que falar -, mas aguardemos a crítica do filme, pra ver se todo o esforço visual valerá a pena.

Ficha técnica

Anúncios

A Experiência WATCHMEN

Posted in Especiais with tags , , , , , , , , , , , , , , on 10 de setembro de 2009 by Lucas Nascimento

watchmen_smiley_decal

Watchmen é, por enquanto, o melhor filme de 2009 e um dos melhores que já vi também. É óbvio que você não pode ter a experiência que é Watchmen, sem todos os outros derivados, como Contos do Cargueiro Negro e a versão de 3 horas do filme. Já que já tive a oportunidade de assistir, vou fazer esse mega especial, comentando e criticando os filmes, os cds musicais e os livros. Vamos lá, não é uma piada.

Watchmen – A Graphic Novel

watchmen_absolute1

Pense no seu super-herói preferido. Pensou? Bem, Watchmen não se assemelha nem um pouco com ele. Essa genial e perfeita graphic novel destrói tudo o que conhecemos como super-herói, desde o semi-deus que odeia a humanidade até o paranóico que se perde nas identidades. Repleto de simbolismo, personagens impactantes, flashbacks e tramas paralelas, merece toda essa atenção sim. Escrito por Alan Moore e belíssimamente ilustrado por Dave Gibbons, Watchmen é uma peça obrigatória de coleção, mesmo que você não seja um fã de quadrinhos ou de super-heróis. Apreciar uma ótima e criativa história, com um final complexo que te faz refletir, já é o suficiente.

Nota: 10

Os Bastidores de Watchmen

55_1222-alt-BastWatchmenCapa%20(1)

Foi uma grande disputa entre diversas editoras para lançar esse livro, que conta, em um grande volume de páginas, o making of da revolucionária HQ. Bem, após conferir o livro, eu diria que não é tudo o que eu esperavan que fosse. Ok, os designs iniciais dos personagens são interessantes, mas eu esperava que tivesse uns depoimentos da criação dos personagens, do estado psicológico. É interessante observar como uma cena é criada e como um personagem poderia ser, mas pode-se tornar entediante para quem não gosta.

Nota: 7,5

Watchmen – o Filme (Versão do cinema)

2817066gg

 É uma ótima adaptação. Eu diria que foi quase perfeita, mas muitos pontos chaves e elementos visuais estavam fora dessa versão, o que poderia torná-lo um pouco confuso e sem enfoque nos personagens. A trama da paternidade de Laurie é um pouco mal contada também, mas mesmo assim é um épico de ação e extremamente fiel à graphic novel.

Nota: 9,0

Os Contos do Cargueiro Negro

mky80y

O desenho dentro da história é fielmente reproduzido em uma animação de cerca de 30 minutos. Bom, é conectado com a trama de Watchmen, e não tenho nada a reclamar sobre a maneira como Zack Snyder o adaptou, mas é que pessoalmente, eu nunca gostei muito da história do pirata. É interessante por conter uma grande semelhança com a trama de Ozymandias e essencial para entender a história.

Nota: 7,5

Sob o Capuz

23-2008141851t

O falso documentário apresentando a origem do herói Coruja, a formação e o fim do grupo “Homens-Minuto”, entre outros, é extremamente recomendado para assistir antes do filme, que como o próprio extra do DVD diz:”É um prólogo de Watchmen”. É recheado com entrevistas com os personagens e comerciais do perfume Nostalgia de Veidt.

Nota: 8,5

Watchmen – o filme (Versão do diretor)

2zzqkie

 Gastei quase 15o reais na versão importada, mas valeu cada centavo. Tudo o que faltava na versão do cinema está aqui, menos Os Contos do Cargueiro Negro, mas chegaremos nele depois. Zack Snyder apresenta aqui, 24 minutos de cenas inéditas, que ajudam a detalhar um pouco mais do lado político da trama, como Richard Nixon e a situação do mundo após a partida de Dr.Manhattan. Mas não só a parte política, há também mais algumas cenas de ação, como por exemplo, Rorschach lutando contra dois policiais e a excelente e dramática morte de Hollis Mason.

Podemos dizer que essa versão supera a anterior, apesar de ainda faltar os dois “Bernies” que acompanham pelo jornal a tensão da Guerra Fria e os quadrinhos do Cargueiro Negro. E faltou o ótimo elemento visual que eu acho indispensável, a marca de batom na foto dos Homens-Minuto, quem leu a Graphic Novel sabe do que estou falando. Mas é um filmaço.

Nota:10

ATUALIZAÇÃO: Watchmen – Ultimate Cut

Agora sim. Agora sim temos todas as peças do quebra-cabeças. Acabei de assistir ao Ultimate Cut de Watchmen, que inclue a versão do diretor e Os Contos do Cargueiro Negro juntos. O resultado não pode ser mais perfeito. O mais interessante das cenas do Cargueiro… é quando acompanhamos o jornaleiro e o garoto que lê o gibi; é o lado humano da história, o lado normal de quem acompanha o que os heróis fazem. As partes do desenho são inseridas no momento certo. Perfeito, uma obra-prima visualmente espetacular. Está tudo aqui, fidelidade gigantesca ao quadrinho.

Nota: 10

Extras

[]                               O verdadeiro Rorschach

O DVD/Blu-ray de Watchmen é recheado de extras especiais, que revelam o making of do filme.Vamos a eles.

Tecnologias de um Mundo Fantástico – O físico James Kakalios da Universidade de Minessota, faz uma relação sobre os aspectos fantásticos de Watchmen, como o Dr.Manhattan e a máscara de Rorschach, mostrando que eles não fogem muito da realidade. Destaque para a explicação do brilho azul de Manhattan. Nota: 9,0

O Fenômeno: O Quadrinho que mudou os quadrinhos – Um interessante documentário sobre o impacto da graphic novel em sua época de lançamento, suas diferenças com outros super-heróis e sua grande psicologia.Nota: 9,0

Super-heróis reais, vigilantes reais –  Não pude ver…

Jornadas em Vídeo – Este é o extra que pode ser chamado de “o” making of do filme.Dividido em cerca de 15 partes, as jornadas em vídeo explicam cada processo do filme, cada uma das partes é uma área específica, por exemplo, temos só com o figurino do filme, a máscara de Rorschach, os cenários…E por aí vai. Sem dúvida imperdível e completo.Nota: 10

Vídeos virais – Na verdade é só um, mas vale pelo preço de dois, porque é muito bom e original. Se chama The Keene Act & You (A Lei Keene e Você), é tipo um comercial falso explicando a lei que baniu os vigilantes, medidas que devem ser tomadas e tudo o que foi proibido. Muito bom mesmo, você chega a pensar que é de verdade.Nota: 10

Videoclipe “Desolation Row” do My Chemical Romance – É simplesmente o clipe da música feita para o filme (baseada em uma antiga do Bob Dylan), que mostra a banda My Chemical Romance tocando em um show enquanto enfrenta a polícia. Eu não gostei muito da música, porque possui um ritmo muito descontrolado e não tem a qualidade que Watchmen merece. O clipe possui algumas referências ao quadrinho e ao filme. Nota: 5,5

 Watchmen – O Completo Motion Comic

WatchmenMotionComic_event_main

O que é isso? Desenho animado do Watchmen? Quase. É a graphic novel animada e dublada, recontando todos os 12 capítulos de Watchmen em um DVD com quase 5h30min. É uma boa diversão, só que todos os personagens são dublados por um mesmo narrador, o que é muito ridículo, sério, é muito caro contratar no mínimo dois narradores? A animação também não é perfeita, mas é interessante conferir. Sobre a trama:Perfeita.

Nota: 5,0 (a história é 10 mas a narração horrível ajuda a tirar essa nota do DVD)

Watchmen Trilha Sonora – Vários artistas

watchmen_event_main

O primeiro CD da trilha do filme, são as canções já existentes, que ajudam a manter o tom no filme. São músicas muito boas, que combinam perfeitamente com a cena do filme em que são tocadas, o melhor exemplo é All Along the Watchtower de Jimi Hendrix, na sequência em que Rorschach e Coruja chegam na Antártida. Confira abaixo a lista de músicas com suas notas, e a nota do CD inteiro:

1- Desolation Row do My Chemichal Romance, Nota: 6,0 

2-Unforgettable de Nat King Cole, Nota: 9,0

3-The Times They Are A-Changing de Bob Dylan, Nota: 9,0

4-The Sound of Silence de Simon & Garfunkel, Nota: 8,0

5-Me and Bobby McGee de Janis Joplin, Nota: 7,0

6-I’m Your Boogie Man de KC & Sunshine Band, Nota: 9,0

7– You’re my thrill de Billie Holiday,Nota 8,0

8-Pruit Igoe & Prophecies  de The Phlip Glass Emsemble, Nota: 10

9-Hallellujah  de Leonard Cohen, Nota: 9,0

10-All Along the Watchtower de Jimi Hendrix, Nota: 10  

11-The Ride of the Valkyries de The Budapest Symphony Orchestra, Nota: 10

12-Pirate Jenny de Nina Simone, Nota: 8,0 

É um CD muito bom, e todas as músicas são perfeitas para o filme, sem dúvida uma ótima trilha para se ter na sua coleção.

Nota: 9,0

Watchmen Trilha Sonora – Música original de Tyler Bates

023916ac8

A segunda parte é a trilha orquestrada de Tyler Bates, que criou temas que combinam com alguns personagens, sendo uma trilha que lembra um pouco às dos anos 80. Bom, não é tão boa que nem a de Vários Artistas, mas é muito boa também. Confira.

1-Rescue Mission, Nota:8,0

2-Don’t get too misty eyed, Nota: 7,5

3-Tonight the Comedian died, Nota:8,5

4-Silk Spectre, Nota: 6,0

5– We’ll live Longer, Nota: 7,0

6– You Quit!, Nota: 9,0

7– Only Two Names Remain, Nota: 8,0

8– The American Dream, Nota: 8,0

9– Edward Blake – The Comedian, Nota: 9,0  

10– The Last Laugh, Nota: 6,5

11– Prison Fight, Nota: 9,0

12– Just Look Around you, Nota: 7,0

13– Dan’s Apocalyptic Dream, Nota: 5,5

14– Who Murdered Hollis Mason?, Nota: 4,0

15– What About Janei Slater?, Nota: 8,0

16– I’ll Tell you about Rorschach, Nota: 9,0

17– Countdown, Nota: 8,0

18– It Was Me, Nota: 8,5

19– All that is Good, Nota: 9,0

20– Requiem de Mozart, Nota: 10

21– I Love You, Nota: 7,0    

É de fato uma trilha muito boa, que combina e dá o tom certo para o filme, mas acho que não é o tipo de música que você gostaria de ouvir enquanto dirige seu carro. Mas é boa.

Nota: 8,0

Watchmen – The Art of the Film

watchmen_art_of_the_film1  O Livro é inteiramente em inglês.

Esse esplêndido livro, revela imagens e desenhos da produção do filme, são esboços e desenhos dos personagens, cenários e objetos. São desenhos muito interessantes que trazem desenhos alternativos de como seriam os personagens (o Coruja seria assustador), como os cenários foram inspirados em cenas do quadrinho, entre outros. É, sem dúvida, uma peça de coleção obrigatória para qualquer fã de Watchmen e de cinema.

Nota: 10

Watchmen – Portraits

watchmen-portraits                                           O Livro é inteiramente em inglês.

Sobre esse livro, não há muito o que falar, mas não estraga sua qualidade. São diversas fotos de todos os personagens do filme, dos grandes protagonistas, até os menores figurantes, em preto e branco. São fotos muito boas e é mais um bom livro para sua coleção.

Nota: 9,0

Watchmen -The Film Companion

watchmen-film-companion  O Livro é inteiramente em inglês

Na minha opinião, esse é o melhor livro, ele traz perfis de cada personagem do filme, muitas fotos bacanas de bastidores e entrevistas com os atores, dizendo o que acham do personagem, como foi difícil incorporá-lo, fisica e psicologicamente. É um completo e detalhado making of que explica passo a passo diferentes estágios do filme, com destaque para o complicado processo de criação do Dr. Manhattan. Acho que se eu tivesse que escolher só um livro dessa série, sem dúvida seria esse.

Nota: 10

Watchmen – The End is Nigh 

 the-end

Esse é o jogo de videogame sobre o filme. Não é a trama do filme, mas sim uma anterior, na era dourada dos super-heróis, em que foco do jogo vai para Rorschach e Coruja, que estão dublados no jogo por seus intérpretes originais (Jackie Earle Haley e Patrick Wilson). Cheio de lutas e violência digna de Zack Snyder (que colaborou no processo do jogo), é uma boa diversão, com referências ao quadrinho e muita pancadaria, achei o jogo muito bom mesmo.Nota: 8,5

Conclusão

Por que alguns críticos não gostaram de Watchmen? Tenho duas teorias: A versão lançada nos cinemas não é completa como deveria, ou, como aconteceu com Blade Runner e Laranja Mecânica em suas épocas de lançamento: São filmes diferentes, que podem ser redescobertos futuramente.

Agora, por que assistir Cargueiro Negro, Sob o Capuz e a versão do diretor? Porque seria como assistir O Poderoso Chefão Parte 2 sem a trama paralela da ascenção de Don Vito Corleone (quem assistiu sabe o que estou falando), fica muito bom, mas você sente que há um vazio ali.

Espero que tenham gostado do especial, deixem comentários!