Arquivo para velocidade máxima

| Incontrolável | Empolgante corrida contra o tempo

Posted in Ação, Cinema, Críticas de 2011, Indicados ao Oscar with tags , , , , , , , , , , , , on 9 de janeiro de 2011 by Lucas Nascimento

Incontrolável se assemelha bastante com Velocidade Máxima, filme de ação com Keanu Reeves que se foca em um ônibus que deve se manter acima de 80 km/h (era esse o valor?) ou, este explodiria. Troque o ônibus por um monstruoso trem de 39 vagões carregados de material inflamável que se dirige sem controle rumo a uma cidade e você tem um longa empolgante e descompromissado, como todos do gênero deveriam ser.

Mais uma vez trabalhando com trens, o diretor Tony Scott mantém seu estilo peculiar de filmagem – repleto de cortes rápidos, câmera lenta e um alto contraste de cores -, mas controla-se a ponto de torná-lo mais compreensível (eu, por exemplo, achei O Sequestro do Metrô 123 visualmente exaustivo), aumentando seu impacto emocional. Valem destaque alguns enquadramentos espertos (mas que se repetem), como posicionar a câmera embaixo do trem e seu uso constante da rotação.

É interessante como o trem descontrolado é tratado como um personagem ao longo do filme. Um personagem monstruoso que já é amedrontador em decorrência de seu absurdo comprimento, porém a equipe de som acerta por inserir ruídos mecânicos que mais assemelham-se a monstros e dinossauros, aumentando ainda mais a situação extremamente perigosa que envolverá dois funcionários da ferroviária local; Frank e Will.

Vividos por Denzel Washington e Chris Pine, a dupla se entende muito bem em cena, criando um clima divertido e agradável em cert0s diálogos; e enquanto Washington continua retratando seus personagens de forma carismática e afetuosa, Pine mostra-se um bom “astro de ação” e também um ator dramático competente. Os dois também dividem muito tempo com coadjuvantes, como a intensa Rosario Dawson e o divertido Lew Temple.

Mantendo-se empolgante e – como promete e cumpre a frase do pôster – carregado de adrenalina, Incontrolável é uma ótima diversão que, apesar de apresentar soluções implausíveis ao problema central, é movido por suas ótimas cenas de ação e sua excelente dupla principal.

Anúncios